0

Para quem curte uma boa história de suspense e intrigas com recheio de vida real, O Paraíso e a Serpente é a nova série da Netflix que vai saciar sua vontade de um bom drama.

Veja detalhes da série, como elenco, enredo, trailer, a história real e mais informações sobre O Paraíso e a Serpente.


Originalmente exibida pela BBC de Londres, O Paraíso e a Serpente traz Tahar Rahim e Jenna Coleman estrelando esse novo drama policial, baseado totalmente em fatos reais e que agora chega à Netflix.

No elenco de O Paraíso e a Serpente, Rahim desempenha o papel do serial killer conhecido mundialmente como Charles Sobhraj (apelidado de “A Serpente”), que acabou sendo capturado e levado a julgamento em 1976.

Leia tudo o que você precisa saber sobre O Paraíso e a Serpente abaixo:

O Paraíso e a Serpente é a nova série baseada em fatos reais da Netflix

Foto: Divulgação Netflix

Qual o enredo de O Paraíso e a Serpente?

O Paraíso e a Serpente documenta os crimes de Charles Sobhraj, um homem que era o principal suspeito dos assassinatos de pelo menos 12 turistas à Índia, Tailândia e Nepal entre 1975 e 1976.

Ele se tornou conhecido como A Serpente devido às suas habilidades de se passar por outras pessoas, ludibriar as vítimas e escapar impunimente, mas também foi rotulado de O Assassino do Biquíni por causa das roupas usadas por algumas de suas vítimas.

A sinopse oficial da série diz: “Fazendo-se passar por negociante de diamentas, Sobhraj e sua namorada Marie-Andrée Leclerc viajaram pela Tailândia, Nepal e Índia em 1975 e 1976, cometendo uma onda de crimes na ‘Trilha Hippie’ asiática e se tornando os principais suspeitos em uma série de assassinatos de jovens viajantes ocidentais”.

Um vigarista, ladrão e mestre do disfarce, Sobhraj regularmente escapava da caçada policial. Em 1976, ele tinha mandados de prisão em três continentes diferentes.

No entanto, a rede de crimes de Sobhraj foi destruída por Herman Knippenberg, um diplomata novato da Embaixada da Holanda em Bangcoc. Sem revelar muito sobre a conspiração da Serpente, Knippenberg involuntariamente desencadeou uma perseguição que finalmente viu o assassino em série atrás das grades.


+++ 15 séries para assistir em abril de 2021 na Netflix

Trailer de O Paraíso e a Serpente

Elenco de O Paraíso e a Serpente

O ator francês Tahar Rahim assumiu o papel do assassino Charles Sobhraj. Atualmente ele ficou famoso por estrelar o drama policial francês indicado ao Oscar, A Prophet, e, em breve, Rahim estrelará uma série de Damien Chazelle na Netflix chamada de The Eddy. Rahim também estrelou The Looming Tower, da BBC2 (onde interpretou Ali Soufan) e Maria Madalena (Judas).

A atriz de VictoriaDoctor Who, Jenna Coleman, desempenha o papel de sua parceira e cúmplice nos assassinatos, chamada de Marie-Andrée Leclerc.

Também estão no elenco de O Paraíso e a Serpente: Billy Howle (Mother Father Son) como Herman Knippenberg, um diplomata novato da Embaixada da Holanda em Bangcoc que involuntariamente entra na intrincada rede de crimes de Sobhraj e Ellie Bamber (Os miseráveis) interpretando Angela Knippenberg.

Foto: Divulgação Netflix

O Paraíso e a Serpente é baseada em uma história verdadeira?

Sim, a série original da BBC que desembarca na Netflix, O Paraíso e a Serpente, é baseada no caso do assassino em série francês e vigarista Charles Sobhraj, que foi capturado e levado a julgamento em 1976.

Considerado por médicos e cientistas como um psicopata, Sobhraj foi o principal suspeito em pelo menos uma dúzia de assassinatos de viajantes ocidentais ocorridos no sul da Ásia na década de 1970 (ele supostamente fomentou um ódio profundo por “hippies”, ou como são chamados às vezes em O Paraíso e a Serpente, “longhairs”).

Por um tempo, Sobhraj foi o homem mais procurado da Interpol, mas sua captura foi em parte graças à determinação de um diplomata holandês de 30 e poucos anos chamado Herman Knippenberg, cuja história é mostrada em O Paraíso e a Serpente, na Netflix.


+++ A Semana Da Minha Vida é o filme que vai te fisgar esse fim de semana na Netflix

Foto: Divulgação Netflix

Quem é Herman Knippenberg? Ele está vivo?

Herman Knippenberg é um ex-diplomata holandês que conheceu Charles Sobhraj quando ele trabalhava em Bangcoc na embaixada holandesa.

Em fevereiro de 1976, ele começou a investigar o caso de dois viajantes holandeses desaparecidos: Henk Bintanja e Cornelia ‘Cocky’ Hemker.

Knippenberg se lembrou de um artigo que leu dois meses antes sobre dois mochileiros australianos assassinados e, depois de alguns trabalhos de investigação, logo percebeu que os corpos queimados haviam sido identificados incorretamente. Eram, na verdade, o casal holandês que ele procurava, Bintanja e Hemker.

Knippenberg havia entrado involuntariamente na intrincada rede de crimes de Sobhraj e passaria os meses seguintes caçando o misterioso ‘negociante de pedras preciosas’ francês, que finalmente foi preso no final daquele ano, em julho de 1976.

Billy Howle (MotherFatherSon), que interpreta Knippenberg em The Serpent, falou com Knippenberg em preparação para o papel.

Howle revelou que ele achou a abordagem do roteiro “desanimadora num primeiro momento, em termos de haver um senso real de gravidade e responsabilidade, porque essas são pessoas da vida real”.

Ele acrescentou que foi “esclarecedor” falar com Herman Knippenberg.

“Foi a primeira vez para mim interpretar alguém que não só é real, mas ainda está vivo. Eu estava totalmente ciente dessa responsabilidade, então no começo fiquei um pouco relutante em falar com Herman imediatamente porque senti que precisava minerar o roteiro e realmente chegar a um acordo com a história que estávamos tentando contar e fazer tudo as coisas práticas, a pesquisa, e também ter uma melhor compreensão da paisagem da história.

Só aí que fui procura-lo e foi incrivelmente esclarecedor … não só para a história, mas sua percepção da história e os eventos que ocorreram estão tão distantes da minha própria experiência de vida que não foi imediatamente relacionável. Portanto, havia muito trabalho de base que precisava ser feito e eu tive muita sorte em ser capaz de construir esse vínculo com Herman desde o início, porque ele foi capaz de preencher essas lacunas e aumentar meu entendimento da situação.”

Ele também revelou que quando falou com Knippenberg sobre por que estava tão motivado para capturar Sobhraj, ele percebeu que tinha sido a história de vida do diplomata.

“É uma espécie de questão moral: o que leva um homem a fazer coisas hediondas como Charles Sobhraj fez? E, curiosamente, quando falei com o verdadeiro Herman, ele disse: ‘Quem se importa?’ E foi incrível para mim ouvir, e eu meio que entendi imediatamente o que ele quis dizer. Bem realmente não, não se trata de tentar compreender o que o motivou fazer isso, mas sim como interrompê-lo. E você sabe em certo sentido, como outro ser humano ousa fazer isso com pessoas inocentes?

Portanto, é uma espécie de ultraje moral que impulsiona essa investigação incrível que ele assume. É tão improvável, realmente, uma pessoa nesta posição fazer o trabalho que estava fazendo, para que isso caia em sua mesa, acho que é a indignação moral com a realidade, a gravidade disso, que o leva a querer parar, essas coisas.”

Ellie Bamber, que interpreta a primeira esposa de Herman, Angela, também falou com sua personagem da vida real sobre o papel em O Paraíso e a Serpente na Netflix:

“É incrível, ela é uma mulher muito inteligente e sim, ela foi capaz de preencher as lacunas com tudo, todos os pequenos detalhes que poderiam não estar no roteiro”, disse Bamber.

“Ela me enviou quase uma centena de fotos da época, me enviou todas as fotos de Herman e ela juntos. Herman e ela trabalhando, então foi incrível preencher essas lacunas visuais, suponho.”

O verdadeiro Charles Sobhraj em 1976

Charles Sobhraj ainda está na prisão?

Sim, Charles Sobhraj ainda está vivo e atualmente cumprindo prisão perpétua atrás das grades no Nepal, onde está desde 2003.

Antes de sua prisão no Nepal, Sobhraj tinha estado na prisão na Índia de 1976 a 1997, depois disso voltou a Paris e desfrutou de sua notoriedade e celebridade recém-descoberta.

Sobhraj já havia sido retratado na tela no filme de Bollywood em 2015 intitulado Main Aur Charles, além de seu próximo papel em O Paraíso e a Serpente, no qual ele é interpretado por Tahar Rahim, que não falou com o Sobhraj real para a série.

O Paraíso e a Serpente está disponível na Netflix

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Séries