0

Lupin finalmente estreia sua Parte 2 no catálogo da Netflix e presenteia os fãs dos livros com vários easter eggs ao longo do caminho.

Um deles é o número 813, que aparece diversas vezes durante a série e é uma ligação direta com as obras clássicas do personagem francês.


Inspirada nas histórias originais de Maurice Leblanc, Lupin se tornou uma série de sucesso da Netflix vendo seu personagem principal, Assane Diop (Omar Sy) se inspirar no ladrão da ficção para limpar o nome de seu falecido pai de um crime que ele não cometeu.

Tanto a parte um quanto a Parte 2 não são uma adaptação direta dos livros de Arsène Lupin, mas sim uma reimaginação das histórias, como bem explicou o co-criador e escritor da série, George Kay, ao RadioTimes:

“Muitos de nossas séries favoritas têm seus próprios podcast, uma base de fãs e tudo mais, e achei que seria legal se isso fosse incorporado à própria série, então fica como uma adaptação em tempo real dentro da série”.

Serie francesa Lupin estreia na Netflix com Omar Sy

Foto: Divulgação Netflix

Sobre Lupin e os livros

Como podemos perceber, a série da Netflix apresenta muitas referências às façanhas de Arsène Lupin nos livros clássicos. Por exemplo, Ganimard em Lupin é representado pelo detetive do programa Guedira (Soufiane Guerrab) que, como seu antagonista, é um policial perseguindo ‘Lupin’ alucinadamente, e que ganha o respeito de seu inimigo.

Contudo, esses easter eggs são mais sutis, como aquele que aparece já no segundo episódio da Parte 2 de Lupin, que só os grandes fãs dos livros vão perceber.


O que significa o número 813?

O número 813 aparece algumas vezes em Lupin Parte 2. Tendo arrumado o telefone de Guedira, Assane é capaz de desbloquear o dispositivo adivinhando a senha do detetive: 0813.

Quando sequestram o filho de Assane, Raoul (Etan Simon), o vilão Hubert Pellegrini (Hervé Pierre) mantém o menino preso em um quarto de hotel, também de número 813.

Ambos os casos são uma referência ao romance 813 de Maurice Leblanc, publicado originalmente em 1910 e o quarto lançamento de seu personagem, Arsène Lupin.

Até faz sentido que esse número seja o código de bloqueio do telefone de Guedira e que Assane conseguiu adivinhar, já que os dois homens haviam conversado anteriormente sobre seu afeto compartilhado pelas histórias de Lupin.

Já o quarto de hotel funciona como um aceno aos espectadores e fãs da literatura, é claro, mas dentro daquele mundo ficcional da série.

Sobre Lupin Parte 2

Após um grande sucesso de sua primeira parte na Netflix, a série retorna em sua segunda parte prometendo a mesma dinâmica e agilidade dos primeiros episódios.

Na verdade, a produção foi filmada como uma única temporada, contudo, o serviço de streaming conseguiu dividir em duas partes, assim como fez com La Casa de Papel e, recentemente, com Lucifer. É uma estratégia que se mostra assertiva, pois a série volta ainda em alta, e se perpetua por mais algum tempo entre os assuntos mais comentados do momento.

Acontece que a importância do número 813 vai ainda mais afundo do que apenas códigos de bloqueio e quartos de hotel na Parte 2 de Lupin.

A história original do livros diz respeito ao assassinato de um rico negociante de diamantes sul-africanos, chamado Rudolf Kesselbach. Quando seu cartão é encontrado todo cheio de sangue e preso ao corpo, Arsène Lupin se torna o principal suspeito da morte.

Lupin Parte 2 chega no catálogo da Netflix em junho de 2021

Foto: Divulgação Netflix

Na série, algo parecido se faz na história principal, com Arsene sendo igualmente suspeito de um assassinato que ele não cometeu, já que Pellegrini o incriminou pelo assassinato de seu capanga, Leonard (Adama Niane).

Fato é que, além de easter eggs e mensagens para os fãs dos livros, o número 813 está presente na série como um elemento chave para decifrar todos os mistérios de Lupin. Resta agora ligar a TV e curtir a Parte 2 da série.

Lupin Parte 2 está disponível na Netflix.


Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Netflix