0

Hoje, o Brasil perdeu um dos seus maiores atores de todos os tempos. Interprete de personagens “felomenais”, José Wilker faleceu aos 66 anos, vítima de um infarto fulminante sofrido na casa de sua namorada atual.

O ator nasceu no Ceará, onde começou a trabalhar como locutor em rádios locais até se mudar para o Rio de Janeiro aos 19 anos. Assim se iniciava uma carreira de destaque como ator (nas mais diversas áreas e mídias), diretor, produtor e comentarista.

Esse ano, José Wilker completou 49 anos de carreira, tendo participado de 30 novelas e muitos outros seriados. Entre seus personagens mais importantes e lembrados estão Roque Santeiro, Giovanni Improtta, Juscelino Kubitschek, Luís Galvez e o inesquecível Coronel Jesuíno Mendonça, na nova versão de Gabriela, que ficou marcado pelo bordão “deite que vou lhe usar”. Também na televisão, Wilker dirigiu duas novelas e 4 séries, incluindo a icônica Sai de Baixo.

No cinema, José produziu 3 filmes, dirigiu “Giovanni Improtta”, spin-off da novela “Senhora do Destino”, e atuou em mais de 50 produções, incluindo os icônicos “Dona Flor e seus Dois Maridos”, Bye Bye Brasil” e “Bonitinha mas Ordinária”. Ainda fez parte dos elencos de grandes filmes do cinema nacional, como “Os Inconfidentes”, “Guerra de Canudos”, “O Homem do Ano” e “O Bem Amado”.

Além de uma carreira incontestável no cinema e na televisão, José Wilker construiu uma longa carreira teatral (inclusive, sua última noite vivo foi ocupada com a direção de uma peça que deve estrear em julho) e marcou presença como crítico de cinema, sendo o responsável pelos comentários da transmissão da cerimônia do Oscar na Rede Globo.

Além da já comentada peça teatral, seus últimos trabalhos foram a novela “Amor à Vida”, a narração de um quadro do Esporte Espetacular em homenagem ao piloto Ayrton Senna e os filmes “A Hora e a Vez de Augusto Matraga” e “Isolados”. Autor de bordões inesquecíveis e dono de uma voz inconfundível, José Wilker vai ficar marcado na memória do público brasileiro e na história da arte brasileira.

 

Capitão América 2 – O Soldado Invernal

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Especial