Supernatural Fim Músicas
0

Uma viagem pela incrível e icônica trilha sonora de Supernatural


Supernatural está finalmente chegando ao fim. Depois de quinze temporadas e um hiato forçado pela pandemia, a longa jornada dos Irmãos vai chegar a sua conclusão definitiva nas próximas semanas.

Como um fã que sobreviveu a todos esses anos de altos e baixos, senti a necessidade de homenagear a série com um especial. Vou soltar um texto temático a cada quinta-feira, acompanhando justamente a exibição dos últimos seis episódios nos EUA.

E não existe nada melhor do que começar com um dos pontos mais marcantes e icônicos da série: sua trilha sonora cheia de clássicos do rock n’ roll.

Você só precisa entrar no Impala e curtir essa viagem pelas 10 músicas mais icônicas de Supernatural.


+++ Confira o Montagem Paralela especial sobre o Dia do Rock
+++ Confira nossa crítica da 14ª temporada de Supernatural

Carry On Wayward Son (Kansas)

Aparição na série: Inúmeras

É claro que essa lista não poderia começar sem a música-tema de Supernatural. Sem a canção que surge em todas as retrospectivas preparadas nos finais de temporada. Sem essa letra que, por coincidência ou não, parece ter sido escrita para a série.

Oh, Death (Jen Titus)

Aparição na série: Episódio 21 da 5ª Temporada

Uma música que marcou por ser a trilha de apresentação de um grandes vilões de Supernatural: a Morte (interpretado na ocasião por Julian Richings). E é impossível negar que o tom meio mórbido da canção deixa a cena perfeita.

Eye of the Tiger (Survivor)

Aparição na série: Episódio 6 da 4ª Temporada

Eye of the Tiger é uma canção com bagagem, afinal de contas estamos falando de um clássico que foi utilizado milhares de vezes desde o estouro promovido pela Franquia Rocky. Ainda assim, a música merece um lugar na lista por ter gerado a icônica e hilária dança de Dean Winchester em um dos episódios mais amados da série.

Heat of the Moment (Asia)

Aparição na série: Episódio 11 da 3ª Temporada

Em outro episódio que surge com frequência entre os queridinhos dos fãs, Haet of the Moment é repetida diversas vezes. Ela marca o início de cada dia que Sam precisa reviver, vendo seu irmão morrer de maneiras absurdas no melhor estilo “Feitiço do Tempo”.

Back in Black (AC/DC)

Aparição na série: Episódio 3 da 2ª Temporada

Um clássico usado de maneira quase literal no começo da segunda temporada de Supernatural. Back in Black é a canção responsável por representar, ao mesmo tempo, o retorno dos irmãos ao mundo das caçadas e o conserto do Impala preto que pode ser considerado um personagem fixo da produção.

Wanted Dead or Alive (Bon Jovi)

Aparição na série: Episódio 16 da 3ª Temporada

Mais do que usar clássicos do rock, Supernatural sempre se destacou por conseguir casar com perfeição as letras e os acontecimentos dos episódios. Nesse caso, Bon Jovi figura na lista por ajudar a deixar qualquer fã arrepiado com a cena em que os irmãos cantam juntos naquele que seria o último dia de Dean na Terra. Afinal, ele estava sendo “procurado vivo ou morto”.

Born to Be Wild (Steppenwolf)

Aparição na série: Episódio 23 da 7ª Temporada

Essa música, por outro lado, foi usada de maneira um pouco aleatória, porém faz parte de uma cena marcante do final da sétima temporada (talvez seja a cena mais marcante, considerando o nível dessa leva de episódios). Ou seja, é um clássico do rock em uma cena de clímax que merecia o peso das guitarras do Steppenwolf.

What a Wonderful World (Joey Ramone)

Aparição na série: Episódio 20 da 2ª Temporada

Essa canção que fez sucesso na voz de Louis Armstrong possui uma das letras mais bonitas de todos os tempos. A representação de um mundo utópico que casa perfeitamente com a sequência em que Dean é mandado para o seu mundo dos sonhos. A única diferença é que, pra fazer parte de um sonho dele, ela precisaria da roupagem rock n’ roll realizado por Joey Ramone.

Knocking on Heaven’s Door (Bob Dylan)

Aparição na série: Episódio 16 da 5ª Temporada

Se apropriando da letra de maneira quase literal, Supernatural usou essa música no momento em que os irmãos morrem e são enviados para o céu. Uma sequência emocionante que ganha ainda mais força por conta do violão de Bob Dylan.

OBS: Não achei a cena em questão, mas essa montagem é bem legal.

Bad Moon Rising (Creedence Clearwater Revival)

Aparição na série: Episódio 22 da 1ª Temporada

A música que encerrou o primeiro season finale de Superntural não poderia ficar de fota dessa lista. Afinal, Bad Moon Rising embala o momento em que um caminhão pilotado pelo Demônio de Olhos Amarelos bate contra um Impala cheio de feridos. E acredite: ver a câmera percorrendo os corpos dos Winchesters ao som de uma letra que fala sobre estarmos preparados pra morrer instaura o clima de tensão com uma precisão invejável.


Bônus

Sei que selecionei apenas músicas da temporadas iniciais, então, só pra ninguém dizer que Supernatural parou de investir em momentos musicais icônicos nas últimas temporadas, vou deixar como bonus track essa recriação teatral de Carry On Wayward Son realizada no episódio de número 200, Fan Fiction (Episódio 6 da 10ª Temporada).


A 15ª temporada de Supernatural será exibida toda quinta nos EUA


Gostou desse conteúdo? Então nos ajude a manter o site vivo entrando para o Odisseia Club. Seja um apoiador da Odisseia e acompanhe tudo sobre filmes, séries, games, músicas e muito mais.

Flavio Pizzol
Nascido em uma galáxia muito distante, sou o construtor original dessa nave. Aquele que chegou aqui quando tudo era mato. Além disso, nas horas vagas, publicitário, crítico de cinema, aprendiz de escritor e músico de fundo de quintal. PS: Não sabe trocar a sua imagem do perfil...

O Halloween do Hubie | Adam Sandler sendo Adam Sandler

Previous article

Mentira Incondicional (The Lie) | Crianças mimadas, jovens psicopatas

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Séries