O Problema dos Três Corpos: Vale a pena ler o livro? Confira nossa resenha

O Problema dos Três Corpos: Vale a pena ler o livro? Confira nossa resenha 3
  • Título: O Problema dos Três Corpos
  • Autor: Cixin Liu
  • Ano: 2008
  • Edição: 2016
  • Editora: Suma
  • Páginas: 320
  • Gênero: Ficção Científica

O Problema dos Três Corpos é um daqueles livros difíceis de resenhar sem dar spoiler, mas vou fazer meu possível. A obra é a primeira obra de ficção chinesa que eu li, e foi uma experiência bem diferente.

Atualmente, os livros tem seguido umas fórmulas de roteiro, uma delas é o desenvolvimento dos personagens e a jornada do herói — recurso que tem como objetivo causar um grande apego e, consequentemente, torcer muito para que tudo dê certo, e causar uma enchente de lágrimas quando alguém morre —, mas aqui a narrativa é bem diferente.


Confira também: Floresta é o Nome do Mundo: O que achamos do livro de Ursula K. Le Guin

Sobre o livro O Problema dos Três Corpos

Sendo minha primeira leitura de um autor chinês, Cixin Liu, não tenho como comparar o estilo de escrita de O Problema dos Três Corpos com nenhuma outra referência. Lembra mais livros clássicos, que eram mais explicativos e sem o conceito de construção de personagem.

É uma narrativa bastante direta, sem muitas delongas, usando flash backs apenas necessário e sem se demorar demais em detalhes para causar apelo emocional, e fornecendo as explicações científicas necessárias. Meu único problema com a leitura foi nessas explicações, que foram um pouco monótonas, mas imprescindíveis para entender o enredo. Então na minha opinião, esse livro pode ser considerado um hard sci-fi.

Sinceramente, acho melhor nem ler a sinopse para se surpreender. Mas vou falar um pouquinho sobre O Problema dos Três Corpos para vocês. A narrativa é separada em 3 partes.

Na primeira e mais curta, ela começa de uma forma bem triste, com uma mulher assistindo a execução do pai, um professor de física, durante a Revolução Cultural na década de 1960. Anos depois ela, também cientista na área de astrofísica, é envolvida em um projeto ultrassecreto do governo revolucionário.

Na segunda parte de O Problema dos Três Corpos, já cinquenta anos depois, nos dias atuais, acompanhamos uma China muito mais aberta do que durante a Revolução Cultural. Um outro cientista, dessa vez pesquisador de nanotecnologia, que tem fotografia como hobbie, passa a ver uma estranha contagem regressiva em suas fotos, e em seguida ver nos olhos, como se estivesse em uma lente.

O Livro O Problema dos Três Corpos vale a pena?
Foto: Reprodução

O que achamos de O Problema dos Três Corpos

Entender o que está acontecendo é o ponto de partida para uma investigação que vai o levar a entender o que se passou há tantos anos, além de entrar em um misterioso jogo— O Problema dos Três Corpos—, para obter a verdade.

O jogo entra em uma realidade virtual, onde os personagens tem que passar por uma narrativa em um mundo em que fica escuro e faz frio por meses e, de repente, vem uma época de calor insuportável, em que os personagens são obrigados a se desidratar em locais especiais e ficarem com seus corpos armazenados para voltarem “à vida” quando, por fim, uma época de temperatura mais estável vier.

A investigação acaba trazendo o envolvimento de outros personagens, diferentes órgãos do governo tanto da China quanto de outros países, além de alguns flash backs necessários. O Problema dos Três Corpos vai se desenvolvendo de forma intensa e surpeendente.

O final de O Problema dos Três Corpos ao mesmo tempo que explica tudo que foi questionado desde o início, também fica completamente aberto para ser desenvolvido nos dois livros seguintes (sim, é uma trilogia). E a ansiedade para saber esse final tá batendo!


Confira também: Cidade dos Pecadores | Um folk horror assustadoramente católico

O Problema dos Três Corpos vale a pena?

O autor Cixin Liu teve um livro de estreia super instigante e bem construído. O Problema dos Três Corpos é uma obra da ficção científica complexa, com momentos difíceis da leitura, mas com um final surpreendente que deixa aquela ânsia para ler os próximos volumes.

O primeiro livro já foi indicado ao prêmio Nebula e foi vencedor do Hugo em 2015. A série de livros vai, em 2023, estrear como série na Netflix, e dizem os rumores que o orçamento está chegando a um bilhão de dólares. A produção é de David Benioff e Dan Weiss (Game of Thrones).

Total
0
Shares
1 comment
  1. Ótima a sua resenha! Descreveu muito bem o sentimento dessa leitura. É um mundo muito novo e que foge dessa fórmula mesmo, mas é hard mesmo na parte das explicações. Apesar disso, tb estou curiosa pela continuação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post
Morte a Pinochet

Morte a Pinochet | Devaneios na ditadura chilena

Next Post
Rainha Charlotte: Uma História Bridgerton | Spinoff da Netflix ganha trailer e data de estreia 4

Rainha Charlotte: Uma História Bridgerton | Spinoff da Netflix ganha trailer e data de estreia