0

Mantendo uma precisão histórica admirável (e péssimos goleiros), The English Game romantiza o surgimento do futebol como o conhecemos, sua estruturação como esporte e o surgimento de regras, até sua profissionalização.

The English Game é uma série da Netflix, de Julian Fellowes, mesmo criador de Downton Abbey, lançada em 20 de março de 2020, que conta a história real dos campeonatos ingleses de futebol de 1875 e 1876, a partir de dois jogadores de times e classes sociais distintas.

Falando assim pode só parecer mais um seriado genérico sobre esporte como muitos outros existentes, porém The English Game se destaca por abordar de forma singular o contexto histórico e as tensões sociais envolvidas na prática na Inglaterra do século XIX. Além da perspectiva de dentro dos campos, a série nos mostra uma visão da sociedade inglesa, suas peculiaridades e diferenças entre a nobreza e a população comum, temas já muito bem abordados pelo autor.


LEIA MAIS
+++ El Presidente é a nova série sobre futebol que chega na Amazon
+++ Sérgio é o amor no tempo da diplomacia
+++  Já assistiu Milagre na Cela 7?

The English Game Julian Fellowes

The English Game e a hora do jogo

A minissérie The English Game possui 6 episódios, de aproximadamente 50 minutos cada e traz como protagonistas figuras radicalmente opostas em suas origens, porém com algo que os aproxima e que conduz toda a narrativa, a paixão pelo futebol.

Seguindo a trajetória dos jovens escocêses Fergus Suter (Kevin Guthrie) e Jimmy Love (James Harkness) recém contratados (e pagos, que absurdo!) para jogar pelo time de uma fábrica de tecidos em Darwen, acompanhamos a realidade da classe operária, suas necessidades e sua paixão pelo esporte como única forma de entretenimento e representatividade.

No outro lado do campo vemos Arthur Kinnaird (Edward Holcroft), capitão do Old Ethonians, time formado por membros da nobreza e campeão da Copa da Inglaterra (FA Cup) e, claro, futuro herdeiro da fortuna e dos negócios de sua família. Vemos o amor pelo jogo, seu drama familiar e observamos de um ponto de vista privilegiado os preconceitos da elite em relação a classe operária inglesa e sua resistência quanto a profissionalização do esporte criado por cavalheiros e adorado pelas massas.

The English Game aborda a modernização e mercantilização do esporte, a estruturação das regras ainda em formação, privilégios sociais, relações de amizade e lealdade, e toneladas de daddy issues. Seguindo a linha narrativa de seu idealizador, com seus contrapontos entre nobreza e populacho, podemos dizer que The English Game é essencialmente um Downton Abbey com a bola no pé.

Esse texto foi escrito por Onesimo Cunha e editado por Felipe Hoffmann.

Acompanhe tudo sobre filmes, séries, games, músicas e muito mais aqui na Odisseia.
product-image

The English Game

8

W Dois Mundos: 2 Dimensões paralelas e invasão da arte na vida real

Previous article

Em “Brincando com Fogo”, dinheiro e prazer são inversamente proporcionais

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Séries