0

Depois de muito tempo sem arriscar, a Globo resolveu investir em uma atração diferente nesse ano. Encabeçada por Marcelo Adnet e Marcius Melhem, fazendo o que gostam, a atração fecha o seu primeiro ano como um dos programas mais comentados da internet.

O humorístico, feito nos moldes da saudosa TV Pirata, brinca com o ato de zapear, muito comum para qualquer pessoa que assiste televisão regularmente. Com isso, o programa vai tirando sarro de todos os programas possíveis, tanto na TV aberta quanto na fechada, com a maior quantidade de sarcasmo que foi permitida pela Rede Globo.

Usando o formato dos esquetes, que voltaram à moda com os canais de humor do YouTube, o público foi apresentado a paródias de vinhetas, propagandas e programas. Os meus destaques vão para os seriados Polícia Brasileira e Dr.SUS – uma brilhante brincadeira com a série House – e para o jornal Jardim Urgente, que apresentava crimes cometidos por crianças de maneira escandalosa e ainda “lançou” o bordão “Foca em mim”. Sem deixar de lembrar do militante que passava seu tempo fazendo críticas “infundadas” à própria Globo.

O programa não foi tão bem no Ibope, em parte por passar muito tarde, mas acabou fazendo sucesso na internet e nas redes sociais. A Globo acertou em cheio ao liberar todos os episódios completos no site da atração no dia seguinte, tornando essa página uma das mais acessadas do portal da emissora.

Um programa sensacional que conseguiu dar uma utilidade para o Adnet, que havia sido contratado e usado em programas que não faziam o estilo que consagrou o comediante na MTV. Com um formato inovador e sarcástico que merece ser visto e apreciado, Tá no Ar já tem segunda temporada garantida.

Flavio Pizzol
Nascido em uma galáxia muito distante, sou o construtor original dessa nave. Aquele que chegou aqui quando tudo era mato. Além disso, nas horas vagas, publicitário, crítico de cinema, aprendiz de escritor e músico de fundo de quintal. PS: Não sabe trocar a sua imagem do perfil...

Os Infiltrados (2006) é Scorsese em grande forma

Previous article

O Grande Hotel Budapeste

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Séries