0

Depois de uma edição marcante em 2018, a Warner traz mais um pacote de novidades e comprova que realmente colocou a CCXP no seu calendário oficial.


Mesmo sendo uma das parceiras mais longas do evento, a Warner sempre passou pela CCXP com painéis questionáveis que prometiam mais do que entregavam. O jogo finalmente virou no ano passado, já que o estúdio passou pela feira com duas pré-estreias, chamadas ao vivo e um batalhão de famosos reunidos no palco. Uma receita que, para a nossa sorte, foi repetida durante três painéis que reuniram as Aves de Rapina, alguns materiais relacionados aos lançamentos de 2020 e o pontapé oficial da divulgação de Mulher-Maravilha.

Como já temos um texto completinho sobre o ótimo painel em que Margot Robbie e sua turma apresentaram o primeiro longa de super-herói do ano que vem, vamos sem nenhuma enrolação para um resumo do que a Warner reservou para o seu futuro.

As animações da Warner

O painel – chamado Warner 2020 e apresentado por Marcos Mion – fez uma primeira parada bastante tranquila na terra das animações que serão lançadas pelo estúdio, focando praticamente todas as atenções no fofíssimo Scooby! – O Filme. O coração das pessoas foi aquecido sem muita dificuldade pelo trailer que havia sido lançado algumas semanas antes, porém o único material realmente inédito apresentado durante o bloco foi um pequeno vídeo onde os protagonistas brincavam com a feira em si.

O jogo começou a virar quando um bonecão do Scooby-Doo entrou no palco ao lado de seu novo dublador, Alexandre Drummond. Ele falou um pouquinho com o público, mas iniciou um momento mais emocional quando revelou ser neto do grande Orlando Drummond (dublador original do cachorro) e chamou um vídeo do seu avô recitando bordões de seu personagem mais antigo. Tudo com um vigor que arrancou lágrimas e aumentou indiretamente o hype pelo longa que chega aos cinemas no dia 14 de maio.

Depois disso, por fim, a primeira parada da viagem terminou com Mion confirmando três produções “animadas” para os próximos anos: a adaptação live-action de Tom e Jerry (2020), a continuação de Space Jam (2021) e o longa DC Super Pets (2022).

Um musical com sangue latino

Em sua segunda parada, a Warner exibiu um making of exclusivo do musical Em um Bairro de Nova York, adaptação da Broadway comandada pelo genial Lin-Manuel Miranda ao lado do diretor John M. Chu (Podres de Ricos). O material, apesar de bastante simples em termos de revelação, faz questão de esclarecer uma coisa muito importante: estamos diante de uma história forte e verdadeiramente latina que vai apresentar Nova York através de outros pontos de vista.

OBS: Um longa tão importante e esperado que um jornalista internacional vazou uma parte desse vídeo, dando inicio ao primeiro caso desse tipo na CCXP.

A Warner e seu universo compartilhado de terror

Deixando a alegria dos imigrantes latinos para trás, a terceira parada abraçou o horror de vez e começou com o anúncio oficial do título de Invocação do Mal 3 – A Ordem do Demônio. Mas a Warner não parou por aí, já que precisava cumprir sua promessa de exibir conteúdo inédito e exclusivo.

Era a hora de assistir um protótipo de trailer cujo o objetivo era apresentar a história do terceiro capítulo da franquia iniciada por James Wan. Apesar da edição estranha e pouco cuidadosa, o material cumpriu seus objetivos ao passear pelos detalhes iniciais do novo caso dos Warren e revelar as primeiras cenas do longa que será dirigido por Michael Chaves (A Maldição da Chorona).

A trama, que vai girar em torno da primeira vez em que alguém declarou inocência baseado na possibilidade de possessão demoníaca, chega aos cinemas no dia 10 de setembro do ano que vem.

A incrível saga de Christopher Nolan

Depois de algumas doses de terror espalhadas por imagens que ainda precisavam ser finalizadas, tinha chegado a hora da CCXP fazer uma parada bem rápida no universo de Christopher Nolan com a exibição “exclusiva” do misterioso teaser de Tenet. O vídeo, que havia vazado na internet após ser exibido em cinemas selecionados dos EUA, não revela nada além do já conhecido requinte visual do diretor, mas o apresentador do painel classificou a trama como “uma história de espionagem industrial com muita ação e toques de ficção científica”.

Um mistério que deve ganhar camadas mais explicativas em breve, já que a estreia marcada para meados de julho obrigaria o estúdio a revelar tanto esse teaser quanto um trailer mais completo nos próximos meses. Enquanto isso, ficamos no aguardo…

Os Heróis da DC Comics

E é claro que, para finalizar sua passagem por um evento como a CCXP, a Warner não poderia deixar de fazer uma última parada no universo povoado pelos heróis da DC Comics. O passeio começou com um vídeo que reunia pequenos trechos de longas recentes e próximos lançamentos, incluindo vislumbres inéditos de Mulher-Maravilha 1984.

Depois disso, Matt Reeves apareceu em uma mensagem para falar sobre a pré-produção de The Batman e acabou praticamente confirmando sua vinda para a CCXP do ano que vem. O mesmo foi feito por James Gunn e Alice Braga em um vídeo produzido no set de Esquadrão Suicida que focou basicamente no quanto ambos amaram suas participações anteriores no evento. Fora isso, apesar do duplo sentido presente na frase, a principal informação desse momento veio com a possível confirmação de Alice como membro do Esquadrão que vai protagonizar o longa.

Depois o painel se encaminhou para um pausa com a reexibição do trailer exclusivo de Aves de Rapina que já havia sido apresentado no painel de quinta. Como muita gente não estava nos dois painéis, o momento arrancou bons gritos e preparou o ambiente para que a Mulher-Maravilha encerrasse a feira com chave-de-ouro. Um resultado alcançado com facilidade por um show transmitido mundialmente como final de Copa do Mundo que reuniu braceletes brilhantes, uma Gal Gadot extremamente simpática e o lançamento mundial do primeiro trailer oficial do longa que estreia no dia 04 de junho.


OBS 1: Godzilla vs. Kong também teve seu primeiro vislumbre revelado no vídeo que abriu o painel, porém eu preferi não citar o longa no texto corrido porque se tratava de apenas cinco segundos de porrada entre os monstros. Era uma bela porrada, mas só isso…

Indicados ao Globo de Ouro 2020

Previous article

Indicados ao SAG Awards 2020

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Especial