0

Em painel mais rápido do que o esperado, Kevin Feige apresenta o futuro da Marvel com trailers exclusivos de Viúva Negra e Os Eternos.


É claro que Kevin Feige era uma das presenças mais esperadas dessa edição da CCXP. Não importa se essa antecipação vinha vontade de estar frente a frente com o chefão do MCU ou da esperança dele trazer alguém do elenco sem nenhum aviso prévio, mas a verdade é que uma quantidade considerável (e até mesmo surpreendente) dormiu na fila para ver apenas o tão esperado painel da Marvel.

Não vou negar que uma parcela bem grande dessa galera saiu um tanto quanto decepcionado com o tempo reduzido do painel, porém algumas pessoas podem defender que Feige usou o tempo de precisava sem ficar enrolando. Eu estou no meio termo dessa discussão, mas acho importante lembrar que ele realmente não tinha tanta coisa para apresentar. Com quatro filmes em produção até o final do ano que vem, eu chutaria que os anúncios de novos filmes que muitos jornalistas aguardavam podem ficar de fora até mesmo de San Diego em 2020.

kevin feige ccxp marvel

Além disso, vale ressaltar que, apesar do crescimento absurdo da feira, ela ainda não faz parte do calendário oficial da Marvel quando se trata de grandes anúncios. Tanto que o trailer oficial de Viúva Negra foi lançado dois dias antes do início dessa edição. Logo, a experiência final do público em relação ao painel da Marvel dependia somente do nível de expectativa criada. Lógico que o cargo de presidente da Marvel permitia que ele fizesse mais, porém os vinte minutos em que Kevin Feige permaneceu no palco foram suficientes para agradecer os brasileiros, revelar as primeiras imagens de algumas das séries do Disney+ e apresentar dois vídeos exclusivos que iremos comentar logo abaixo.

Viúva Negra

Através de um vídeo com poucas cenas repetidas do trailer oficial, Kevin Feige mostrou um pouquinho mais do que podemos esperar do filme-solo da Viúva Negra. De acordo com o que assistimos nos cinco minutos exibidos, eu chutaria uma jornada emocional motivada pela necessidade de consertar erros que alimentam alguma culpa interna. Tudo misturado, graças a Fórmula Marvel, com boas doses de comédia e ação.

Dito isso, tanto a cena exclusiva quanto o trailer parecem focar em dois elementos bem específicos. Em primeiro lugar, a sequência completa do jantar (que havia aparecido em flashes soltos no trailer oficial) deixa claro que o filme vai se apoiar no conceito de família, já que os personagens de Scarlett Johansson, Rachel Weisz, Florence Pugh e David Harbour formaram uma família falsa durante uma missão. Algo bem no estilo The Americans que certamente afetou e fortaleceu os laços entre eles, criando uma união que deve ter papel importante no longa.

Em segundo lugar, os dois materiais inéditos reúnem muitas cenas do Guardião Vermelho, personagem interpretado por Harbour que se autodenomina a versão soviética do Capitão América. Aparentemente, ele vai se dividir entre alívio cômico e peça-chave de várias cenas de ação. Quem sabe ele até permaneça no MCU, considerando que o próprio Kevin Feige afirmou que esse filme “vai nos contar mais sobre a história dela [Natasha] e ainda preparar para o futuro do MCU”. Tudo que podemos fazer é esperar até o dia 30 de abril de 2020 para descobrir.

Os Eternos

Além disso, a passagem de Kevin Feige pela CCXP foi responsável pela exibição exclusiva de um teaser de Os Eternos. Um material que, segundo ele, só havia sido exibido internamente na Marvel e que ainda não previsão de lançamento oficial. Ou seja, um conteúdo muito esperado que só quem estava dentro do auditório teve o prazer de assistir.

É verdade que, como um bom teaser inicial, o vídeo é composto basicamente por flashes contemplativos ou cortes rápidos, mas já apresenta algumas coisas que poderemos ver no longa que estreia em novembro de 2020. Mais do que isso, o material deixa claro que, mesmo girando em torno do conceito de salvar a Terra, Os Eternos vai caminhar por terrenos diferentes para falar sobre deuses e mitologias.

Uma sensação que pode ser notada justamente nos cenas repletas de contemplação ou cenários quase etéreos, no visual que inclui armaduras reluzentes dignas de combatentes épicos, nas sequências que envolvem a espiritualidade daqueles seres ou até mesmo em um imagem rápida que mostra uma espécie de dança típica de Bollywood. Esse é o contexto onde o vídeo apresenta o elenco recheado de famosos, revela que Barry Keoghan deve interpretar o vilão Druig, indica as motivações dos personagens principais e confirma (com algum destaque) que Angelina Jolie deve roubar os holofotes durante as cenas de ação.

Na verdade, ela já desponta ao lado de Richard Madden e Gemma Chan como grandes protagonistas dessa mistura louca que deve seguir/expandir os caminhos preparados por Thor: Ragnarok e Guardiões da Galáxia. Eu não espera ver o que vi e admito que fiquei um pouquinho ansioso para entender mais sobre as escolhas de Kevin Feige.


OBS 1: Eu não analiso o painel em si como decepcionante, mas tenho certeza que a experiência de dormir em uma fila mal organizada fez com que todo o sábado perdesse a força. Em outras palavras: não foi ruim, porém precisava ser muito melhor para compensar o stress que nós passamos.

Flavio Pizzol
Nascido em uma galáxia muito distante, sou o construtor original dessa nave. Aquele que chegou aqui quando tudo era mato. Além disso, nas horas vagas, publicitário, crítico de cinema, aprendiz de escritor e músico de fundo de quintal. PS: Não sabe trocar a sua imagem do perfil...

CCXP: 8 estandes para ficar de olho no futuro

Previous article

Globoplay na CCXP: Os 4 originais

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Especial