Supernatural
0

Ampliando um pouquinho mais o escopo da nossa homenagem, vamos falar dos monstros de Supernatural


Como eu já tinha explicado antes, nossa grande homenagem a Supernatural vai aumentar o escopo a cada semana. Logo, depois de falar das músicas e dos momentos isolados (bons e ruins), não tem nada melhor do que falar de um elemento decisivo: os monstros.

Apesar de mergulhar na zoeira em diversos momentos, as raízes da série estão no terror. Estão nos clássicos e impiedosos monstros da semana.

Claro que, nesse caso, o destaque vai ficar na primeira temporada, por conta da dinâmica mais isolada dos episódios. Ainda assim, a homenagem aos vilões vale para as quinze temporadas que compõem a jornada de Supernatural.


OBS 1: Os monstros não possuem ordem de preferência.

OBS 2: Sim, eu não inclui vampiros e lobisomens na lista porque, apesar das diferenças visuais, esses monstros já ganharam versões demais na cultura pop.


+++ Confira as partes anteriores da nossa homenagem

Wendigo

Supernatural

Aparição: Wendigo (Episódio 2 da 1ª Temporada)

Descobri durante essa pesquisa que nem todo mundo gosta do Wendigo, mas o mantive na lista pelo simples motivo de discordar dessas pessoas. Posso estar afetado pela minha memória afetiva, mas acho o monstro assustador e uma ótima apresentação para a maneira como Supernatural iria reinventar alguns mitos.

Bloody Mary

Supernatural

Aparição: Bloody Mary (Episódio 5 da 1ª Temporada)

Partindo de uma lenda mais conhecida mundialmente dessa vez, a série usa o fantasma que aparece nos espelhos quando tem seu nome repetido três vezes como ponto de partida para um episódio realmente aterrorizante. Algo que a própria fez com cada vez menos frequência com o passar da temporada.

Cães do Inferno

Supernatural

Primeira Aparição: Crossroads Blues (Episódio 8 da 2ª Temporada)

Os responsáveis por levar as almas condenadas para o inferno já tiveram algumas participações marcantes em Supernatural. Inclusive, já receberam a missão de assassinar tanto coadjuvantes importantes, quanto o próprio Dean no inesquecível final da terceira temporada. Motivo suficiente pra justificar a presença aqui.

Além disso, convenhamos que o fato de somente a vítima poder vê-los cria uma tensão realmente absurda sempre que os pitbulls de Lúcifer “surgem” em cena.

Metamorfo

Supernatural

Principais Aparições: Skin (Episódio 6 da 1ª Temporada); The Usual Suspects (Episódio 7 da 2ª Temporada); Nightshifter (Episódio 12 da 2ª Temporada)

Toda vez que vemos a plaquinha de “Procurado” com o rosto do Dean lembramos que o culpado é um metaformo. Essas criaturas nojentas, grotescas e quase invisíveis (por conta da troca de pele, óbvio) que se tornaram um peça importante da mitologia de Supernatural.

A Família Bender

Supernatural

Aparição: The Benders (Episódio 15 da 1ª Temporada)

Nessa 15ª temporada, Supernatural finalmente voltou a posicionar os seres humanos como vilões. Porém, nenhum uso da nossa linhagem consegue superar essa família de caçadores-assassinos que saiu direto dos grandes filmes de terror. Marcante.

Changelings

Supernatural

Aparição: The Kids Are Alright (Episódio 2 da 3ª Temporada)

Todos sabemos que crianças dão um plus em filmes de terror, certo? Ent~~ao imagina crianças aterrorizantes como dentes afiados que se alimentam dos fluídos das mães. Tudo isso em um episódio onde Dean chega pertinho de ter um filho extremamente fofo. Merecedor de um lugar aqui, com certeza.

Djinn

Supernatural

Aparição: What Is and What Should Never Be (Episódio 20 da 2ª Temporada)

Equivalentes aos gênios na mitologia de Supernatural, os Djinns são seres humanoides e tatuados que mantêm as pessoas presas em seus maiores desejos para se alimentar. É um vilão curioso que já rendeu alguns bons episódios para a série.

Rakshasa

Supernatural

Aparição: Everybody Loves a Clown (Episódio 2 da 2ª Temporada)

Retirados da mitologia hindu, os Rakshasa sã criaturas nojentas que trocam de aparência, dormem em uma cama de insetos mortos e se alimenta de carne humana. Em Supernatural, ele se disfarça de palhaço (o maior medo de Sam) para enganar crianças e comer seus pais.

Vanir

Supernatural

Aparição: Scarecrow (Episódio 11 da 1ª Temporada)

Antecipando série como Coletivo Terror, a série usou como vilão um Deus nórdico que oferece riqueza em troca de sacrifícios. Nesse caso, ele habitava um espantalho assustador pra caralho e devorava casais enganados pelos gananciosos habitantes da cidade.

Sue Ann Le Grange

Supernatural

Aparição: Faith (Episódio 12 da 1ª Temporada)

Um dos episódios mais impactantes de Supernatural (principalmente por colocar em risco a vida de um dos irmãos pela primeira vez), Faith apresenta um curandeiro que troca vidas: uma pessoa morre para que outra seja curada. O resultado é um episódio que usa dois monstros um ceifador (mantido refém) e uma mulher alimentada pela ganância e pelo egoísmo.

Essa episódio tem uma montagem musical incrível no momento em que mostra, paralelamente, a cura e a morte agindo juntas.

Azazel

Supernatural

Primeira Aparição Completa: Devil’s Trap (Episódio 22 da 1ª Temporada)

Apesar de Azazel não ser um “monstro da semana”, seria injusto terminar essa lista sem falar do primeiro grande vilão da série, né? O responsável por matar Mary basicamente dar o pontapé inicial em Supernatural. Isso sem contar todas as vezes em que ele roubou os holofotes e deixou os fãs com o coração na boca…

Lúcifer

Supernatural

Primeira Aparição: Sympathy for the Devil (Episódio 1 da 5ª Temporada)

Pai de Azazel, Rei do Inferno e responsável pelo Apocalipse, Lúcifer é o grande vilão da era Kripke. Só isso já era o suficiente para encaixá-lo aqui, mas eu admito que fiz isso mais pra falar da atuação perfeita de Mark Pellegrino. Uma mistura entre maldade e sarcasmo que fez os fãs aceitarem ele em todos os seus retornos idiotas.


Os Episódios de Supernatural estão sendo exibidos toda quinta nos EUA


Gostou desse conteúdo? Então nos ajude a manter o site vivo entrando para o Odisseia Club. Seja um apoiador da Odisseia e acompanhe tudo sobre filmes, séries, games, músicas e muito mais.

Flavio Pizzol
Nascido em uma galáxia muito distante, sou o construtor original dessa nave. Aquele que chegou aqui quando tudo era mato. Além disso, nas horas vagas, publicitário, crítico de cinema, aprendiz de escritor e músico de fundo de quintal. PS: Não sabe trocar a sua imagem do perfil...

Os Nomes das Flores | Desamparo nas montanhas bolivianas

Previous article

Fórum da Mostra de São Paulo 2020

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Séries