0

Documentário Quem Matou María Marta? tenta achar um culpado no famoso caso argentino

Quem Matou María Marta? estreia na Netflix, em um documentário de quatro partes, relembrando o famoso assassinato da socióloga. Os produtores filme procuraram depoimentos e materiais da investigação que nunca foram vistas até hoje.


Nesta quinta-feira, 5 de novembro, a Netflix estreia Quem Matou María Marta?, um documentário em formato de minissérie sobre o contundente assassinato de María Martha García Belsunce, que se tornou quase um romance midiático na Argentina em 2002.

Pelo mistério que envolve o caso e como eles se confundem com a história do país na época, tudo indica que mais uma vez ele vai despertar o interesse por aquele acontecimento que, até então, nunca foi resolvido.

Séries desse tipo estão chamando a atenção no serviço de streaming e Quem Matou María Marta? é mais um caso de documentários que mergulham nas histórias dos processos e tentam desvendar, por si só, um mistério que a própria polícia não conseguiu resolver.

Embora, nesse caso, exista todo um conteúdo político envolto da história, já que o assassinato faz 18 anos e divide um espaço intrínseco na memória dos argentinos, pois ecoa até hoje no imaginário da mídia, pela sua falta de resolução em quem assassinou a vítima e por quê. Além de um detalhe que poucos conseguem interligar, outra mulher assassinada em Córdoba, da mesma forma que María, chamada de Nora Dalmasso.

Maria Marta em uma foto no início dos anos 2000. Foto: Divulgação

+++ Ligue Djá: Conheça o documentário do Lendário Walter Mercado
+++ 5 pequenos documentários para você assistir na Netflix

Qual a história de Quem Matou María Marta?

María Martha García Belsunce era socióloga, casada com o ex-corretor da bolsa, Carlos Carrascosa, membro de uma rica família de Buenos Aires.

No dia 27 de outubro de 2002, ela foi encontrada morta no banheiro de sua casa no interior de Carmel, no que foi tido como um acidente doméstico. Acontece que uma autópsia realizada um mês e meio depois, mostrou que ela havia sido morta com vários tiros na cabeça. No julgamento, seu marido e parte da família de María Martha foram identificados como cúmplices e autores do incidente.

Depois de vários anos de investigação, ainda existem dúvidas sobre quem, de fato, assassinou María Marta e é por isso que a Netflix estreia sua nova série, Quem Matou María Marta? que contará com imagens inéditas e depoimentos em primeira mão, de pessoas próximas ao caso, desenvolvendo várias hipóteses para tentar responder a pergunta que faz o documentário.

O projeto é dividido em 4 parte de cerca de 50 minutos cada, numa produção independente e impressionante, na obtenção de materiais exclusivos e valiosos para reconstruir as versões dos acontecimentos.

Quem Matou María Marta é uma coprodução da Netflix e da Haddock Films, a mesma produtora do filme vencedor do Oscar, O Segredo dos Seus Olhos. A direção do documentário fica por conta de Alejandro Hartmann.

Trailer

As Testemunhas de Quem Matou María Marta?

A série apresenta extensas conversas com quase todos os envolvidos com o evento: desde Carlos Carrascosa, viúvo e um dos acusados ​​do crime (foi condenado, depois absolvido em 2016, e em 2019 o ProcuradorGeral de Buenos Aires apresentou um último recurso para o Tribunal de Justiça revogar a sentença que o absolveu), aos irmãos da vítima, amigos dela e do procurador Diego Molina Pico. Entre o documentário e a clássica história de detetive, os testemunhos são colocados para que o espectador tire as suas próprias conclusões.

Em entrevista ao portal argentino VOS, Hartman esclarece:

“Nem todo mundo tem vontade de reviver isso. Dar testemunho de um caso como esse, principalmente para os envolvidos, é reviver algo traumático. Mas a ideia era convidar todos a darem sua versão. Mostrar a eles que íamos a fundo nisso e que íamos respeitar suas histórias. E mostrar que tínhamos mais dúvidas do que certezas. A história é construída pelos personagens, por aqueles que nela participaram. As entrevistas foram feitas com o tempo necessário, com muito cuidado, procuramos deixá-los sempre muito à vontade “.

E ele complementa: “Pessoalmente foi desgastante, fiz muitas entrevistas e você sai bastante cansado, porque estávamos falando de algo pesado”.

quem matou maría marta é o documentário argentino da netflix

Foto: Netflix

Crimes verdadeiros chamam a atenção das pessoas

Quem Matou María Marta? também toca na ideia de que, se o marido fosse culpado, como possível motivo do crime, nunca explicado no julgamento pelo promotor, poderia se pensar hoje na figura de feminicídio.

Em entrevista ao portal argentino El Dia, a produtora do documentário, Vanessa Ragone falou mais sobre o assunto: “Tocamos no caso da possibilidade de feminicídio, mas não está diretamente ligado à história. É que, por não saber quem a matou, não se pode falar da violência contra a mulher como real motivo”, disse.

Já o diretor da série, afirma em mesmo texto, que os crimes verdadeiros e as histórias reais, chamam a atenção do público, pelo fator da proximidade.

“Há algo fortemente relacionado ao real, com a possibilidade de termos que entrar nas casas do outro pelo celular, pela webcam, estamos em um momento de acesso constante ao real”.

“E o mórbido, é claro. Embora eu ache que essa superexposição alimenta a curiosidade e chama ainda mais a atenção das pessoas”.

Foto: Netflix

Quem Matou María Marta estreia dia 5 de novembro na Netflix

Gostou desse conteúdo? Então nos ajude a manter o site vivo entrando para o Odisseia Club. Seja um apoiador da Odisseia e acompanhe tudo sobre filmes, séries, games, músicas e muito mais.

Miss Marx | Releitura pop

Previous article

Pai | O amor vence qualquer obstáculo

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Séries