Por Que Eu Me Casei? é a pergunta que você vai fazer depois de ver esse filme na Netflix

Por Que Eu Me Casei? é a pergunta que você vai fazer depois de ver esse filme na Netflix 4
Foto: Divulgação

Por Que Eu Me Casei? é um filme de 2007 dirigida e estrelada por Tyler Perry e inspirado em uma peça teatral de mesmo que aborda questões profundas sobre relacionamentos matrimoniais, enquanto explora desafios enfrentados por quatro casais durante um retiro nas montanhas

O filme apresenta um elenco estelar, incluindo Janet Jackson, Jill Scott, Malik Yoba, Sharon Leal, Tasha Smith, Michael Jai White, Richard T. Jones, Denise Boutte e Keesha Sharp e foi lançado nos Estados Unidos lá em 12 de outubro de 2007.

Com uma mistura habilidosa de humor e drama, Por Que Eu Me Casei? oferece insights sobre amor, compromisso, perdão e redescoberta pessoal, enquanto os personagens lutam para entender as razões por trás de suas decisões de se casar. Agora, o longa está no catálogo da Netflix esperando repetir o sucesso que fizera décadas atrás.

Por Que Eu Me Casei? é um filme de 2007 que está fazendo sucesso na Netflix
Foto: Divulgação

História de Por Que Eu Me Casei? 

Quatro casais, que também são melhores amigos desde a faculdade, convergem em uma casa nas montanhas para um retiro de uma semana. Este ritual tem como objetivo ajudá-los a resolver seus problemas matrimoniais e fazer a pergunta “Por que eu me casei?”.

Embora os casais tenham se comprometido a estar fisicamente presentes durante a semana, alguns deles não estiveram emocionalmente presentes em seus respectivos casamentos por muito tempo. A semana não é planejada em uma sequência bem programada, então os eventos se desenrolam de forma um tanto espontânea, começando com suas “aventuras” para chegar ao retiro nas montanhas.

O primeiro casal, a advogada Dianne (Leal) e o pediatra Terry (Perry), viajam juntos de carro e discutem a maior parte do caminho porque Dianne se recusa a parar de trabalhar. Ela atende telefonemas em vez de conversar com Terry.

O segundo casal, a dona de um salão de beleza Angela (Smith) e o ex-jogador profissional de futebol Marcus (White), pegam o trem. Angela discute constantemente com Marcus e qualquer um que ouse interrompê-los.

O terceiro casal é a dona de casa Sheila (Scott) e o empresário Mike (Jones). Sheila precisa descer do avião por causa de seu peso e da exigência de comprar dois assentos, enquanto Mike continua flertando no voo com a amiga solteira de Sheila, Trina (Boutte).

O quarto casal, a psicóloga Patricia (Jackson) e o arquiteto Gavin (Yoba), chegam de táxi limusine. Sua jornada não é documentada. No entanto, pouco antes de partirem para o retiro, Gavin aparece para buscar Patricia em uma palestra que ela estava dando (ela é autora de um livro chamado “Por que eu me casei?”) e evita habilmente uma pergunta sobre seu próprio casamento.


Confira também: O Sinal: Conheça a série alemã da Netflix que quer ser a nova Dark

Por Que Eu Me Casei? é a pergunta que você vai fazer depois de ver esse filme na Netflix 5
Foto: Divulgação

Elenco de Por Que Eu Me Casei?

O elenco do filme é composto por nomes como:

  • Tyler Perry como Dr. Terry Brock, um pediatra
  • Sharon Leal como Dianne Brock, uma advogada
  • Malik Yoba como Gavin Agnew, um arquiteto
  • Janet Jackson como Dra. Patricia Agnew, uma psicóloga
  • Michael Jai White como Marcus Williams, um ex-jogador profissional de futebol
  • Tasha Smith como Angela Williams, proprietária de um salão de beleza
  • Richard T. Jones como Mike, um empresário
  • Jill Scott como Sheila Jackson, uma dona de casa
  • Lamman Rucker como Troy Jackson, o xerife local
  • Denise Boutte como Trina
  • Keesha Sharp como Pam
  • Kaira Whitehead como Keisha
Por Que Eu Me Casei? é a pergunta que você vai fazer depois de ver esse filme na Netflix 6
Foto: Divulgação

O que dizem os críticos

O site Rotten Tomatoes atribui ao filme uma pontuação de 48% com base em 42 análises, com uma classificação média de 5,50/10.

Já no Metacritic, o filme teve uma pontuação média de 54/100 com base em análises de 12 críticos. As pesquisas do CinemaScore relataram que a nota média dada pelo público ao filme foi um “A+” em uma escala de A+ a F.

Confira também: O Programa: A Indústria dos Internatos Abusivos e a história real do documentário na Netflix

Veja o trailer 

Total
0
Shares
Previous Post
música das esferas

Música das Esferas: Mimi e o Baú Mágico | Curta de animação brasileiro já está disponível no Youtube

Next Post
a tragédia do holocausto

A tragédia do Holocausto: a vida de Julio Gartner | Exposição chega ao MIS São Paulo

Related Posts