AODISSEIA
NEWS

O bombardeio a Kevin Spacey custou US$39milhões para a Netflix

Dinheiro de pinga, perto do problema

31 de janeiro de 2018 - 09:02 - felipehoffmann

A Netflix anunciou um prejuízo de 39 milhões de dólares no último trimestre. A empresa não diz diretamente, mas especula-se que o montante é referente a todo escândalo de abusos sexuais envolvendo o ex-astro da empresa, Kevin Spacey.

O serviço de streaming disse que houve uma queda “inesperada” de dinheiro por conteúdos que decidiram descontinuar. A Netflix também não especificou quais conteúdos foram paralisados, contudo, uma fonte confiável da CNN afirmou que os projetos eram todos envolvendo Kevin Spacey.

Os escândalos relacionados ao comportamento inaceitável de Spacey surgiram em novembro de 2017, quando uma produtora assistente de House of Cards denunciou o ator e afirmou que o mesmo deixava o ambiente da série completamente tóxico.

Após apurar o caso, a Netflix cortou totalmente os laços com Spacey e resolveu encerrar House of Cards em sua sexta temporada, sem o astro, depois de ter sido temporariamente suspensa.

 

Veja Mais

A guerra mais importante da história de Hollywood

House of Cards quer terminar sua história

 

Vale lembrar que Spacey havia concluído as filmagens de Todo o Dinheiro do Mundo e, por decisão de Ridley Scott, foi totalmente retirado do filme, tendo suas cenas refilmadas e contracenadas por Christopher Plummer. Sua atuação de supetão rendeu uma nomeação a Melhor Ator pela Academia do Oscar.

O ator também não foi o único cortado dos trabalhos atribuídos pela Netflix. A empresa cancelou um stand-up de Nata

os anos 90 e início dos anos 2000.

Danny Masterson, astro de The Ranch, também foi totalmente retirado da série, após surgirem quatro acusações de estupro contra ele. E, assim como em House of Cards, a série vai retornar sem o ator.


É claro que o movimento #MeToo veio para abalar Holywood e acabar com os assédios dos astros de Los Angeles. Mas uma maneira de evitar esse tipo de prejuízo financeiro, como o da Netflix, é criar  diretrizes mais rigorosas para garantir um ambiente de trabalho mais seguro para as mulheres. E, evidentemente, não contratar mais esses predadores para nenhum trabalho daqui pra frente.

Também é óbvio que nenhuma perda monetária é maior que a dor e o medo de todas as vítimas de abusos.

E jogando a real, a Netflix ganhou demais tendo Robin Wright como a nova estrela da última temporada de House of Cards. Isso não tem preço.

 

Fonte: Mashable