0

 

Pela primeira vez, a Odisseia esteve presente num dos maiores festivais de cinema do Brasil: a Mostra de São Paulo 2019. O festival internacional teve como principal frente a resistência, já que este ano, 20% da verba que correspondia ao patrocínio da Petrobrás foi cortado. Graças a outros patrocinadores e ao público, a Mostra pôde ser realizada e teve início no dia 17 de outubro com o novo filme de Olivier Assayas “Wasp Network”, se encerrando no dia 30 do mesmo mês com “Dois Papas”, filme do brasileiro Fernando Meirelles para a Netflix.

Antes da abertura oficial, tivemos acesso a algumas cabines de imprensa, o que facilitou bastante o aumento de nosso repertório cinéfilo, dando margem para os mais de 30 textos que você pode encontrar aqui na Odisseia. Além dos filmes, a Mostra trouxe outras experiências como debates, sessões gratuitas de filmes clássicos, filmes brasileiros (que tiveram bastante destaque esse ano), experiências VR, e seu próprio podcast, disponível em todos os agregadores.

Para falar da Mostra de São Paulo, Tiago Soares convida Diego Quaglia, redator do Arte Cines e do blog/canal do Youtube ‘Fiz Cinema’, para bater um papo descontraído sobre alguns dos destaques do festival. Vem ouvir nossos pitacos!


Assine no iTunes | Ouça no Spotify | Assine nosso feed  |  Baixe o cast


Conteúdos relacionados no A Odisseia:

– Crítica de alguns filmes da Mostra de São Paulo 2019

Lista de todos os filmes da Mostra de São Paulo 2019

Entrevista Coletiva: Wasp Network

Entrevista Coletiva: A Vida Invisível

Entrevista Coletiva: O Farol

 

Conteúdos relacionados no Arte Cines:

Crítica: Honeyland


 

Quem participou desse cast:

Tiago Soares | @tiagocinefilo

Diego Quaglia | @DiegoQuaglia2

Parasita: O melhor filme de 2019?

Previous article

Doutor Sono segue seu título com uma precisão sinistra

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Podcasts