0

O Falsificador Mórmon é um mergulho pela história de Utah, da religião e, claro, de Mark Hoffman.

Veja os detalhes da série em formato de documentário da Netflix, incluindo enredo, trailer e quem está na produção.


A Netflix continua sua expansão com séries e documentários sobre crimes e investigações. O serviço de streaming já percebeu como esse tipo de conteúdo chama a atenção em seu catálogo e estreia agora O Falsificador Mórmon, que narra a história um dos mais notórios falsificadores da história moderna, Mark Hoffman.

A produção traça uma série de atentados mortais após movimentos de uma famosa igreja em Utah.

Mark Hofmann durante seu julgamento de assassinato em 1986.

Quem foi Mark Hoffman em O Falsificador Mórmon?

Hoffman, que por um acaso deve ser meu parente de uma linhagem bem distante, ficou conhecido por uma série de documentos e artefatos falsificados que ele vendeu para a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, também conhecido como Igreja Mórmon.

A história remonta o ano de 1980 com a falsificação da “transcrição de Anthon“, uma página de escritos “egípcios reformados” que, de acordo com os ensinamentos da Igreja Mórmon, Joseph Smith Jr. transcreveu de tábuas de ouro e usou como base para o Livro de Mórmon.

Hoffman também vendeu outros documentos falsificados controversos posteriormente. Mas a série não se concentra apenas no especialista em caligrafia, mas também na cultura de Utah e na A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

+++ 8 documentários para assistir na Netflix em Março de 2021

+++ Moxie: Quando as Garotas Vão à Luta. Saiba tudo sobre o filme da Netflix

O Falsificador Mórmon é uma série documentário da Netflix

Foto: Divulgação Netflix

Trama de O Falsificador Mórmon

Na manhã de 15 de outubro de 1985, uma bomba caseira explodiu no Judge Building no centro de Salt Lake City e matou o consultor financeiro Steve Christensen, que coletava documentos históricos.

Pouco tempo depois, uma segunda bomba explodiu em Holladay, matando Kathy Sheets, esposa do ex-chefe de Christensen. Um dia depois, uma bomba explodiu em um carro estacionado no centro de Salt Lake City, ferindo gravemente o negociante de documentos Mark Hofmann.

A série de explosões desencadeou uma investigação que durou mais de um ano e todas as conclusões estão em O Falsificador Mórmon.

Foto: Divulgação Netflix

Sinopse oficial

Salt Lake City, 1985. Uma série de bombas caseiras matam duas pessoas e fere gravemente outra, sacudindo o epicentro da Igreja SUD. Os assassinatos chocam ainda mais a comunidade quando as primeiras cartas e diários mórmons são encontrados destruídos dentro do carro da terceira vítima, Mark Hofmann, um renomado colecionador de documentos raros, incluindo a carta da Salamandra (branca) — um artefato cujo conteúdo ameaçava abalar os alicerces do mormonismo.

Enquanto Hofmann luta pela vida, investigadores correm para descobrir a verdade. Dirigido por Jared Hess (Napoleon Dynamite) e Tyler Measom (An Honest Liar), “O Falsificador Mórmon” é o primeiro olhar abrangente sobre um dos crimes mais chocantes da comunidade mórmon e sobre a mente criminosa por trás de tudo.

O “Falsificador Mórmon” é uma produção da BBC Studios. A série é dirigida por Jared Hess e Tyler Measom. A produção executiva é assinada por Joe Berlinger, Ryan O’Dowd, Jared Hess e Tyler Measom. A produção é de Jannat Gargi.

Trailer

Sobre o diretor da série

A série é dirigida por Jared Hess, que é creditado por fazer comédias como ‘Napoleon Dynamite’, ‘Nacho Libre’ e ‘Masterminds’ e Tyler Measom, e é famoso por dirigir ‘An Honest Liar’.

“Essa história, mesmo agora, ainda deixa muitas pessoas desconfortáveis”, disse o cineasta Hess. “E é porque eles realmente não sabem o que aconteceu. Eles presumem que algumas coisas ruins ocorreram, possivelmente no que se refere à sua fé, mas eles realmente não sabem”;

O Falsificador Mórmon já está disponível na Netflix

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Séries