0

Os Mais Procurados do Mundo é a nova série documental da Netflix, que em seus seis episódios, destaca os criminosos mais mortais que ainda existem no planeta, desde comandantes de grupos terroristas até chefões de cartéis de drogas.

A série se concentrará em cinco dos criminosos mais mortais e foragidos do planeta e que podem estar em qualquer lugar do mundo neste momento, pois mesmo as investigações de diversas inteligências espalhadas por aí, não foram suficientes para capturar esses criminosos infames, exceto um, preso em maio desse ano.

Cada episódio do documentário da Netflix vai dar enfoque a um criminoso diferente e contará com entrevistas de policiais e investigadores de diversos locais diferentes, analisando como eles escaparam da justiça e onde podem estar atualmente. Os Mais Procurados do Mundo também vai mostrar como os criminosos fugitivos podem ser capturados de uma vez por todas.

Os mais procurados do mundo é a nova série documental da Netflix. Confira

+++ CRÍTICA: Solteiramente, novo filme da Netflix, prova que todo mundo precisa de terapia 
+++ The Umbrella Academy: 2ª temporada da série se supera em qualidade e é ainda melhor que a primeira na Netflix

Mas afinal, Quem são os criminosos de Os Mais Procurados do Mundo?

Matteo Messina Denaro

O gângster mafioso tem, que se sabe até agora, conexão com mais de 50 assassinatos dentro do território italiano, incluindo uma série de ataques com carros-bomba, que matou 10 pessoas na Itália nos anos 90.

Denaro está foragido desde 1993, mas hoje é considerado o principal chefe, ou CEO numa linguagem moderna, dos mafiosos da região italiana de Sicília. Os relatos dão conta que sua fortuna continua crescendo e que sua localização é quase impossível de ser descoberta por conta da mudança repentina de endereço de Denaro.

 

Samantha Lewthwaite

A notória e conhecida como Viúva Branca, nascida na Irlanda do Norte, ganhou esse apelido depois de se casar com um bombardeiro de guerra.

Suspeita-se que Lewthwaite comande uma obscura rede de conexões com o grupo terrorista Al-Shabaab e que tenha levado à morte de quase 400 pessoas, além de estar ligada a vários ataques terroristas no Quênia.

Seu paradeiro atual é desconhecido mas a série Os Mais Procurados do Mundo mostra várias pistas sobre o paradeiro da mulher.

 

Félicien Kabuga

O empresário ruandês Félicien Kabuga é acusado de financiar e participar de genocídio em sua terra natal, Ruanda, que viu o massacre de mais de 80.000 pessoas por extremistas étnicos hutus em apenas 100 dias no ano de 1994.

Atualmente Kabuga tem 85 anos de idade e é acusada de:

  • Conspiração para cometer genocídios
  • Genocídio propriamente dito,
  • Cúmplice em genocídios
  • Incitação direta e pública a atos de genocídios
  • Extermínios como crime contra a humanidade

Durante seu tempo de fuga, a polícia disse em Os Mais Procurados do Mundo que ele usou 28 pseudônimos diferentes para evitar sua captura, até ser preso em Paris no início deste ano.

 

Mayo Zambada

Conhecido como alfinete de drogas mexicano, Zambada é o líder do Cartel de Sinaloa, no México, uma das organizações de tráfico de drogas mais poderosas do mundo atualmente.

Zambada substituiu El Chapo (Joaquin Guzman) como líder da facção em 2016 e agora transfere drogas para os EUA usando uma variedade de métodos, inclusive de barco e avião. Atualmente, a recompensa por sua captura está na casa dos U$5 milhões a quem der informações que possam leva-lo à prisão.

 

Semion Mogilevich

Tráfico de armas, assassinatos a mando de terceiros, extorsão, tráfico de drogas e prostituição em escala internacional.

Esses são apenas alguns dos crimes de Semion Mogilevich, dito na série documental da Netflix, Os Mais Procurados do Mundo. O russo, hoje, é o atual chefe da máfia russa e considerado o mafioso mais perigoso do mundo.

O ex-membro do serviço secreto russo Alexander Litvinenko, certa vez alegou que Mogilevich tem um “bom relacionamento” com o presidente russo Vladimir Putin e que estava investigando as algumas denúncias de que o chefe da máfia estava vendendo armas para a Al Qaeda.

Mais informações sobre a série documental Os Mais Procurados do Mundo

Existem vários graus de bandidos no mundo e levar o título de Os Mais Procurados do Mundo pela Netflix, não é qualquer coisa.

Do quinteto monstruoso apresentado na série, apenas um foi pego, Félicien Kabuga, que acabou preso em 16 de maio de 2020. Talvez a notícia mais positiva do documentário no serviço de streaming até agora.

Todos as histórias dos assassinatos mostram o caos provocado pelos bandidos, e como seus processos de fuga são orquestrados envolvendo políticos, policiais, traficantes e muito, muito dinheiro.

Esses elementos são centrais em todas as situações contadas aqui, ilustrando o fluxo do dinheiro, armas e o processo de terror organizado que permitem que eles permaneçam na foragidos.

Kabuga, por exemplo passou duas décadas e meia evitando sua prisão por ser o principal financiador do genocídio de 1994 em Ruanda, tornando-o indiscutivelmente o indivíduo mais maligno da série Os Mais Procurados do Mundo. O ruandês construiu sua fortuna como um empresário conhecido do país, de tamanha importância que um entrevistado da série disse que os empresários locais que ficaram ricos posteriormente foram chamados de “Kabuga” por suas fortunas acumuladas.

Ao contrário do programa de televisão de John Walsh, Os Mais Procurados da América, que divulgou a notícia sobre bandidos procurados na esperança de que um algum telespectador reconhecesse e divulgasse, a série documental da Netflix Os Mais Procurados do Mundo provavelmente não levará à captura de seus personagens, como Mogilevich, Lewthwaite, Zambada e Denaro.

Os foragidos ainda exercem poder demais para serem derrubados por alguém deitado num sofá qualquer. Ainda assim, serve como um lembrete assustador de bárbaros e barbáries preponderantes na sociedade moderna, e a maneira como dinheiro completamente descontrolado pode lhes proporcionar infinitas oportunidades de cometer, e fugir, dos assassinatos.


Os Mais Procurados do Mundo está disponível na Netflix

Gostou desse conteúdo? Então nos ajude a manter o site vivo entrando para o Odisseia Club. Seja um apoiador da Odisseia e acompanhe tudo sobre filmes, séries, games, músicas e muito mais.

Solteiramente | Novo filme da Netflix mostra que todo mundo precisa de terapia

Previous article

Get Shorty: A Máfia do Cinema | Conheça a série do Globoplay baseada em um romance

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Séries