The Acolyte | O que achamos dos primeiros episódios da série de Star Wars no Disney Plus

the acolyte
Foto: Divulgação Disney Plus

The Acolyte, nova série do universo Star Wars, chegou hoje no Disney+, apresentando diversos novos personagens da era da Alta República 100 anos antes da saga filmes que conhecemos.

Texto escrito por Luiz Eduardo

Esse período ainda não foi explorado em séries ou filmes, abrindo espaço para aprofundar ainda mais as diferentes figuras da época do auge do poder dos Jedi na galáxia, abordando de uma forma diferente dentro desse universo a  ‘bondade’ envolvendo a ‘’paz’’ instalada pelos jedis nessa época, nos fazendo questionar até onde os nossos herois podem ir pelo ‘’bem’’ da força.

Apesar de algumas caretas para as recentes produções do universo Star Wars, a Disney junto a LucasFilm fazem grande aposta em explorar parte dessa história rica e tão pouco conhecida da série The Acolyte (O Acólito), com personagens bem distribuídos em cena, os dois primeiros episódios trazem muito do que fez a franquia virar o grande sucesso que é, cheio de perseguições, intrigas familiares, amizades fortes, além do mistério envolvendo o seu grande vilão  até então desconhecido por todos os jedis.

Leia também: Data de estreia de ‘Back to Black’ (2024), enredo, elenco completo e como assistir a biografia musical baseada em Amy Winehouse

A história de Star Wars: The Acolyte

A história de Acolyte se desenrola rápido com boas cenas de ação corpo a corpo, principalmente envolvendo Mae (Amandla Stenberg), a grande protagonista que se estabelece rapidamente como um pilar para a trama. Porém, o personagem mais cativante torna se rapidamente Mestre Sol interpretado pelo Lee Jung-jae (Round 6), acompanhado de sua Padawan Jecki Lon interpretada pela  Dafne Keen (X-23 em Logan) e Yord Fandar,  cavaleiro Jedi e guardião do Templo Jedi de Coruscant interpretado pelo Charlie Barnett, das séries Boneca Russa e Chicago Fire.

No caminhar dos dois primeiros episódios a série não se apega tanto as referências de seu passado futuro (os filmes da franquia já estabelecidos), nem sequer entrega pistas sobre algo que possa ligar ao que vem pela frente, muito pelo contrário. The Acolyte traz consigo uma fonte nova e independente com ingredientes já conhecidos pelos fãs de Star Wars que faz com que se torne uma de suas produções mais instigantes dos últimos anos, trazendo dois ótimos primeiros episódios dessa nova velha aventura,  ainda que tenha acertado com  The Mandalorian e Boba Fett.

Mais sobre a série

A série se preocupa em apresentar rapidamente seus personagens ao público e deixar que no decorrer dos minutos eles contêm mais sobre seu passado ainda não superado e que convém com o que precisamos saber para entender suas tramas.

The Acolyte | O que achamos dos primeiros episódios da série de Star Wars no Disney Plus 5
Foto: Divulgação Disney Plus

Apesar desse estilo ficar confuso em alguns momentos do primeiro episódio, logo no início do segundo a breve  confusão feita já é rapidamente ajustada para dar lugar a trama envolvendo investigações dos ‘’policiais’’ jedis, seguido da motivação da Mae e grandes revelações logo de cara que nos fazem ficar com um gosto de quero mais no melhor estilo de série policial possível, pensando também o que mais pode vir pela frente até o final da série.

Data de lançamento

Os dois primeiros episódios de STAR WARS: The Acolyte já estão disponíveis no Disney+. Os outros seis episódios serão disponibilizados semanalmente às terças-feiras.

The Acolyte | O que achamos dos primeiros episódios da série de Star Wars no Disney Plus 6
Foto: Divulgação Disney Plus
9/10
Total Score
Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post
Jardim dos Desejos

Jardim dos Desejos | A flor que brota na brutalidade

Next Post
Doutor Climax: Saiba a inspiração por trás da série tailandesa na Netflix 10

Doutor Climax: Saiba a inspiração por trás da série tailandesa na Netflix

Related Posts