‘Furiosa’ não decepciona e é mais um espetáculo sensacional de George Miller

furiosa
Foto: Divulgação Warner Bros. Pictures

Furiosa” não é Estrada da Fúria, mas sim, é tudo o que você pode pedir da saga Mad Max

TEXTO ESCRITO POR ISABELA CÂNDIDO DO PODCAST PRÓXIMO EPISÓDIO

Há uma cena em Furiosa: Uma Saga Max Max’ onde o vilão Dementus (Chris Hemsworth) afirma que a protagonista (Anya Taylor-Joy) é igual a ele; mortos-vivos que precisam causar sensação para escapar de uma existência vazia e deprimente, e que cada vez mais precisam ir mais longe, então surge uma grande questão: ela tem o que é preciso para torná-lo épico? Neste momento, George Miller parece estar canalizando todas as dúvidas dos céticos para o novo capítulo da saga ‘Mad Max ‘.

A resposta é sim. Um grande sim. ‘Furiosa‘ é épico. É outro grande exemplo de como um show de ação deve ser feito. Uma estimulante expansão da franquia com mais um filme que é puro entretenimento e uma nova demonstração de que Miller, aos 79 anos, ainda é um extraordinário contador de histórias.

Sobre Furiosa

‘Furiosa’ chega 9 anos depois de Estrada da Fúria, o reboot da saga com Tom Hardy assumindo o lugar de Mel Gibson. Mas essa nova história se passa antes, e é ao mesmo tempo uma prequela e spin-off sobre o personagem que interpretada por Charlize Theron na edição anterior. Em seu lugar temos Anya Taylor-Joy, mas a heroína terá que percorrer um longo caminho para chegar lá.

Expandindo a saga Mad Max

George Miller inicia o seu novo filme referindo-se ao fim do mundo tal como o conhecemos e, como se estivesse a criar a sua própria bíblia, apresenta-nos um paraíso onde a menina come o fruto proibido; e, portanto, ela é expulsa. Um grupo de selvagens guerreiros da estrada sequestra Furiosa, iniciando sua odisseia. Este é um dos aspectos mais interessantes de seu novo trabalho. Miller não se limita a girar a manivela, aproveita para ampliar a mitologia da saga, o contexto e os personagens que habitam esse gigantesco deserto que ficou para trás. 

Esse grupo de malucos liderados por Dementus encontra na garota a chave para uma terra prometida cheia de recursos no meio do deserto onde só sobrevivem aplicando a lei do mais forte e destruindo tudo que cruzar seu caminho. Um percurso que os leva até o outro grande vilão, Immortan Joe (aqui mais jovem, interpretado por Lachy Hulme). Furiosa vira moeda de troca, mas consegue escapar e cria uma nova identidade.

E é assim que ele se cruza com o outro personagem principal do filme, Praetorian Jack (Tom Burke), uma nova versão de Mad Max que se junta a Furiosa. Juntos eles realizam uma missão suicida com um caminhão atacado por bandidos que lembra as perseguições de Mad Max e Fury Road.

‘Furiosa’ não decepciona e é mais um espetáculo sensacional de George Miller 5
Foto: Divulgação Warner Bros. Pictures

Engenhosidade e experiência de George Miller

Esse “cenário” é uma seção impressionante e frenética, talvez a melhor do filme, onde Miller mais uma vez dá outra aula magistral de encenação. E, claro, falta a Furiosa o frescor ou o impacto do último capítulo, que nos pegou desprevenidos depois de se passarem 30 anos desde Mad Max 3 (também o filme mais fraco da saga), você poderia pedir em uma continuação deste universo .

Mais história e mais ação: um espetáculo que completa e amplia o que conhecemos. Qualquer fã do gênero (e da franquia especificamente) irá gostar. É para comemorar de verdade, pois é muito complicado orquestrar uma produção com essas características. Basta olhar a lista de lançamentos de ação nos últimos anos para perceber isso. O que Miller está fazendo com Mad Max está ao alcance de poucos, não apenas em termos de meios, mas também de engenhosidade e experiência.

Aliás, seu principal heroi nesta saga, Max Rockatansky, não tem participação em ‘Furiosa’ mas há outra breve surpresa especial e deixa a porta aberta para outro filme, que Miller já tem em mãos.


Furiosa está em cartaz nos cinemas do Brasil


‘Furiosa’ não decepciona e é mais um espetáculo sensacional de George Miller 6
Foto: Divulgação Warner Bros. Pictures
9/10
Total Score
Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post
Com drama policial tenso, 'Roma em Chamas' embarca no submundo do crime italiano em filme que está na Netflix 10

Com drama policial tenso, ‘Roma em Chamas’ embarca no submundo do crime italiano em filme que está na Netflix

Next Post
Morando com o Crush

Morando com o Crush | Jogando com a regras do gênero debaixo do braço

Related Posts