0

Liga da Justiça Sombria se reúne e transforma a Batalha de Apokolips num incrível clímax para o universo animado da DC.


Muita gente elogiou Liga da Justiça Sombria: Batalha de Apokolips nos últimos dias. Ele estava sendo tratado como um longa épico que encerrava o universo animado da DC com chave de ouro. Mas porque a Liga da Justiça Sombria estava sendo usada pra isso? Mesmo gostando da maioria das produções animadas da DC, eu admito que tinha minhas dúvidas…

Mas agora, salvo as proporções, acho justíssimo dizer que esse filme (confira o trailer) é sim o Vingadores: Ultimato do universo animado da DC. Pode não te marcar da mesma maneira porque o apego emocional tende a ser menor com uma saga que não estreia normalmente nos cinemas nacionais, porém tem uma funções narrativas e qualidades bem similares.

Sequência direta de Liga da Justiça Sombria (2017), a produção acompanha o improvável grupo formado por Constantine, Raven, Damian Wayne, Etrigan e um Superman enfraquecido numa missão cujo objetivo é reverter as consequências de um grande ataque coordenado por Darkseid. Como o Deus criado por Jack Kirby acabou saindo vitorioso daquela batalha, eles precisam reunir diversos personagens e apostar todas as fichas em um último e mortal ataque contra Apokolips.

Liga da Justiça Sombria Apokolips

O bom roteiro escrito por Mairghread Scott (Mulher Maravilha: Linhagem de Sangue) e Ernie Altbacker (Batman: Silêncio) reúne – ou, no mínimo, faz referência – a quase todos os personagens da editora, deixam claro que conhece os poderes de cada um como a palma de sua mão, acertam ao usar a classificação etária elevada para chocar (alguns membros arrancados me fizeram pausar o filme pra ter certeza do que estava vendo) e criam ótimas reviravoltas. Em vários momentos, eu me peguei pensando qual caminho seria escolhido porque o filme estava construindo um verdadeiro mar de imprevisibilidade.

É um tal de personagem voltando quando menos se espera, universos se encontrando no meio de batalhas grandiosas e protagonistas morrendo sem nenhum aviso prévio que chega a dar água na boca. Tudo no meio de uma trama que se movimenta de maneira inteligente pelo tempo e pelo espaço.


Leia Mais

Crítica de Os Jovens Titãs em Ação!

Podcast sobre o futuro da DC fora das animações


As soluções facilitadas (e, às vezes, forçadas) atrapalham um pouco quando o terceiro ato começa a despejar reviravolta atrás de reviravolta, mas não destroem a experiência graças ao desenvolvimento pontual dos protagonistas. Inclusive, preciso deixar claro que colocar a Liga da Justiça Sombria no centro dessa história é uma sacada que renova os pontos de vista e facilita a conexão com o público. Um passo importante na hora de criar um filme que funcione independentemente, ao mesmo tempo em que amarra pontas com o objetivo de concluir o universo.

Aceito que é difícil não cair nessa armadilha com Constantine e mais uma porção de personagens míticos atuando como protagonistas, mas admito que fiquei incomodado com a maneira como a magia é transformada diversas em Deus Ex Machina. Outro possível problema é que o texto explica muito pouco, então o público precisa ter um conhecimento mínimo sobre os personagens e tais poderes pra não ficar perdido em algumas sequências.

Liga da Justiça Sombria Apokolips

Ainda assim, preciso dizer que me impressionei de uma maneira pouco comum. A animação mantém o nível técnico e visual das outras investidas que a DC fez nesse gênero, e isso é certamente algo bom. As animações da DC costumam ter qualidade acima de média que funciona como a cereja do bolo desse violento e interessante encerramento de jornada. Tenho certeza absoluta os fãs da editora vão curtir bastante Liga da Justiça Sombria: Batalha de Apokolips.

Vale a visita!


OBS 1: Eu vi o filme legendado, então não posso falar muita coisa. Porém a dublagem – sem as vozes clássicas – tem causado diversas críticas nas redes sociais.

OBS 2: Caso não tenha ficado claro no texto, Liga da Justiça Sombria é para MAIORES DE 18 ANOS. É animação, mas definitivamente não é infantil.


Gostou desse conteúdo? Então nos ajude a manter o site vivo entrando para o Odisseia Club. Seja um apoiador da Odisseia e acompanhe tudo sobre filmes, séries, games, músicas e muito mais.

product-image

Liga da Justiça Sombria: Batalha de Apokolips (2020)

9

Flavio Pizzol
Nascido em uma galáxia muito distante, sou o construtor original dessa nave. Aquele que chegou aqui quando tudo era mato. Além disso, nas horas vagas, publicitário, crítico de cinema, aprendiz de escritor e músico de fundo de quintal. PS: Não sabe trocar a sua imagem do perfil...

Sangue e Água | Conheça a série sul-africana da Netflix

Previous article

Universo Animado da DC | O Futuro depois da Batalha de Apokolips

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Filmes