Às 1h21 de Indiana Jones e o Templo da Perdição você verá alguns convidados surpresa que não deveriam estar ali

Às 1h21 de Indiana Jones e o Templo da Perdição você verá alguns convidados surpresa que não deveriam estar ali 3
Foto: Divulgação LucasFilm

Indiana Jones e o Templo da Perdição nasceu de uma mentira: aquela que George Lucas contou a Steven Spielberg quando insistiu para que ele assinasse e fizesse uma trilogia do personagem, alegando que tinha três histórias incríveis prontas.

Obviamente, ele tinha apenas a história da primeira parte, e a partir daí eles improvisaram. Coincidentemente, ambos os diretores haviam acabado de terminar seus relacionamentos, e daí vem esse tom sombrio, algo que em alguns momentos você tem que assistir pensando no tempo em que foram feitas.

Mas algo é inegável: gostemos mais ou menos, ela é sempre muito divertida.

Um deslize que ninguém viu em Indiana Jones 

Em Indiana Jones e o Templo da Perdição tem um deslize que poucos notaram
Foto: Reprodução

Se você também já achou que essa segunda parte ficou um pouco desagradável, não está sozinho: Lawrence Kasdan, roteirista do primeiro filme, recusou voltar porque não queria que ninguém o associasse à sequência: “Eu achei horrível.

Acho que representa um período caótico na vida de Lucas e Spielberg, e o filme é muito feio e malvado.” No entanto, serviu para que anos depois tivéssemos o reencontro entre Harrison Ford e Ke Huy Quan.

É claro que Indiana Jones e o Templo da Perdição também teve sua parcela de deslizes. Particularmente, há um flagrante aos 1:21:25, quando Short Round escapa e vira-se para a câmera. Na parte direita, você pode ver um homem com uma camiseta azul de braços cruzados e outro usando um boné que, por algum motivo, não se encaixam bem no resto da cena. São, obviamente, membros da equipe que acidentalmente apareceram no enquadramento. Ups.

Todos sabemos como as coisas terminaram: O Templo da Perdição arrecadou 333 milhões de dólares (mais de dez vezes o seu custo) e se tornou mais uma marca na carreira imparável de Lucas, Spielberg e Harrison Ford. Visto assim, quem se importa com um pequeno deslize desses?


Confira também: Indiana Jones e a Relíquia do Destino – Crítica | Harrison Ford sempre será o primeiro e único

Onde assistir ao filme?

Caso você tenha se interessado pelo filme novamente, Indiana Jones e o Templo da Perdição pode ser visto no catálogo do Paramount+.

Total
0
Shares
Previous Post
a tropa

A Tropa | Espetáculo comemora os 60 anos da carreira do ator Otávio Augusto

Next Post
Com Sophie Charlotte e grande elenco, novo filme de David Fincher ganha trailer intenso 4

Com Sophie Charlotte e grande elenco, novo filme de David Fincher ganha trailer intenso

Related Posts