AODISSEIA
TOP 15

TOP 15: Os melhores filmes da década

Chegou a hora de reunir algumas das obras que marcaram a década.


24 de dezembro de 2019 - 21:06 - Tiago Soares

Com 2019 chegando ao fim, nossa redação se reuniu para votar nos melhores filmes da década. Confere aí nossa lista e compartilhe a sua!

Você já parou pra pensar na quantidade absurda de filmes que foram lançados durante os últimos dez anos? E, dentro disso, já pensou em todos aqueles que marcaram a sua vida de alguma maneira durante esse período?

Refletir sobre isso e, principalmente, escolher apenas quinze longas entre os milhares que chamaram nossa atenção nas telas gigantes, canais de TV a cabo e serviços de streaming não é nada fácil. Mesmo assim, nossa redação fez tal exercício e aproveitou o fim de 2019 para fechar essa lista com uma votação geral.

Logo, sem mais delongas, confira abaixo nossa lista de melhores filmes da década!


15) O Homem Duplicado (2013)

 

Fruto da mente brilhante de Denis Villeneuve, O Homem Duplicado é certamente o filme menos palatável desta filmografia que inclui Sicário, A Chegada, Incêndios e Blade Runner 2049. Mesmo assim, a trama baseada num dos livros de José Saramago merece alguma atenção graças a uma construção narrativa intrigante e uma mise en scene cheias de detalhes. Tudo bem orquestrado em prol de um reviravolta metafísica que tem tudo pra explodir cabeças.

 

14) Bacurau (2019)

 

Um dos longas mais recentes dessa lista de melhores filmes da década, Bacurau virou meme, se manteve nos cinemas por um tempo quase recorde e garantiu seu lugar aqui justamente por ter impactado tanta gente. Nosso representante brasileiro é uma produção de gênero que mistura ação, suspense e terror com o objetivo de colocar o dedo na ferida de uma sociedade marcada por ódio e violência. Uma sátira sangrenta e surpreendente que merece ser vista com urgência.

 

13) Drive (2011)

década

 

Toda vez que falo sobre Drive, afirmo que Nicolas Winding Refn gastou todo o seu talento nesta obra prima do cinema. Analisando os filmes subsequentes do diretor, a afirmação é mais do que verdadeira, já que o cineasta não usou o mesmo cuidado estético, unindo forte apelo visual com uma história simples, mas repleta de nuances, além é claro da magistral trilha sonora. Devido o excesso de simbologias e uma poesia quase arrebatadora, Drive é classificado como um exemplo do neo-noir, já ganhando status de cult.

 

12) Parasita (2019)

década

 

O que um filme tão recente fez para estar na lista de melhores filmes da década? Simples, Parasita cutucou a ferida. O cinema coreano já é um exemplo de qualidade durante um bom tempo e ganha seu ápice com o já considerado melhor filme do ano (na lista de muitos). Parasita é um thriller cercado de mistério, ao mesmo tempo em que tem um discurso poderoso sobre privilégios  e luta de classes, no sentido mais íntimo. Bong Joon-ho entra na seleta lista de diretores da década com exemplos como “Expresso do Amanhã” e “Okja”.

 

11) Nasce uma Estrela (2018)

 

Nasce uma Estrela marcou a estreia de Bradley Cooper na direção e o cara não fez feio. Essa foi a quinta releitura do clássico e, sem dúvidas, a melhor. Lady Gaga mostrou que também sabe dar um show atuando e entregou uma Ally talentosíssima e cheia de vigor.

Uma história de amor que aproxima o público pela realidade e emociona em cada letra escrita por Gaga para o filme.

 

10) Relatos Selvagens (2014)

década

 

Seis histórias individuais que se encontram num grande estudo sobre como o ser humano reage a situações de extremo stress. O resultado é um longa brilhantemente dirigido que arranca risadas, surpreende e obriga o espectador a pensar sobre quais seriam as suas atitudes, se colocando no lugar dos protagonistas de cada passagem de Relatos Selvagens. Uma produção argentina com sangue latino que merece o décimo lugar na lista de melhores filmes da década.

 

9) Ela (2013)

 

Antes de Joaquin Phoenix assombrar o mundo com Coringa, ele se apaixonou perdidamente por Samantha. O único problema é Samantha nunca existir de fato. Theodor, personagem de Phoenix, acaba desenvolvendo uma relação muito especial com seu novo sistema operacional, justamente por falar o que ele mais precisava ouvir, no momento complicado da sua vida.

A voz de Scarlett Johanson deixa tudo mais apaixonante, claro. Mas o SO é apenas um algorítimo e Theodoro descobre isso do jeito mais doloroso possível. Filmaço.

 

8) Viva – A Vida é uma Festa (2017)

 

Talvez a animação mais emocionante que a Pixar já fez. O filme conta a história de Miguel, um menino de 12 anos que deseja ser um músico famoso, mas precisa lidar com sua família que… odeia música. Dentro de um rico e lindo universo mexicano do Dia de Los Muertos, Miguel acaba indo parar no mundo dos mortos e precisa encontrar a solução para seu sonho.

A linha emocional de Viva vai crescendo gradativamente, e cada desfecho vira um sopro no coração, de magia e lágrimas. Um filme lindo, recheado de referências, rico em cultura e diversidade. Coco, do inglês, é um dos melhores filmes da década, sem dúvidas.

 

7) Creed – Nascido para Lutar (2015)

na lista de melhores filmes da década creed

 

Com um retorno tão incrível e emocionante quanto o primeiro Creed, a franquia estrelada por Rocky Balboa certamente merecia um lugar entre os melhores filmes da década. Principalmente porque o longa comandado por Ryan Coogler (Pantera Negra) tem tudo que a saga citada – e outros filmes de esporte – precisam ter: sequências de luta impressionantes e muita emoção. Isso sem contar com as atuações merecedoras de Oscar e as doses de nostalgia bem posicionadas.

 

6) Os Vingadores (2012)

década

 

Os Vingadores não foi o primeiro longa do Universo Cinematográfico da Marvel, mas foi o responsável por mostrar que era possível reunir alguns dos maiores super-heróis da Terra numa tela de cinema. Marcada por subtramas perfeitamente encaixadas, um humor certeiro e sequências de ação preenchidas por pura catarse, a produção comandada por Joss Whedon aprimorou a Fórmula Marvel, inspirou inúmeras produções e deu o pontapé inicial na jornada que culminou no épico Vingadores: Ultimato. Uma série de qualidades que o colocam, merecidamente, entre os melhores filmes da década.

 

5) Corra! (2017)

década

 

Sem dúvida um dos nomes da década é o diretor Jordan Peele. Vindo direto da comédia, Peele surpreendeu com seu primeiro trabalho, já que mesmo sendo irônico em suas esquetes junto com o amigo Key Michael Key, não tinha demonstrado um tato praticamente perfeito para o horror. Em Corra! o diretor brinca com os gêneros para contar a história de como o sistema americano trata os negros nos Estados Unidos (e boa parte do mundo). Muito mais do que uma relação inter-racial, o filme questiona a todo momento a forma como tratamos as pessoas negras, desde o racismo velado a excessiva sexualização. Abre o nosso top 5 com louvor.

 

4) O Lobo de Wall Street (2013)

década

 

Um dos grandes trabalhos da carreira de Martin Scorcese, O Lobo de Wall Street é biografia incomum preenchida por três horas de pura energia, gêneros muito bem equilibrados, sequências hilárias e atuações incríveis (incluindo Leonardo DiCaprio no seu melhor papel). Um estudo de personagem completamente surtado que diverte, hipnotiza e gera reflexões com força suficiente para garantir uma vaguinha entre os melhores filmes da década.

 

3) Homem-Aranha no Aranhaverso (2018)

 

Estamos falando da maior animação de todos os tempos. Impressionante o que Homem-Aranha no Aranhaverso é capaz de fazer.

Após ser atingido por uma teia radioativa, Miles Morales, um jovem negro do Brooklyn, se torna o Homem-Aranha, inspirado no legado do já falecido Peter Parker. Entretanto, ao visitar o túmulo de seu ídolo em uma noite chuvosa, ele é surpreendido com a presença do próprio Peter, vestindo o traje do herói por baixo de um sobretudo. A surpresa fica ainda maior quando Miles descobre que ele veio de uma dimensão paralela, assim como outras versões do Homem-Aranha. 

Essa ~teia de confusões misturadas à uma estética pouco antes vista no cinema, faz de Aranhaverso um clássico, mesmo com pouco tempo de vida. Seu senso estético, sua narrativa e inventividade vão mudar a forma como consumimos filmes de animação.

 

2) Mad Max – Estrada da Fúria (2015)

 

Obra de arte em forma de filme de ação, Mad Max – Estrada da Fúria é um daqueles longas que faz tudo certo: encontra força na simplicidade do seu texto, prende o olhar do espectador com um visual arrebatador, cria catarse através de sequências de ação cheias de efeitos práticos e fecha o pacote com doses de empoderamento guiadas por uma Charlize Theron inspirada. Um primor visual e narrativo ligado no 220 que certamente merece um lugar no topo dessa lista de melhores filmes da década.

 

1) La La Land – Cantando Estações (2016)

la la land é um dos melhores filmes da década

 

“Um clássico contemporâneo”. Acredito que essa seja a melhor maneira de descrever La La Land, filme de outro promissor cineasta da década Damien Chazelle. Depois do excelente Whiplash, Chazelle realiza um musical ambicioso e repleto de referências há inúmeros filmes da era de ouro de Hollywood, além é claro, dos bons filmes de romance. La La Land é muito mais do que uma história de amor entre aspirantes a atriz e músico, é um relato sobre sonhos. Usando a fantasia ao seu favor, a obra encerra nossa lista trazendo a mensagem de que o fim, às vezes, é diferente daquilo que se imagina, mas ainda pode ser bom.