Supernatural
0

Prestes a chegar no final dessa jornada, vamos falar sobre os melhores episódios de Supernatural


Desde o começo desse especial, eu estava esperando ansiosamente a hora de escolher os 15 melhores episódios da série. Mas era uma ansiedade dividida entre a vontade e o medo, afinal não é fácil escolher 15 episódios entre os quase 330 que compõem Supernatural até aqui.

Pensei se deveria escolher um por temporada, mas logo desisti. Mesmo assim, criei algumas pequenas regras: a) não colocar mais de dois episódios de uma única temporada; b) excluir os episódios que já apareceram na lista anterior.

Isso significa que episódios marcantes (que certamente estariam aqui) como Changing Channels, The French Mistake, Baby e ScoobyNatural cederam seu espaço para que outros grandes episódios de Supernatural possam ser citados.

Além disso, essa é uma lista completamente pessoal, logo você pode discordar – com educação – dos selecionados e da ordem de preferência. Faça a sua própria lista e deixe nos comentários.

Agora vamos porque, entre episódios surtados com amigos imaginários e finais emocionantes, temos muita coisa para falar…


+++ Confira as partes anteriores da nossa homenagem

15 – Meet The New Boss

(Episódio 1 da 7ª Temporada)

Supernatural

Mesmo entre os altos e baixos, Supernatural sempre se dedicou bastante aos começos e finais de temporada. Esse não é uma unanimidade (até mesmo por dar o pontapé num ano bem ruim), mas ganhou seu lugar na lista por ser um episódio quase totalmente focado em Castiel, um coadjuvante amado e muitas vezes subjugado.

14 – Do You Believe in Miracles

(Episódio 23 da 9ª Temporada)

Supernatural

Saindo de um início não tão comentando, vamos para um final que não agradou todo mundo. Mas gosto de muitos momentos da nona temporada, incluindo a tensão gerada em torno da possível morte de Dean durante o episódio. Concordo que o vilão não é dos melhores, mas os famigerados olhos pretos (mal utilizados depois) garantem o impacto.

13 – Devil’s Trap

(Episódio 22 da 1ª Temporada)

Supernatural

E se estamos falando de finais, não podemos esquecer do primeiro de todos os tempos. Um episódio emotivo onde conhecemos Bobby pela primeira vez, vemos Azazel possuindo John para impedir Sam de atacá-lo e acompanhamos um acidente de carro encerrar a jornada com um gancho. Numa época em que as séries raramente eram renovadas com antecedência, os fãs precisaram controlar a ansiedade.

12 – O’ Brother, Where Art Thou?

(Episódio 9 da 11ª Temporada)

Supernatural

É incrível como, mesmo nas temporadas mais questionáveis, Supernatural consegue tirar bons momentos da cartola. Aqui, Sam decide que precisa conhecer melhor Amara e para isso marca um encontro com Lúcifer na jaula. O que acontece depois disso é uma disputa psicológica maravilhosamente comandada Jared Padalecki e Mark Pellegrino.

11 – Sacrifice

(Episódio 23 da 8ª Temporada)

Supernatural

Não por acaso, o mesmo discurso pode ser repetido aqui: a oitava temporada tem muitos altos e baixos, mas o que Supernatural faz no último episódio é de tirar o chapéu. Temos ótimos momentos de Crowley (um personagem que apareceu menos do que merecia nessas homenagens), anjos caindo do céu como gancho e um dos melhores diálogos entre os irmãos.

10 – Pilot

(Episódio 1 da 1ª Temporada)

Supernatural

Sei que hoje o piloto não é mais tão idolatrado e entendo uma parte dos motivos (a série mudou muito de lá pra cá, né?). Porém sua importância é grande demais pra ser ignorada numa lista como essa, afinal estamos falando dos 45 minutos que começaram tudo. Isso sem contar que a qualidade da cena de abertura e do final são indiscutíveis…

9 – Lucifer Rising

(Episódio 22 da 4ª Temporada)

Supernatural

Sei que estou sendo repetitivo, mas, quando se fala em finais de temporada, esse episódio não pode ficar de fora por dois motivos: é a primeira grande aparição de Lúcifer, o maior vilão de Supernatural; e o detentor de uma das maiores reviravoltas da história da série. É um pontapé incrível para a melhor fase da produção.

8 – All Hell Breaks Loose: Parts 1 and 2

(Episódios 21 e 22 da 2ª Temporada)

Supernatural

Se não estou enganado, esse é único episódio duplo de Supernatural. Um evento que não poderia ficar de fora dessa lista. Sei que alguns portais dividem as duas partes, mas eu discordo completamente: o final da segunda temporada é grandioso por causa desse formato e o mesmo deve ser mantido para fazer jus a quantidade de momentos épicos (incluindo a primeira morte de um dos Winchesters) presentes nela.

7 – The End

(Episódio 4 da 5ª Temporada)

Supernatural

Pra sair um pouco do assunto “finais de temporada”, vamos falar sobre esse episódio que está representando no mínimo dez episódios da quinta temporada que mereciam uma vaguinha aqui. A disputa era boa (como você podem ver na lista de reservas localizada no final do post), mas The End foi escolhido por transmitir com perfeição o peso do mundo pós-apocalipse.

A tensão constante, os personagens mudados pelo tempo e o encontro final entre Sam e Dean fazem dele um episódio espetacular.

6 – Don’t Call Me Shurley

(Episódio 20 da 11ª Temporada)

Supernatural

É verdade que essa lista possui muitos episódios das primeiras temporadas de Supernatural. Entretanto, as eras pós-Kripke também tiveram seus bons momentos e nós não podemos esquecer disso. Don’t Call Me Shurley – ou o retorno de Chuck Versão God para os mais íntimos – foi escolhido para o sexto lugar justamente por transformar a maior teoria dos fãs em realidade da melhor maneira possível.

5 – Death’s Door

(Episódio 10 da 7ª Temporada)

Supernatural

Supernatural já matou diversos personagens queridos e eu já falei sobre alguns deles nos posts anteriores. No entanto, o episódio da morte (supostamente definitiva) de Bobby merece um lugarzinho especial por conta da sua carga dramática. As memórias que ele divide com Sam e Dean, a decisão de aceitar a passagem ou não e a ambiguidade arrepiante da última cena colocaram Death’s Door aqui.

4 – Mistery Spot

(Episódio 11 da 3ª Temporada)

Supernatural

Esse talvez o primeiro de uma sequência de episódios que estariam em qualquer lista de melhores envolvendo os Irmãos Winchester. Uma unanimidade que merece esse lugar por flertar com um subgênero batido sem cair em clichês, por misturar drama e comédia de uma maneira que Supernatural dominava com maestria, e por antecipar o quão dolorosa seria a morte de Dean.

3 – Lazarus Rising

(Episódio 1 da 4ª Temporada)

Supernatural

Parte importante de um combo de episódios conectados com a morte de Dean Winchester, Lazarus Rising é dominado por seu retorno completamente inesperado e faz tudo certo. Temos uma dramática saída do túmulo, dois brilhantes encontros com Bobby e Sam e, por fim, a apresentação de Castiel numa cena de tirar o fôlego. Impecável!

2 – No Rest for The Wicked

(Episódio 16 da 3ª Temporada)

Supernatural

Se falei da ressurreição, também preciso falar da morte, né? Afinal de contas, o final da terceira temporada encerra com brilhantismo a luta (cada vez mais desesperançosa) de Dean contra o destino. Eles até tentam tirar um último coelho da cartola, mas Supernatural não poupa seu protagonista de uma morte sangrenta que o leva direto para o inferno.

Nesse ponto, a gente já sabia que as mortes não são definitivas em Supernatural, mas a sequência é impactante do mesmo jeito. Principalmente como deixa o público acreditar que é possível salvar Dean alguns segundos antes de destroçar seu peito. E o nosso, como consequência…

1 – Swan Song

(Episódio 22 da 5ª Temporada)

Supernatural

Final original de Supernatural e a despedida oficial de Eric Kripke, Swan Song é um episódio perfeito para concluir uma temporada praticamente brilhante. Com a narração de Chuck, acompanhamos esse encerramento épico preenchido pelas mortes chocantes de Cass e Bobby, pelo duelo final entre Lúcifer e Michael, e pela emocionante sequência onde Sam (dominado por Lúcifer) espanca Dean até ser atingido por uma chuva de memórias e conseguir controlar seu corpo pronto para o sacrifício.

Um episódio simplesmente inesquecível!


Lista (enorme) de episódios de Supernatural que quase entraram:

Fase 1:

Abandon All Hope (5×10) / The Benders (1×15) / Heart (2×17) / The Kids Are Alright (3×02) / The Song Remains the Same (5×13) / Hammer of the Gods (5×19) / Nightshifter (2×12) / Point of No Return (5×18)/ Jus in Bello (3×12) / Dark Side of the Moon (5×16) / Two Minutes to Midnight (5×21) / What Is And What Should Never Be (2×20) / In the Beginning (4×13)

Fase 2:

A Very Supernatural Christmas (3×08) / Moriah (14×20) / Born Under a Bad Sign (2×14) / Tall Tales (2×15) / Bad Day At Black Rock (3×03) / On the Head of a Pin (4×16) / Weekend’s at Bobbys (6×04) / Appointment in Samarra (6×11) / The Girl with the Dungeons and Dragons Tattoo (7×20) / As Time Goes By (8×12) / Brother’s Keeper (10×23) / Regarding Dean (12×11) / Stuck in the Middle (With You) (12×12)


Os Episódios de Supernatural estão sendo exibidos toda quinta nos EUA


Gostou desse conteúdo? Então nos ajude a manter o site vivo entrando para o Odisseia Club. Seja um apoiador da Odisseia e acompanhe tudo sobre filmes, séries, games, músicas e muito mais.

Flavio Pizzol
Nascido em uma galáxia muito distante, sou o construtor original dessa nave. Aquele que chegou aqui quando tudo era mato. Além disso, nas horas vagas, publicitário, crítico de cinema, aprendiz de escritor e músico de fundo de quintal. PS: Não sabe trocar a sua imagem do perfil...

Festival Mix Brasil 2020 | Confira a programação completa do evento

Previous article

Walden | Quando o passado se torna o futuro

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Séries