O Iluminado livro resenha stephen king
0

O Iluminado, livro escrito por Stephen King, passeia por vários gêneros mas encontra seu lugar na cabeça de cada leitor

Leia a resenha do livro O Iluminado, de Stephen King


  • Titulo: O Iluminado
  • Autor: Stephen King
  • Ano: 1977
  • Edição: 2017
  • Páginas: 520
  • Editora: Suma
  • Gênero: Terror com muito drama

O Iluminado me passou a impressão de que é muito mais um drama familiar do que uma história de terror, assim como visto em outras obras do autor, como Cujo. Uma outra análise interessante que aconteceu foi graças ao momento infeliz que estamos vivendo, que é ter uma perspectiva nova sobre o isolamento da família Torrance, uma vez que temos passado mais tempo ainda do que eles passaram isolados com as nossas.

Sobre o livro O Iluminado

Em O Iluminado, nós temos o alcoolismo de Jack como o ponto mais forte do livro, mais até do que os fantasmas que habitam e aterrorizam o hotel Overlook. Ao mesmo tempo em que ele luta contra a vontade de beber e seus impulsos violentos, o hotel e o isolamento acabam aflorando cada vez mais esses impulsos em Jack.

É interessante ver aqui como Stephen King criou um personagem com uma complexidade interessante. Jack teve uma infância com um pai alcoólatra e violento, ele próprio tornou-se um alcoólatra na idade adulta,já agrediu seu filho, e no momento em que se passa a história de O Iluminado, está a mais de um ano sem beber pois ele ama seu filho, ama sua esposa, e esse amor que ele tem por ele é muito mais forte do que a vontade de beber.

” Seu pai…às vezes ele faz coisas de que se arrepende. às vezes, não pensa antes de agir.”

Então, em O Iluminado nós vemos um homem que quer mudar, que quer ser melhor para sua família, porém que infelizmente cai em um ambiente assombrado por fantasmas que não só querem destruir ele e sua família, como usar seu filho, Dani, para fins malignos.

” Você é iluminado, garoto. Mais do que qualquer outro que já conheci em minha vida.”

O Iluminado livro resenha stephen king

Foto: Reprodução

Danny, O Iluminado do título, é um garotinho de 5 anos, muito fofo, que possui habilidade de ler os pensamentos das pessoas e também tem algumas visões que mostram o futuro ou o que se passa em outros lugares. Desde antes de ir para o hotel, ele já sabia que o local é maligno e que não deveria estar indo para lá. Mas por causa de suas habilidades, ele tem consciência de que esse emprego é muito importante para o pai, assim como para manter a sua família unida, e acaba se permitindo ir.

Em O Iluminado também temos uma personagem feminina forte. Wendy, que coloca a proteção do seu filho acima de sua segurança e seu casamento, uma vez que ela quase se divorciou de Jack no passado. Porém, pelas tradições da época e por suas condições financeiras, ainda se manteve no casamento, e também está com a mente aberta para abraçar as mudanças positivas na personalidade de Jack, porém continua muito receosa com medo de algo acontecer com seu filho.

Também existem outros personagens secundários no livro, destaque para o cozinheiro Dick Halloran, que também é um homem iluminado e que se torna como se fosse, por breves momentos, um mentor para Danny. Para mim o único defeito de O Iluminado foi não ter mais da presença de Dick pois o negro de meia idade é um personagem muito legal, e importantíssimo tanto para a história quanto para a vida de Dani.


+++ Vilão, livro de Victoria Schwab mostra que não existem homens bons nesse jogo

+++ Serial Killers: Anatomia do Mal. Entre na mente dos psicopatas


 

O hotel e seus fantasmas funcionam como amplificador daquilo que os personagens têm de pior dentro deles mesmo. Durante a história de O Iluminado vamos descobrir mais sobre os fantasmas e sobre a história do hotel. Vai se entendendo aos poucos qual o plano do hotel. Porém, se não fosse pela estadia prolongada dos personagens no hotel e seu isolamento ali dentro, a história seria outra.

“Esse lugar desumano cria monstros humanos.”

Graças ao clima de inverno das montanhas americanas, o Overlook fica cercado por metros e metros de neve. Vamos acompanhando o frio chegar e a neve isolar completamente essa família do resto do mundo, tanto eles não podendo sair, quanto sendo extremamente difícil para que eles recebam ajuda de fora. Ainda antes de ficar cercados por neve, a família Torrance podia ir as vezes para a cidade de Sidewinder fazer compras ou ir ao médico, mas sem família ou amigos ali, ainda passavam a maior parte do tempo confinados ao hotel.

O isolamento dentro do hotel Overlook causado pela neve, porém, é a maior preocupação dos personagens de O Iluminado, pois e caso de emergência é quase impossível sair dali. Dessa forma, cada vez mais isolados, o mal que assola o hotel vai tentando se apoderar deles, e a sensação é angustiante, ainda mais após passar tantos meses em isolamento nós mesmos. Sem ver as nossas famílias, amigos, com medo do que está lá fora.

Voltando à história, o hotel e seus fantasmas tem planos para a família Torrance. Esses planos acabam fazendo com que se crie conflitos entre os personagens, e são nesses conflitos que nós vemos aflorar mais essa questão do drama familiar, do alcoolismo de Jack, das relações entre pai e filho e esposa, e o autor também explora o passado dos personagens, explicando um pouco a personalidade de cada um.

No final das contas, a história contada em O Iluminado mostra que, aquela família poderia ser qualquer uma. Afinal de contas o alcoolismo é uma doença que está presente em várias famílias não só dos Estados Unidos ou do Brasil mas em vários lugares do mundo. O próprio Stephen King por anos tratou do seu vício com álcool e drogas, então temos ali uma perspectiva do próprio autor em relação a como é essa dependência. E como essa dependência de uma pessoa afeta a família inteira.

E quantas famílias foram obrigadas a lidar com questões mais profundas pela necessidade de passar tanto tempo juntas e isoladas nesse último ano?

Foto: Filme O Iluminado, divulgação

O que achamos de O Iluminado?

Não só O Iluminado é um clássico dos livros de terror, mas também o filme é um clássico do cinema. Por isso não quero ficar aqui entrando tanto assim em pormenores da análise do livro ou da história. Apesar de muitas pessoas falarem que este não é o livro mais assustador de Stephen King, houveram vários momentos de tensão em relação aos personagens e os fantasmas do hotel. É um livros com final muito bem fechado e a tensão que vai sendo criada para chegar nesse final chega a ser palpável.

O Iluminado não é um livro para ser lido pensando que você vai levar sustos a toda hora, mas é um livro que você pode até esperar ficar bastante emocionado com a história dos personagens.

Se você tem interesse em conhecer a história, você pode estar adquirindo o livro físico ou digital aqui.

Aqui é a Liv do Resenhas Caóticas, e se você quer acompanhar mais as minhas leituras, me siga no Instagram @ResenhasCaoticas. Obrigada e até a próxima.

Gostou desse conteúdo? Então nos ajude a manter o site vivo entrando para o Odisseia Club. Seja um apoiador da Odisseia e acompanhe tudo sobre filmes, séries, games, músicas e muito mais.

 

Livia Salzani

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Livros e HQs