0

A HQ Morte de Neil Gaiman passeia por histórias que falam justamente sobre a vida


  • Título: Morte – Edição Definitiva
  • Autor: Neil Gaiman
  • Páginas: 361
  • Editora: Vertigo Panini Books
  • Gênero: fantasia dark para adultos

“Eu não sou abençoada nem piedosa. Sou apenas eu. Tenho um trabalho a fazer, e é o que faço.”

A HQ Morte é uma coletânea publicada na história em quadrinhos Sandman, do autor Neil Gaiman. Para aqueles que não conhecem, a HQ Sandman, tem como protagonista Sonho, ou Sandman. Ele faz parte de uma “família” chamada de Os Perpétuos, os seres mais antigos e poderosos do Universo. São eles Destino, Morte, Sonho, Destruição, Desejo, Desespero e Delírio.

HQ Morte em Sandman

Família linda, look todo combinando!

Sandman é  parte da HQ Morte, voltada para o público adulto, publicada pela Vertigo, uma linha da DC Comics. Sua primeira publicação foi no final de 1988 e tem um total de 75 edições, que foram publicados posteriormente em 13 coletâneas. No Brasil, as HQ’s são publicadas pela editora Panini.

Ao longo da HQ Morte de Sandman vemos o protagonista, Sonho, interagir com vários de seus irmãos e irmãs, e aquela que tem mais destaque, de longe, é sua irmã mais velha, Morte.

A edição definitiva de Morte, traz todas essas histórias.


LEIA MAIS
+++ Kingdom é a melhor série de zumbis da atualidade
+++ Hex: Uma bruxa clássica e o terror moderno
+++ Coletivo Terror é uma boa aposta para quarentena 

 

“E me indago a respeito da humanidade. A atitude das pessoas para com a dádiva de minha irmã é tão estranha”

Temida e inutilmente evitada por muitos, vemos como os personagens lidam, ao longo de 7 arcos, não só com a perspectiva da vinda da própria morte, mas também com a de amigos, familiares e pessoas queridas para eles.

A HQ Morte tem ela própria como o elemento que une os arcos. Alguns tem outros personagens em comum, o que dá uma noção melhor de continuidade das histórias e nos deixa feliz em ver uma conclusão para eles. Em outras histórias, a própria Morte é protagonista.

“É tão natural morrer quanto nascer. Mas todos têm medo dela. Angustiam-se. Inutilmente, tentam aplacá-la.”

Apesar de já ter lido boa parte de Sandman, acredito que não seja necessário ler para entender as histórias que são apresentadas neste volume. É até interessante para quem não conhece ainda a HQ, se aventurar por Morte antes de começar a ler, uma vez que a leitura é bem mais rápida.

Ao contrário da primeira impressão, não só pela capa sombria, mas pelo título, a HQ Morte é uma história focada na vida. Claro que a nossa partida é um momento que chegará para todos, mas a forma como vivemos até lá e a forma como lidamos com a morte, quando ela chega, é o questionamento proposto pelas histórias publicadas aqui.

“Mas são os momentos que iluminam tudo. Os instantes que você não nota que os está vivendo… São eles que fazem o resto valer a pena.”

Aqui a Morte não é apresentada como um cara alto de capuz (esse é Destino, o primogênito). Mas como uma jovem mulher que, apesar de estar vestida toda de preto, é extremamente alegre e cativante. De todos os personagens de Sandman, Morte definitivamente é a minha favorita.

As histórias que eu mais gostei foram Fachada, uma história extremamente melancólica protagonizada por uma antiga super heroína, e O Grande Momento da Vida, história protagonizada por um casal lésbico que tem um filhinho pequeno. Como um todo as histórias são realmente muito boas, contudo são contos muito emocionais, e aí vai do favoritismo vai de cada um.

Além de questões sobre vida e morte, temos algumas pitadas de outros questionamento sociais e discussões sobre paradigmas, como críticas a homofobia, racismo, religião e questões políticas, típico da obra de Neil Gaiman. Caso não conheça o autor, ele é junto a Terry Pratchett, o autor de Good Omens: Belas Maldições, que foi adaptado como série na Amazon ano passado.

“Vocês sempre se apegam a velhas identidades, velhas faces e máscaras, mesmo que elas já tenham cumprido seu propósito. Mas, com o tempo, é preciso aprender a jogar as coisas fora.”

Morte é um ótimo apanhado de histórias, com desenhos de diversos artistas diferentes e talentosos, e que é uma leitura emocionante, agradável e quem em tempos de grandes dúvidas como o que estamos vivendo trás um conforto no coração e uma das questões primordiais:

Como você está vivendo a sua vida?

Essa edição da Panini, em capa dura, também apresenta no final várias informações interessantes sobre Sandman, Morte e ilustrações diferentes de artistas retratando a Morte sendo essa um prato cheio para fãs não só de história em quadrinhos, mas também de arte e ilustração.

Aqui é a Liv do Resenhas Caóticas, e se você quer acompanhar mais as minhas leituras, me siga no Instagram @ResenhasCaóticas. Obrigada e até a próxima.
Livia Salzani

Com Chris Hemsworth, “Resgate” ganha trailer oficial

Previous article

La Casa de Papel El Fenómeno

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Livros e HQs