AODISSEIA
Especial

O que os créditos de Vingadores: Guerra Infinita querem dizer?

Qual o significado de cada nomezinho no pôster?

24 de março de 2018 - 12:59 - Flávio Pizzol

Estou obcecado há muito tempo com o “star billing” (termo que se refere, em tradução literal, ao faturamento dos atores), a delicada arte de negociação que decide a ordem em que os atores serão colocados nos créditos de seu projeto. O processo envolve disputas contratuais e egos superdimensionados, e às vezes os resultados podem ser tão reveladores quanto qualquer filme exibido.

Quando Avengers: Infinity War foi anunciado, enquanto a maioria das pessoas se perguntava quais personagens da Marvel morreriam pelas mãos do supervilão Thanos, eu guardava todas as minhas especulações para os créditos. O filme é uma reunião sem precedentes de personagens que supera até mesmo os elencos dos dois últimos Vingadores e tem que construir uma ordem de crédito plausível para dezenas de atores que se tornaram grandes estrelas em suas próprias franquias sem estarem acostumados a ser o décimo-sexto nome dessa lista. Como a Marvel conseguiria resolver esse pepino?


Leia Mais

Quem vai morrer em Vingadores: Guerra Infinita?

Pantera Negra é um futuro de representatividade para a Marvel


A resposta é deliciosamente complicada. Por isso, vamos nos aprofundar nos créditos localizados na parte inferior do pôster de Infinity War para entender um pouco mais sobre essa difícil tarefa de classificar 27 estrelas e deixar alguns notáveis heróis do estúdio de fora da brincadeira (sim, estamos falando de você, Gavião Arqueiro).

Os primeiros cinco nomes nessa área também poderiam ser chamados de bloco do faturamento. São o núcleo dos Vingadores: Robert Downey Jr., Chris Hemsworth, Mark Ruffalo, Chris Evans e Scarlett Johansson. No entanto, mesmo dentro desse grupo de super-heróis testado e comprovado, existem algumas colocações de crédito interessantes. Por exemplo, esta é a primeira vez que Downey Jr., a maior estrela da Marvel, recebe um crédito abaixo do título desde o Homem de Ferro original. Seria essa a sua concessão ao conjunto da obra? Além disso, eu também tenho que aplaudir os advogados de Hemsworth: por mais que Evans tenha sido contratado depois de Downey Jr. no primeiro filme dos Vingadores, o interprete do poderoso Thor tomou esse lugar nos filmes desde então, e agora Evans é classificado em quarto. Até mesmo depois de Mark Ruffalo, que nunca teve um filme solo na Marvel. Resta apenas uma constante: em todos os filmes dos Vingadores, Johansson ficou com o quinto espaço nos créditos.

As coisas ficam um pouco mais interessantes na próxima seção, onde mais seis estrelas se juntam à disputa: Benedict Cumberbatch, Don Cheadle, Tom Holland, Chadwick Boseman, Paul Bettany e Elizabeth Olsen. Fiquei surpreso que Cumberbatch tenha obtido o maior “faturamento” desse grupo, mas os motivos devem estar ligados ao fato do seu filme solo, Doutor Estranho, ter estreado mais cedo do que o Homem-Aranha: De Volta ao Lar ou Pantera Negra. Os outros atores, que já apareceram em Capitão América: Guerra Civil, são creditados na mesma ordem em que foram classificados naquele filme. A única exceção é Tom Holland, que ultrapassou Boseman e ficou logo atrás de Cheadle, um dos coadjuvantes que atua como pilar da Marvel desde Iron Man 2.

Considerando que Chadwick estrelou aquele que será apenas o maior filme da Marvel já feito, parece um pouco injusto que ele esteja atrás de Cumberbatch e Holland, mas, novamente, parece que a Marvel decidiu construir a ordem com base naqueles que tiveram um filme solo primeiro. Ainda assim, quando fizerem um quinto filme dos Vingadores, espera-se que Boseman ganhe uma merecida promoção nos créditos.

Os nomes de 12 a 17 são compostos – principalmente – por atores coadjuvantes de outros filmes da Marvel: Anthony Mackie e Sebastian Stan saíram da franquia do Capitão América, Hiddleston e Idris Elba pegaram carona no sucesso de Thor, o novato Peter Dinklage, ocupando uma vaga de exceção, e Benedict Wong que co-estrelou Doutor Estranho. Essa é a primeira vez que ele aparece acima de Stan em um bloco de créditos da Marvel. Hiddleston e Elba estão em posições mais baixas, porque eles não devem aparecer tanto no filme. Entretanto, é interessante que Dinklage, a única pessoa no elenco creditado que nunca apareceu em um filme da Marvel, e ainda assim está na frente de Wong.

Os créditos mais excêntricos vem com os Guardiões da Galáxia, que estão se juntando ao elenco dos Vingadores depois de dois filmes próprios bem-sucedidos no mercado espacial. Eles são os últimos nomes do pôster antes de chegarmos a todas as designações especiais, mas a ordem normal de seu núcleo humano foi trocada: a recente adição de Pom Klementieff (Mantis) está em primeiro, então Karen Gillan (Nebula), Dave Bautista (Drax) e, finalmente, Zoe Saldana (Gamora), que é a protagonista feminina dessa franquia. Vin Diesel e Bradley Cooper, que fornecem as vozes de Groot e Rocket, são listados por último.

Por que Saldana concordaria em inverter a ordem dos créditos, dado que ela é uma grande estrela e de importante presença em Guerra Infinita? Talvez pelo mesmo motivo que Chris Pratt nem sequer tenha sido listado junto de todo mundo.

Depois temos os três nomes finais: Benicio del Toro, Josh Brolin e Chris Pratt. Vamos ver um por um aqui. Eu suspeito que del Toro, que foi escalado para o primeiro Guardiões da Galáxia antes de Brolin chegar, provavelmente teve um precedente contratual que entrou em vigor novamente e o levou a ser creditado primeiro. Então, novamente, talvez Brolin queira o mesmo destaque que Pratt conseguiu por ser o último e mais distinto nome do elenco principal.

Se Pratt realmente quisesse entrar na briga por um crédito melhor, ele poderia ter tentado roubar o lugar de Hemsworth, já que ele ainda possui uma grande franquia que não é da Marvel com Jurassic World. Em vez disso, ele preferiu “ficar na dele” sem tanto destaque assim.

Os créditos em pôsteres de filmes sempre foram uma disputa de ego muito acirrada. Muito do que vemos ali podem indicar o que veremos no filme em questão. E se tratando de Guerra Infinita, com tantos heróis e tantos contratos para gerenciar, a Marvel pode estar mostrando alguma coisa que ninguém descobriu ainda.

Vingadores: Guerra Infinita estreia dia 26 de abril nos cinemas.


Texto originalmente publicado no site Slate.