AODISSEIA
Músicas

The Beatles: O Maior Legado Musical de Todos os Tempos

A banda que revolucionou a história


29 de agosto de 2019 - 09:23 - Janine

 

Você com certeza já escutou algo do tipo “garotos que se conheceram na época do colégio e decidiram montar uma banda de rock”, certo? Essa é uma história comum, mas dessa vez não foi tão comum assim. Em 1960, dessa história nascia The Beatles

É normal que algumas pessoas não saibam o motivo dos Beatles serem considerados a melhor banda de todos os tempos. Com John Lennon e George Harrison nas guitarras, Ringo Starr na bateria e Paul McCartney no baixo, o quarteto de Liverpool  surpreendeu o mundo com músicas simples, geniais e de fácil assimilação. Os Beatles conseguiram ser a banda mais bem-sucedida comercialmente e que também caiu com facilidade nas graças dos críticos de música da época. 

Em 1965 os Beatles lançavam o álbum HELP! que transitava por diversos estilos, como o pop de You Gonna Lose That Girl,  a presença do jazz em The Night Before, a balada recheada de elementos folk em You Got To Hide Your Love Away, um som mais bem trabalhado e dinâmico em Ticket To Ride e a balada Yesterday, que se tornou a canção mais regravada da história. No mesmo ano, foi lançada a canção Day Tripper de autoria de John Lennon e conhecida por ter um dos riffs mais conhecido do rock. Esta música também é a primeira a fazer referências escancaradas ao consumo de drogas. 

 

 

 

 

Agora precisamos destacar que o momento mais importante da carreira dos Beatles, sem dúvidas, foi em 1967, com lançamento de Sgt. Peppers. Considerado o álbum mais importante da história do rock e da música moderna, o álbum é épico e se consagra como uma obra artística que na época causou um impacto gigantesco no mundo. Mas você sabe dizer o motivo de Sgt. Peppers ter essa importância toda? Porque os Beatles conseguiram traduzir com maestria a cultura dos anos 60, trazendo a vibe do Verão do Amor, a psicodelia e toda a movimentação paz e amor hippie. A capa feita por Peter Blake é um show à parte, e traz 160 personagens como Bob Dylan, Edgar Allan Poe, Albert Einstein, Oscar Wilde, Marylin Monroe, Karl Marx entre outras personalidades. O Disco é um apanhado de canções famosas, cheias de efeitos sonoros, arranjos inovadores e um conceito que fazem de Sgt. Peppers uma verdadeira obra de arte.


Sgt. Peppers dos Beatles foi o primeiro álbum de rock a trazer um encarte com as letras das músicas impressas.

 

Ainda sobre esse grande álbum, a produção de Sgt. Peppers durou cerca de 6 meses, tempo maior que o normal de produções da época e traz um setlist recheado de grandes clássicos como A Day In The Live, Lucy In The Sky With Diamonds, Sgt PeppersWith Little Help From My Friends, cada uma com suas peculiaridades. Tudo é tão perfeitamente pensado e executado que traz sons que remetem a um concerto, como o som do público de fundo na faixa que traz o título do álbum e como ela se completa dando sequência a música With Little Help From My Friends de forma despretensiosa. Temos também a “chapada” Lucy In The Sky With Diamonds com referências ao LSD e vocais que passeiam por cada verso da música, Within You, Without You de  George Harrison trazendo um estilo indiano, em A Day In The Life temos o grandioso arranjo de orquestra composta por 42 músicos, tocando de forma aleatória e em escala crescente nos levando ao êxtase.

 

 

sgt pepper beatles

 

LEIA MAIS

+++ Bacurau é a resistência brasileira em sua melhor forma. O cinema

+++ O sucesso Queer Eye é um ponto de afago na empatia

+++ Billie Eilish: O hype adolescente com personalidade

 

É aí que fica ainda mais evidente a grandiosidade dos Beatles, pois Sgt. Peppers foi sucesso de vendas, com 250 mil cópias vendidas na primeira semana e chegou a 3 milhões até o final de 1967.  Sgt. Peppers ocupou o lugar das paradas no Reino Unido durante 22 semanas. Atualmente o álbum é considerado o mais popular dos Beatles, com cerca de 33 milhões de exemplares no mundo e está entre os 20 mais vendidos da história da música.

Pioneiros em utilizar elementos clássicos nas composições, os Beatles deixaram ainda mais evidente o estilo folk como podemos notar em All You Need Is Love (1967). Além do folk, a banda utilizou ainda mais elementos psicodélicos, que mais tarde seriam primorosamente moldados por bandas como Pink Floyd e Led Zeppelin. Já em 1968, com o lançamento do álbum The White Album, é possível identificar o peso de algumas músicas como Savoy Truffle, Yer Blues e em Back in the USSR, mas nada se compara ao peso de Helter Skelter, que traz um baixo carregado, uma bateria nervosa e a guitarra com sons distorcidos, onde podemos perceber o que seria o começo do metal, arranjos que tempos depois seriam utilizados por grandes bandas como Deep Purple e sendo moldado pelo glorioso Black Sabbath.

No cinema, os Beatles estrelaram cinco filmes relacionados à trilha sonora dos álbuns, participaram de Os Reis do Iê Iê Iê  (1964) e Help! (1965), ambos filmados por Richard Lester. Produziram, atuaram e dirigiram os filmes Magical Mystery Tour (1967), na animação Yellow Submarine (1968) e no documentário Let It Be de 1970.  Tivemos também nas telonas a comédia dirigida por Robert Zemeckis, a Febre de Juventude (1978). Os Cinco Rapazes de Liverpool (1994), o longa dirigido por Ian Softley.  Across The Universe (2007) com direção de Julie Taymor.

É claro que tem muita história pra contar e mostrar como os Beatles revolucionaram a música mundial, mas com esse texto nós já temos uma ideia da grandiosidade da banda. 

 

beatles last photo

 

Se você acompanha todas as produções cinematográficas da banda, fica de olho que hoje (29) tem estreia de Yesterday, novo filme do diretor Danny Boyle (Quem Quer Ser Um Milionário). Se você está por fora, a trama é baseada na história de Jack Malik (Himesh Patel), o único ser humano no mundo que se lembra dos Beatles. Sabendo disso, ele vai usar letras e melodias como suas e se transformar em um fenômeno da música. Conta pra gente, como seria o mundo pra você se não existissem os Beatles?