Universo Animado da DC
0

A Liga da Justiça Sombria encerrou tudo e deixou uma pergunta no ar: qual será o futuro do Universo Animado da DC?


Liga da Justiça Sombria: Batalha de Apokalips amarra diversas pontas e encerra essa versão do Universo Animado da DC. Uma série de filmes que a gente aprendeu a amar, chegando ao ponto de afirmar que os longas live-action deveriam seguir as lições deixadas pelos desenhos. Mas e agora? O que vai acontecer com as animações da DC?


É óbvio que esse texto tem spoilers sobre o segundo filme da Liga da Justiça Sombria…


Antes de mais nada: foi o fim mesmo?

Universo Animado da DC

Quem conhece as histórias da DC, sabe que Liga da Justiça Sombria: Batalha de Apokolips se encerra com um evento catártico e bastante conclusivo.

Os heróis vencem Darkseid, mas precisam lidar com uma Terra completamente dizimado, a possibilidade de extinção causada pelo roubo do magna que fica no centro do planeta e a morte e/ou mutilação brutal de diversos personagens importantes. O Superman usa todo o seu otimismo para dizer que eles podem trabalhar juntos para reverter a situação, enquanto o Batman estima – no melhor estilo Atila Iamarino – que pelo menos um bilhão de pessoas irão morrer até as coisas voltarem ao normal.

Diante desse cenário, o britânico John Constantine pede que o Flash crie um novo Flashpoint, apoiando-se no argumento de que qualquer problema que surgir nessa nova linha temporal não será pior do que o futuro daquele universo. O velocista aceita e sai correndo em direção ao horizonte, encerrando o longa com grande clarão branco.

Mas, como algumas pessoas já sabem, essa atitude não deve gerar o final de tudo, e sim o encerramento dessa versão do universo animado da DC. Exatamente o que o roteirista Ernie Altbacker falou numa entrevista publicada pelo site CBR:

Eu acho que da maneira que terminamos é realmente um ato de equilíbrio difícil. Termina em uma nota agridoce, mas esperançosa, e vou dizer para as pessoas que estão dizendo: “Oh, cara, não vamos mais ter nada isso!”: você não está perdendo algo, está ganhando algo novo.

O Flashpoint

Universo Animado da DC

Como dissemos acima, o longa termina com o Flash viajando no tempo para salvar sua mãe e resetar o universo mais outra vez. Uma solução narrativa que já foi usada diversas vezes nos quadrinhos, nas animações e até mesmo na série de TV produzida pela CW. Mas o que isso significa?

Significa, basicamente, que o velocista escarlate voltou no tempo e criou uma linha temporal alternativa a partir do momento em que salva sua progenitora. Na história que, originalmente, dá nome a esse “poder” do personagem, o resultado é uma realidade distorcida onde o próprio Barry Allen não ganhou seus poderes, o Superman se tornou uma cobaia do governo americano, Diana conquistou o Reino Unido com seu exército de Amazonas e a Liga da Justiça não existe.

E só pra dar uma ideia da loucura: o Coringa não é o vilão que conhecemos, mas sim um codinome usado por Martha Wayne depois da morte de seu filho.

Ainda não sabemos o que essa viagem vai gerar no Universo Animado da DC, mas o campo das possibilidades está definitivamente aberto. Eles podem seguir os quadrinhos e mergulhar em efeitos mais profundos, criando essas misturas completamente novas; ou podem acompanhar a série por um caminho mais leve, sendo apenas um reboot simples e padronizado onde a única consequência relevante são filhos com sexos diferentes.

Também podem, logicamente, encontrar um meio-termo que cumpriria com precisão o pedido de Costantine: apagar as merdas deixadas por essa guerra contra Darkseid. 

Aguardamos as cenas dos próximos capítulos…

O Que está confirmado no Futuro do Universo Animado da DC?

Universo Animado da DC

Falando em próximos capítulos, vamos falar rapidamente sobre os longas que já estão confirmados.

O Superman – que já ganhou uma produção-solo com Red Son em 2020 – vai ser a estrela de Superman: Man of Tomorrow. Pouca coisa foi oficialmente liberada, mas esse pouco condiz razoavelmente com essa ideia de reboot, considerando que o longa vai ser explorar os primeiros anos do Superman através de uma história original. Ou seja, teremos uma roupagem completamente nova do Homem de Aço.

Ao mesmo tempo, o Batman deve ganhar dois filmes baseados em histórias clássicas: O Longo Dia das Bruxas (que, antes da quarentena, estava confirmado para 2021) e Morte em Família. Será que essas histórias também flertaram com mudanças em relação ao material original, como aconteceu em Batman: Silêncio, ou serão tão fiéis quanto A Piada Mortal.

A única coisa que sabemos é que o universo animado da DC não está nem perto de acabar. Vai ser renovado e modificado, mas nunca abandonado…

Flavio Pizzol
Nascido em uma galáxia muito distante, sou o construtor original dessa nave. Aquele que chegou aqui quando tudo era mato. Além disso, nas horas vagas, publicitário, crítico de cinema, aprendiz de escritor e músico de fundo de quintal. PS: Não sabe trocar a sua imagem do perfil...

Liga da Justiça Sombria: Batalha de Apokolips | Uma clímax chocante

Previous article

White Lines e o imaginário destruído como pó

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Filmes