0

Com o final de 2019 chegando, nossa redação se reuniu para votar nas melhores séries da década. Confira nossa lista e compartilhe a sua também!

Você já parou pra pensar na quantidade absurda de séries que foram lançadas durante os últimos dez anos? E, dentro disso, já pensou em todas aquelas que mereceram uma maratona ou marcaram a sua vida de alguma maneira?

Refletir sobre isso e, principalmente, escolher apenas quinze produções entre as milhares que chamaram nossa atenção em canais abertos, fechados ou serviços de streaming não é nada fácil. Mesmo assim, nossa redação fez tal exercício e aproveitou o fim de 2019 para fechar essa lista com uma votação geral.

Logo, sem mais delongas, confira abaixo nossa lista de melhores séries da década!


OBS: A única regra foi que as séries votadas, precisavam ter começado durante a década. É por isso que séries tão elogiadas como Lost e Breaking Bad ficaram de fora…


15) Black Mirror (2011 – atual)

 

“Isso é tão Black Mirror” virou um termo preciso para pontuar situações em que a tecnologia toma caminhos meio que absurdos, interferindo de forma incisiva na sociedade. A série criada por Charlie Brooker e adquirida pela Netflix após a segunda temporada, é uma antologia de ficção científica que satiriza o uso excessivo da tecnologia. Por se passar em um futuro recente, a cada episódio fica aquele gostinho amargo de que tudo ali poderia de fato ser real. E algumas coisas são mesmo, vide prefeito Waldo.

 

14) Westworld (2016 – atual)

década

 

Westworld pode ter falhado em sua suposta missão de substituir Game of Thrones como evento midiático, mas conquistou um lugar entre as melhores séries da década graças a duas temporadas que mexeram – e muito – com a cabeça do público. Um pacote preenchido por conceitos filosóficos, quebras temporais, sequências de ação empolgantes e reviravoltas que realmente desafiam a inteligência do espectador. Um combo sofisticado que entrega tudo aquilo que um verdadeiro fã de ficção científica sempre sonhou.

 

13) Master of None (2015 – atual)

 

As misturas entre linguagens audiovisuais é uma das coisas mais cativantes de Master of None. É completamente normal que alguns episódios pareçam ser uma espécie de documentário temático exibido no Globo Repórter, enquanto outros brincam com edições inusitadas, longos planos-sequência, ausência de sons e até um episódio todo em preto e branco.

Existe muita genialidade na forma como a equipe por trás de Master of None aproveitas suas referências cinematográficas, brinca com escolhas visuais (o espelho separando o casal na dança do último episódio, por exemplo) e captura os detalhes da realidade humana. É sem dúvidas uma das comédias mais cativantes da Netflix e uma das melhores séries da década.

 

12) Bates Motel (2013 – 2017)

década

 

Apesar de pouco valorizada pela crítica, a série que reconta o clássico Psicose, começou e teve duas temporadas finais excelentes, praticamente no mesmo nível do clássico de Alfred Hitchcock. Bates Motel atualiza a história de Norma e Norman Bates, ao mesmo tempo em que respeita o livro de Robert Bloch. Com grandes atuações de Vera Farmiga e Freddie Highmore, Bates Motel tem um final lindo, coerente e deveria ser mais lembrada.

 

11) Hannibal (2013 – 2015)

década

 

Contando com um visual arrojado e uma narrativa brilhante, Bryan Fuller surpreendeu muita gente com sua versão de um dos assassinos em série mais conhecidos da cultura pop. Uma produção viciante que, além de apresentar a morte da maneira mais elegante possível, mergulhava na personalidade dos seus protagonistas para falar sobre doenças mentais, dependência social e obsessão. Uma obra-prima cheia de sutilezas que, apesar de sua duração mais curta do que o esperado, merece ser conferida por qualquer amante de produções policiais.

 

10) True Detective (2014 – atual)

década

True Detective foi uma daquelas séries que chegou de surpresa e arrebatou a todos com sua qualidade, algo já característico da HBO. Além disso, a série de Cary Fukunaga consolidou uma tendência que ficaria marcada em séries recentes: atores do nível AA do cinema, protagonizando séries de TV. O premiado Woody Harrelson e o vencedor do Oscar na época Matthew McConaughey chegaram abocanhando todos os prêmios de televisão com atuações fantásticas e uma história envolvente, merece o Top 10.

 

9) Demolidor (2015 – 2018)

 

Demolidor consegue entregar a melhor série da Marvel em qualquer plataforma até então. Antes do surgimento da Disney+, as séries da Netflix traziam os heróis dentro do MCU mas com apenas referências ao universo das telonas. E, dentro desse contexto, Demolidor se destaca.

A série do Demônio de Hell’s Kitchen traz vilões verossímeis e bem convictos de suas ideias. Entre ganchos, erros e acertos, a produção ganhou um ar de destaque muito grande graças aos filmes da Marvel que vinham numa crescente e também, claro, à sua incrível qualidade.

 

8) Brooklyn Nine-Nine (2013 – atual)

década

 

Brooklyn 99 certamente ficou marcada pela gigantesca campanha de retorno promovida por seus fãs, mas é muito mais do que isso. É uma série de comédia inteligente que tira sarro das produções policiais através de ótimos personagens. É um programa abraça a representatividade e inclui isso no seu texto, entregando episódios que falam brilhantemente sobre homossexualidade e racismo. É um show engraçadíssimo, mas também apaixonante e viciante que merece um lugarzinho entre as melhores séries da década.

 

7) The Leftovers (2014 – 2017)

década

 

Depois da desconfiança gerada pelo final de Lost (odiado por muitos), e o roteiro furado de Prometheus, Damon Lindelof tinha zero chances de emplacar outro sucesso correto? Errado. Aqui o showrunner e roteirista se junta ao autor do livro Tom Perrota, para trazer The Leftovers as telinhas. A obra analisa o que seria do mundo após o sumiço de 2% da população mundial e felizmente abandona os mistérios do evento, focando naqueles que ficaram. Sendo assim, diferente das obras anteriores, Lindelof está preocupado em contar uma história de pessoas quebradas, que precisam de algo maior para dar sentido as suas vidas. Sem dúvida merece ser vista.

 

6) This is Us (2016 – atual)

 

This is Us, numa primeira olhada pode parecer um simples novelão qualquer, mas na verdade é uma montanha russa de emoções, com episódios de aquecer o coração ou de fazer qualquer um se debulhar em lágrimas. A série conta a história da família Pearson e as pessoas que a cercam, mostrando o dia-a-dia de Jack, Rebecca, Randall, Kate e Kevin, em meio a saltos temporais e diversos pontos de vista.

This is Us te leva a refletir constantemente sobre as relações amorosas e familiares, tocando em temas como aceitação, racismo, sexualidade, fraternidade e acima de tudo, paternidade. A série conta com atuações fortíssimas (premiadas em diversos anos), um roteiro muito bem escrito e episódios magnificamente dirigidos. Começar a assistir a This is Us é garantia de querer ter uma familía, ou se aproximar da sua própria.

 

5) Person of Interest (2011 – 2016)

década

 

Person of Interest talvez seja a série menos reconhecida dessa lista, mas não poderia faltar em qualquer post que reunisse as melhores séries da década. É uma produção que, mesmo preenchida pelos fillers típicos do formato procedural, conseguiu capturar uma a essência da nossa sociedade atual ao mesmo tempo em que direcionou críticas sólidas aos programas de vigilância americanos.

Uma trama séria e inventiva que explorou os dilemas envolvem uma inteligência artificial através desse combo que ainda incluía ótimos personagens, cenas de ação eficientes e mistérios que prendiam a atenção do espectador com facilidade. Tudo tão bem amarrado que se tornou imperdível

 

4) Penny Dreadful (2014 – 2016)

 

Com uma história arrepiante e vitoriana cercada de atuações poderosíssimas, em destaque a Vanessa Ives de Eva Green e o John Clare de Rory Kinnear, Penny Dreadful deixou saudades. Apesar de apenas 3 temporadas, a história fechou de forma bela, satisfatória e com muita emoção. A série de terror inclusive ganhará um spin off intitulado “City of Angels” que deve chegar as telinhas no ano que vem. Unindo um visual belíssimo, horror clássico e uma trilha sonora incrível, Penny Dreadful merece demais estar no TOP 5.

 

3) Game of Thrones (2011 – 2019)

got melhores séries da década

 

Tá certo que suas últimas temporadas, e o desfecho da season finale, jogam um balde de água fria nas pretensões estratosféricas de Game of Thrones. Tida como não só uma das melhores séries da década, mas também como A MELHOR série de todos os tempos, GOT se perdeu em meio a escolhas ruins e desfechos preguiçosos.

Mas nada disso tira a grandiosidade da série. Talvez ela tenha sido o último grande evento televisivo da história (tirando os esportes, claro). A mobilização para assistir cada episódio e as discussões semanais sobre cada um, transformaram Game of Thrones num símbolo da década. Quem viu, viu. Quem não viu, só deixa o final pra depois.

 

2) Atlanta (2016 – atual)

década

 

Outra personalidade da década é Donald Glover, tanto como ator e autor, quanto como Childish Gambino e sua alcunha musical. Atlanta é sua obra máxima até o momento, e Glover traz uma série que discute as questões sociais e raciais americanas, não deixando a arte de lado e um trabalho primoroso de construção de universo e direção do talentoso Hiro Murai. Cercada de ironia e recheada de ofensas ao sistema mundano atual, Atlanta merece demais compor a lista e esperamos ansiosamente por uma nova temporada ano que vem.

 

1) Stranger Things (2016 – atual)

melhores séries da década stranger things

 

Dona do nosso surpreendente primeiro lugar, Stranger Things foi a única série que apareceu na lista de todos os membros da redação. Algo de certa forma inesperado, mas que pode ser facilmente explicado pelas doses de nostalgia, pela mistura perfeita de gêneros, pelo elenco infantil/adolescente super carismático e outras características que a transformaram em uma produção tão marcante. Um combo que conquistou o coração das pessoas e resultou na conquista desse lugar tão alto entre as melhores séries da década.

 


Menções Honrosas:

La Casa de Papel

Jessica Jones

Sense 8

Vikings

Spartacus

TOP 15: Os melhores filmes da década

Previous article

Cats: Um Show de Horrores Quase Felino

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Especial