Filme exibido na abertura da Mostra de São Paulo faz críticas libidinosas à hipocrisia

Filme exibido na abertura da Mostra de São Paulo faz críticas libidinosas à hipocrisia 2

Exibido na coletiva de imprensa da Mostra de São Paulo, Má Sorte No Sexo Ou Pornô Amador usa o vazamento de vídeos íntimos como ponto de partida para um estudo crítico da sociedade romena (e brasileira)


Há alguns meses, o site passou por problemas depois de publicar um texto sobre um filme da Netflix cujo o título é composto por categoria muito conhecida nos sites adultos. Não sei exatamente qual foi o problema, nem se outros sites também passaram por isso, mas o fato é que fiquei com um pé atrás quando descobri que esse filme estaria na Mostra de São Paulo.

Será que posso criar conteúdo sobre um filme que se chama “Má Sorte No Sexo Ou Pornô Amador”? Será que preciso esconder alguma palavra do texto para evitar outra treta?

E devo dizer que o início sugestivo e extremamente explícito do longa só aumentar as minhas dúvidas em torno dessa crítica. O romeno Radu Jude (Uppercase Print) leva a sério o seu título e flerta de maneira direta com a pornografia, chocando o espectador antes de revelar as raízes sarcásticas que conectam o drama, a comédia e uma série de denúncias atuais.

Filme exibido na abertura da Mostra de São Paulo faz críticas libidinosas à hipocrisia 3
Filme: Divulgação

No entanto, esse é só o ponto de partida para falar sobre uma mulher que tenta sobreviver à pandemia em um país negacionista, conservador e xenofóbico. E não, eu não estou falando do Brasil, apesar de boa parte das críticas levantadas por Jude caírem como uma luva no momento em que vivemos atualmente.

Mas qual é a história do filme Má Sorte No Sexo Ou Pornô Amador?

Emi trabalha como professora em uma escola tradicional, mas vê sua carreira e reputação serem ameaçadas após o vazamento de cenas de sexo gravadas – com consentimento – por seu marido. Nesse cenário, ela é forçada a encontrar os pais que exigem sua demissão e decidir se vai ceder à pressão deles.

Uma pressão que é abertamente alimentada por questões políticas e sociais particulares da Romênia. Um país do sudoeste que enfrentou uma ditadura comunista reconhecida pelo autoritarismo até a década de 80 e, hoje, enfrenta diversos problemas relacionados com a desigualdade social e atitudes preconceituosas contra negros, homossexuais e ciganos.

As raízes plantadas pelos políticos conservadores de centro-direita que assumiram o país a partir de 1990 são responsáveis pela maioria dessas atitudes, incluindo o negacionismo que reduziu a velocidade da campanha de vacinação romena. Não é à toa que o país está enfrentando a quarta – e pior – onda da pandemia em meio a uma grande instabilidade política.

filme exibido na Mostra de São Paulo
Filme: Divulgação

O que achamos de Má Sorte No Sexo Ou Pornô Amador?

Desde o início, Má Sorte No Sexo Ou Pornô Amador é um filme estranho. Seja pelas cenas de sexo explícito que abrem a narrativa ou pela organização em capítulos que interrompe a construção padronizada da trama com pequenas reflexões sobre política, piadas e outras palavras que fazem parte do nosso contexto social.

Ainda assim, é possível perceber, aos poucos, que existe unidade temática no trabalho de Jude. Como eu disse anteriormente, o vazamento do vídeo não passa de um ponto de partida para essa análise quase documental das crenças e atitudes que acompanham os cidadãos de bem da Romênia.

Tanto que o primeiro capítulo se concentra nas andanças casuais e aparentemente sem significado da professora. A câmera assume esse papel de documentarista – ora com distanciamento, ora com uma proximidade empática – para nos mostra a protagonista inserida na vida real ao mesmo tempo em que insere algumas pistas sobre o retrato crítico que completa o quebra-cabeça.

São velhos sem máscara em plena pandemia, pessoas que se recusam a obedecer as leis, homens e mulheres que ignoram seus próprio erros para se posicionar como seres superiores por conta de raça, sexo ou classe social. Um show de horrores que o diretor captura com doses de encenação nulas, cutucando as feridas abertas pelo fascismo.

Ninguém entende que o mundo se afunda no oceano do tempo, que é muito profundo e infestado por enormes crocodilos chamados decrepitude e morte.

Filme exibido na abertura da Mostra de São Paulo faz críticas libidinosas à hipocrisia 4
Filme: Divulgação

Uma temática que ele continua abordando no segundo capítulo (com as já citadas inserções) e na conclusão. Faz sentido dentro da exposição de hipocrisias sugerida por Jude, mas não impede a unidade estilística de sofrer um pouco com essas quebras e, principalmente, com a invasão de escolhas anteriores no futuro.

Digo isso porque as três partes são bem diferentes. A primeira tem uma pegada testemunhal, a segunda atravessa a narrativa como um estudo artístico sobre as definições nem sempre linguísticas que acompanham certas palavras, e a terceira se constrói como a encenação de um dilema ético que confronta diversos estereótipos. É o momento onde o humor ácido se levanta e o texto brilha, apesar da direção ficar dividida entre o documentário, a linguagem teatral e técnicas de zoom que parecem copiadas de The Office.

Por sorte, estou falando de instantes passageiros que não interferem na composição de uma obra que se interessa mais por reflexões do que pela formatação de uma narrativa tradicional com começo, meio e fim. Portanto, apesar dos escorregões pontuais, não existe nada mais justo do que se afastar do conservadorismo cinematográfico, entregando um filme cujos acertos estão intimamente ligados à mudança de formatos, à quebra de expectativas, aos clichês propositalmente exagerados e ao flerte com o surrealismo.

Há alguns anos, acredito que eu teria odiado Má Sorte No Sexo Ou Pornô Amador. No entanto, atualmente, dei boas risadas com o humor ácido suas tiradas que poderiam ter sido capturadas com total realismo em terras tupiniquins.


Má Sorte No Sexo Ou Pornô Amador foi conferido na coletiva de imprensa da Mostra de São Paulo 2021


Gostou do texto sobre Má Sorte No Sexo Ou Pornô Amador? Então nos ajude a manter o site vivo entrando para o Odisseia Club. Seja um apoiador da Odisseia e acompanhe tudo sobre filmes, séries, games, músicas e muito mais.

Filme exibido na abertura da Mostra de São Paulo faz críticas libidinosas à hipocrisia 5

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post
Hotel Transylvania Transformania vai estrear exclusivamente no Amazon Prime Video 9

Hotel Transylvania Transformania vai estrear exclusivamente no Amazon Prime Video

Next Post
Round 6

Round 6 | Um fenômeno marcado por críticas pertinentes e fórmulas repetitivas

Related Posts