AODISSEIA
Especial

Os recordes de Vingadores: Guerra Infinita

Reunimos todas as vitórias (até o momento) desse filmão da porra!

2 de maio de 2018 - 19:11 - Flávio Pizzol

Mesmo antes da estréia de Vingadores: Guerra Infinita parar o mundo, todo mundo já sabia que o décimo nono filme da Marvel seria o longa mais ambicioso e gigantesco da história do universo nerd. O número de heróis reunidos já era declaradamente inédito e o investimento do estúdio ganhou proporções gigantescas com o tempo, porém o resultado na bilheteria ainda era uma incógnita. A quebra de recordes era prevista pela maioria dos especialistas, mas qualquer dúvida acerca da reação do público que ainda existia foi completamente destruída no último final de semana quando o longa invadiu os cinemas arrasando tudo e mostrando que possui grandes chances de tornar-se efetivamente o maior filme da história do cinema.

Logo de cara, inaugurando sua passagem pelas telonas, o longa já se tornou a maior estreia dos EUA ao garantir 258,2 milhões de dólares no seu primeiro final de semana, roubando o posto que até então estava nas mãos de Star Wars: O Despertar da Força pelos 247 milhões de dólares faturados lá em 2015. A LucasFilm passou com a bastão – ou melhor, o sabre de luz – e o mundo acompanhou os gringos sem enrolação: a assustadora marca de 640 milhões de dólares garantiu o título de maior estreia global de todos os tempos. Só pra efeitos de comparação, o longa superou o antigo dono do posto (Velozes e Furiosos 8 com 541 milhões de doletas) antes mesmo de estrear na China.

São duas marcas impressionantes que só tendem a crescer nas próximas semanas, porém esses não foram os únicos recordes alcançados por Guerra Infinita nesses últimos seis dias. O filme já é o maior lançamento entre os filmes de herói nos EUA e no mundo inteiro, garantiu os títulos de maior arrecadação americana para um sábado e um domingo separadamente e se tornou a maior estreia geral em outros oito países, incluindo Brasil com incríveis 65 milhões de reais arrecadados nos primeiros dias. E, ressaltando mais uma vez, o número das bilheterias tupiniquins deve ser ainda maior graças ao feriado do Dia do Trabalho.

Só pra continuar com as comparações, o longa da Marvel está a poucos milhões de dólares de ultrapassar os US$ 873 milhões arrecadados por Batman vs. Superman no decorrer de 12 semanas em exibição. Além disso, o fato de Guerra Infinita já ter superado a marca do primeiro final de semana de Star Wars: O Despertar da Força – que atualmente ocupa o topo da lista de maiores bilheterias americanas da história com US$ 936,6 milhões – deixa claro que existem chances notáveis de outros recordes ainda maiores serem batidos. Pessoalmente, eu acredito que as chances de vermos alguma produção bater as marcas mundiais de Titanic (US$2,187 mi) e Avatar ($2,788 mi) são enormes graças aos números alcançados pela Marvel até aqui.

Ampliando mais uma vez o panorama, podemos destacar que Avatar (o dono da porra toda) arrecadou 75 milhões de dólares na sua semana de abertura nos EUA, enquanto Titanic ficou com aproximadamente 27 milhões de dólares no mesmo período. Números – que são quase irrisórios quando comparados ao que Vingadores tem feito no seu lançamento – que iniciaram uma carreira doméstica que não representa mais do que 30% da bilheteria total de nenhum dos dois longas, deixando a salvação de ambos para os resultados internacionais e, principalmente no caso de Titanic, as numerosas reexibições realizadas no decorrer dos anos.

Se considerarmos então que a Marvel possui resultados sólidos nos mercados internacionais (sempre se lembrem da China) e já caminha a passos largos na estrada que leva ao topo da bilheteria doméstica, Guerra Infinita é definitivamente o único longa dos últimos anos que tem alguma chance real de tirar James Cameron da liderança isolada desse campeonato. No entanto, essa é só primeira rodada de uma disputa que envolve milhares de salas de cinema e promete chegar muito longe… Tudo que podemos fazer é esperar pelas cenas dos próximos capítulos!