1

A temporada das separações


Girls nunca foi uma das minhas séries favoritas, inclusive sempre passou bem longe disso e eu só comecei a achar a série boa à partir da terceira temporada. Mas apesar de ser uma série que nunca me chamou muita atenção, eu sempre continuei vendo pelo fato de que Girls é aquele seriado tapa na cara, que mostra a vida como ela é – com uns exageros – e que não tem pena em jogar umas verdades na nossa frente.

A quinta temporada não foi diferente em trazer todas essas verdades do cotidiano. Ela começou com o casamento de Marnie e Desi, que antes mesmo de acontecer já estava dando errado, só pra confirmar o óbvio. O primeiro episódio foi o único em que as quatro amigas estão juntas nessa temporada, e apesar de todo conflito do casa ou não casa,terminou de uma maneira fofa e fazendo a gente acreditar que tudo ia dar certo. Engano meu, porque o que mais teve nessa temporada foi drama e separação. Em episódios que se focaram em mostrar a vida das quatro mulheres com seus respectivos romances e focar no fim da maioria deles.

Tivemos casais bem secundários, como os pais de Hannah (Lena Dunham) passando pelo drama do divórcio, mas que não durou pois o peso de começar a vida de novo na idade deles foi grande e Loreen não quis abrir mão do conforto de ter alguém ao seu lado. Outra separação foi a da irmã de Adam, que teve uma filha com Laird, e decide abandonar os dois, deixando a bebê nos cuidados do Tio Adam.

Marnie (Allison Williams), depois de um longo casamento que durou seis episódios, decide de divorciar, depois de uma série de acontecimentos que sabe-se lá porque aconteceram. Marnie é o tipo de personagem que tinha tudo pra ser legal mas é a mais chata de todas.

Era óbvio que a irritância dela junto com o desequilibrio do Desi não ia combinar e tudo se desfez mais rápido do que eu imaginava. Nessa temporada também Marnie literalmente acordou e decidiu que ama o Ray e a pergunta que fica é: qual a chance desse casal dar certo? Ray é um cara bacana e quando eu vejo ele com Marnie não faz sentido. A próxima temporada vai desenrolar isso e com certeza vai ter mais separação.

Shoshanna (Zosia Mamet) nessa temporada vai para o Japão, o que achei um enredo incrível pra personagem. Ela é uma das melhores protagonistas, seu jeitinho neurótico e excêntrico destoa um pouco das outras meninas e me diverte muito, logo, ver a personagem no Japão foi maravilhoso,  parecia que tudo combinava com perfeitamente com ela.

Então, com Shosh do outro lado do planeta, seu namoro obviamente não funciona muito bem, mas sua separação só acontece quando ela percebe que mesmo demitida, não quer ir embora do Japão. E,depois de imensa felicidade em terras orientais  aquela sensação de não pertencer a lugar nenhum atinge a personagem que, por fim, decide voltar para os Estados Unidos.

Essa temporada sobrou até pro pobre do Elijah (Andrew Rannells), que também foi um dos pontos fortes ao ganhar mais espaço em Girls. O romance de Elijah com Dill é dos sonhos até que tudo se desmorona pro personagem. Por mais que tudo tenha dado errado, espero ver Elijah crescer mais no próximo ano e fazer mais da vida do que chorar por namoradinho.

maxresdefault (13)

E Hannah, que achava estar pela primeira vez na vida em um namoro saudável, vê que tá tudo errado também. O namoro dela com Fran nessa temporada é o exemplo perfeito de relacionamento abusivo que a gente não percebe. Os dois são babacas um com o outro e o relacionamento não se sustenta. Além disso, personagem de Lena nesse quinto ano de série conseguiu se provar mais egoísta do que nunca e a única que não teve que lidar com seu egocentrismo foi Shoshanna, porque tava no Japão

Mas é claro que a melhor coisa que aconteceu nessa temporada e nessa série foi: Adam (Adam Driver) e Jessa (Jemima Kirke). Ela sempre foi minha favorita, apensar de todos os problemas, e Adam sempre foi a pessoa que eu mais detestei e sempre quis que saísse da série. Eu odiava ele e Hannah juntos, era um casal que me causava agonia e que só se fazia mal, mas ao longo dos anos o personagem foi amadurecendo e a partir do momento que ele e Jessa resolvem ficar juntos, Adam ficou maravilhoso.

Apesar de ambos serem problemáticos ao formarem um casal, senti que um fez o outro melhor. Mas sempre tem que dar algo errado e o fantasma Hannah sempre pairou sobre a relação dos dois, mesmo sem nenhum conflito ter acontecido durante a temporada.

Os dois últimos episódios ficaram por conta de expor essa situação dos três. Por um lado Hannah passa por um despertar e fica agradável pela primeira vez nessa temporada, finalmente percebendo que ela é responsável pela sua própria vida, voltando a escrever e pensando na importância de sua amizade com Jessa, mesmo que ainda tenha sentimentos por Adam.

Finalmente a protagonista tem um surto de amadurecimento e deixa seu egoísmo um pouquinho de lado. Por outro lado, Jessa e Adam têm sua briga homérica por causa de Hannah, e os dois que sempre curtiram uma auto destruição, começam uma ótima cena de briga na qual quebram a casa inteira. Confesso que não gostei dessa briga porque estava curtindo demais o casal, mas o jeito que ela terminou não confirma um fim nem a continuação do relacionamento.

A expectativa é que a próxima temporada de Girls – que promete ser a última – resolva a situação Adam, Jessa e Hannah, mas o que eu quero mesmo é que Adam e Jessa continuem muito juntos e Hannah arrume algo pra fazer da vida. Espero também que vejamos as quatro amigas juntas de novo e não apenas com seus namorados, especialmente Shoshanna que passou a temporada praticamente sem ver os amigos.

Por fim, tomara que a sexta temporada faça os personagens ainda mais maduros, porque essa quinta foi um show de egoísmo por toda parte. Mas, como em Girls o óbvio nunca acontece, é bom não contar com nada do que eu falei.

 

Girls | 5ª Temporada

6

Better Call Saul (2ª Temporada)

Previous article

Brooklyn Nine-Nine (3ª Temporada)

Next article

You may also like

1 Comment

  1. […] porquê ele fascina tanta gente. Eu já disse até em outra crítica que nunca fui muito fã de Girls, o que é justificável já que comecei a assistir muito nova. Hoje depois de ter assistido ao fim […]

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Séries