PodcastsEu Não Acredito em Nada

Eu Não Acredito em Nada 012 | A Bruxa de Blair e o found footage

found footage
0

Na décima segunda edição do “Eu Não Acredito em Nada”, comemoramos os 20 anos de “A Bruxa de Blair” e aproveitamos para falar do found footage



Assine no iTunes Ouça no Spotify | Ouça no Deezer | Assine nosso feed  |  Baixe o cast

ESTÁ NO AR mais uma edição do “Eu Não Acredito em Nada”, o podcast de terror do Odisseia. Nesta edição falamos do aniversário de 20 anos de “A Bruxa de Blair”, clássico do terror e um dos precursores de um subgênero que ficaria marcado durante muito tempo e é usado até hoje: o found footage. Também chamado de “filmagem encontrada”, o estilo é utilizado principalmente no terror devido aos baixos custos de produção e do retorno financeiro quase imediato.

Causando tensão e curiosidade, o cinema mundial tem vários exemplares que apostaram neste estilo e além de arrecadarem bastante dinheiro, foram aclamados pela crítica como o caso de R.E.C, que marca presença em várias listas de melhores filmes de terror da história. Responsável por franquias, o subgênero gerou sucesso com “Atividade Paranormal” e inspira filmes recentes, que infelizmente não possuem a mesma qualidade dos anteriores. Tendo início com o controverso “Holocausto Canibal”, se popularizou mesmo com “A Bruxa de Blair” que flertava com a realidade e se aproveitava da falta de informações da era pré-internet.

found footage

Sendo assim convidamos o amigo cineasta e defensor de “Cloverfiel”, Diego Quaglia e a editora sádica e fã de “Fenômenos Paranormais”, Anny Delfino para bater um papo sobre vários desses filmes, questionar a importância do found footage para sua época e para o terror em geral, além de discutir se o subgênero caiu ou não em desgraça, já que poucos filmes são produzidos atualmente e os que são tem uma qualidade bem duvidosa. Vem ouvir!


Conteúdos relacionados no A Odisseia:

Crítica Bruxa de Blair (2016)

Crítica A Maldição da Freira

Crítica Rua Cloverfield 10

Imagem


Quem participou desse cast:

Host/Edição | Tiago Cinéfilo @tiagocinefilo

Convidada | Anny Delfino @dy.delfino

Convidado | Diego Quaglia @diegoquaglia2


Capa| Felipe Hoffmann  | @HoffmanFelipe


CONHEÇA A ODISSEIA CLUB  – Nosso Clube de Assinatura

Esses são os apoiadores que ajudam a manter nosso site de pé:

A Odisseia
Viaje pela cultura pop

    Chernobyl é o terror da nossa história

    Previous article

    X-Men: Fênix Negra – O final mais genérico e blasé possível

    Next article

    Comments

    Leave a reply

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *