ccxp
0

 

Como já tinha adiantado ontem, não entrei nos painéis de hoje da CCXP 2014. Até tentei através de meios um pouco ilícitos – o famoso “migué” – mas estava muito cheio mesmo. Ainda assim, fontes externas e o Viber do Omelete me passaram o que rolou lá dentro. Só não ficarei dando muito minha opinião por não ter visto com meus olhos.

Quem estava lá dentro, falou muito bem do filme Operação Big Hero, que teve pré-estréia hoje de manhã, e o painel liderado pelo diretor do filme. Também elogiaram muito os painéis de Senhor dos Anéis, com Sean Astin e Brad Dourif (eles fizeram o juramento dos goonies em português), e de Game of Thrones, com o grande Jason Momoa e o brasileiro Lino Facioli.

Mas, logicamente, o foco estava todo no painel oficial de Vingadores (já que esse foi bancado pela própria Marvel, todos pensaram que algum ator ou produtor iria aparecer) e no da Pixar, com ninguém menos que Jim Morris, o presidente do estúdio. O da Marvel acabou decepcionando muitas pessoas, já que o convidado (algum produtor que não sei o nome) cancelou de última hora e foram os apresentadores do Omelete que fizeram tudo. Acho que deve ter soado como um omeletv estendido pra todas aquelas pessoas que madrugaram na frente do evento. Mas claro que isso não foi culpa deles e eles fizeram o possível para salvar a apresentação.

Um fã ganhou uma viagem para a premiere com o Omelete, Joss Whedon lamentou não poder vir e Hessel falou um pouco sobre o set de Homem-Foriga, mas, pelo o que fiquei sabendo, a única exibição exclusiva foi o teaser de Guerras Infinitas, que já tinha sido exibido lá naquela apresentação da Fase 3. Considerando o que era comentado pela imprensa, achei que choraria por ficar de fora, mas não parece ter sido algo tão imperdível assim.

Por outro lado, o que ouvi do da Pixar me deixou com inveja de quem estava lá dentro. Foram exibidos, com exclusividade, os sete primeiros minutos de Divertida Mente, que parece ter encontrado aquele tom original e diferente que a Pixar não teve nos últimos anos. Também foi exibido Lava, o novo curta do estúdio, e esse parece ter arrancado suor dos olhos da platéia.

O presidente do estúdio também falou um pouco sobre Procurando Dory, Toy Story 4 (que não seria uma continuação e sim um novo capítulo para a história. Hã?) e até Os Incríveis 2, que , segundo Morris, deve começar a ser produzido em breve. Ele também garantiu que nada baseado em Star Wars ou Marvel deve ser produzido pela Pixar. Procurando Dory deve estrear em julho de 2016 e Toy Story 4 entre junho e julho do outro ano.

Foi um dia intenso dentro dos painéis e na própria feira, que estava lotada, mas parece ter valido a pena para quem ficou nas duas partes. O evento está mostrando um boa organização e atrações de nível altíssimo para uma primeira edição, mas eu vou falar mais disso quando a feira acabar.

Odisseia na CCXP: Os Painéis da Fox, Porta e Marco Polo

Previous article

Odisseia na CCXP: Warner, Momoa e um Domingo de Cosplays

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Especial