oscar 2015
2

Todo ano é o mesmo caminho: especulações, indicados, erros, acertos, favoritos, surpresas e ignorados. Esse é um post especial para prestar condolências aos filmes que não tiveram as indicações esperadas e merecidas no oscar 2015.

12) Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1

Não vi o começo do fim da saga ainda, mas já tive a oportunidade de escutar as músicas selecionadas pela cantora Lorde para a trilha e garanto que são muito boas, principalmente Yellow Flicker Beat. Não que eu discorde dos indicados na categoria de canção original (até porque todas as músicas são boas e já foram adicionadas as minhas playlists no Spotify), mas a canção foi ignorada, sendo a única chance de indicação para o longa.

11) Clint Eastwood

Coloquei o diretor como correndo por fora nas minhas apostas, mas Sniper Americano foi ganhando força na última semana e eu achei que o nome de Eastwood seria forte o bastante para lhe garantir uma indicação em Direção. Seu filme, realmente, foi uma surpresa e ganhou algumas boas vagas, mas o diretor foi esquecido. Se isso foi merecido, só o tempo dirá.

10) O Expresso do Amanhã

Esse foi um dos filmes favoritos de 2014 e eu estava torcendo para que algumas especulações se concretizassem. Mesmo com pouquíssimas chances, ele vinha sendo comentado Atriz Coadjuvante, com Tilda Swinton, e Direção de Arte. Entretanto, não deu para O Expresso do Amanhã.

9) O Abutre

Outro dos melhores de 2014, mas, ao contrário do filme anterior, O Abutre vinha crescendo nas especulações e tendo chances reais de concorrer como Melhor Filme e Ator (Jake Gyllenhaal). A categoria principal teve só 8 candidatos e excluiu esse ótimo filme, enquanto o merecedor Gyllenhaal perdeu sua vaga para um surpreendente Bradley Cooper, em sua terceira indicação consecutiva. Pelo menos, o filme conseguiu uma merecida indicação de Roteiro Original.

8) Mr. Turner

Esse é um filme que, na minha opinião, corria por fora em quase tudo, exceto em categorias técnicas. No quesito esperado, ele foi bem recebido e até ganhou mais indicações do que o previsto, mas isso não o impede de ter sido ignorado em Melhor Ator (Timothy Spall) e Roteiro Adaptado. Só perdoo porque essas categorias estavam realmente disputadas.

7) O Ano Mais Violento

Também não era um filme com muitas chances, mas o filme de JC Chandor tem sido bem recebido pela critica e podia roubar uma vaga em alguma categoria técnica. Na verdade, uma indicação para a bela Jessica Chastain era dada como certa até Streep surpreender.

6) Birdman

Birdman é um dos filmes com mais indicações e com favoritismo em algumas destas, mas ele foi sim esquecido em algumas categorias técnicas comentadas. A esnobada não foi tão grande assim, entretanto o filme podia ter entrado na competição de Trilha Sonora, Design de Produção e, principalmente, Edição.

5) Uma Aventura LEGO

Outro dos meus melhores do ano foi ignorado, mas aqui a injustiça é realmente muito grande. Como assim esse ótimo longa ficou de fora da disputa de Melhor Animação. Não tiro o mérito de Song of the Sea (que é a grande surpresa na categoria), mas Lego é um filme que surpreendeu em vários aspectos – tanto que pensada na possibilidade dele surpreender em Roteiro Original – e ainda evoluiu e muito as técnicas de animação. Imperdoável.

4) O Hobbit – A Batalha dos Cinco Exércitos

A nova trilogia da Terra Média também foi ignorada – de novo. Ano passado, A Desolação de Smaug ficou de fora de quase tudo e esperava-se que o encerramento da franquia conseguisse mais indicações. Claro que esse não se compara com O Retorno do Rei, mas vai dizer que o filme não merecia, pelo menos, ser indicado em Maquiagem, Figurino e Efeitos. Ainda bem que, diferentemente do ano passado, essas categorias tem bons representantes, entretanto ainda gostaria que o Bilbo valesse mais do que as categorias de Som.

3) Invencível

O novo filme de Angelina Jolie como diretora era um dos mais comentados durante as especulações, mas perdeu muita força depois de seu lançamento. De fato, não é um filme tão bom assim, todavia foi ignorado em categorias onde era dado como um bom candidato, entre elas a de Filme e Diretor. A única categoria que o filme mereceu ficar de fora foi Roteiro Adaptado, porque é uma das piores coisas da empreitada.

2) Garota Exemplar

Sete dos meus 10 melhores de 2014 foram indicados em alguma categoria do Oscar, inclusive Garota Exemplar que emplacou Rosamund Pike como Melhor Atriz. Todavia, esse foi um dos longas mais esnobados desse ano. Não teve votos suficientes (não concordo com esse modo de seleção, mas tudo bem) para ficar uma das vagas que sobraram em Filme e ainda ficou de fora em Direção, Roteiro Adaptado, Edição e Trilha Sonora. E eu acredito que o filme de David Fincher tinha qualidades suficientes para estar em qualquer uma delas.

1) Vício Inerente

Mas nenhum filme foi mais ignorado definitivamente foi Vício Inerente, dirigido pelo ótimo Paul Thomas Anderson, que geralmente consegue um lugarzinho no coração da academia. É verdade que esse ainda conseguiu mais indicações que Garota Exemplar (Roteiro Adaptado e Figurino), entretanto ele era comentado como possibilidade em mais categorias (Ator, Ator Coadjuvante, Fotografia, Design de Produção e Trilha) e talvez também teria cacife pra entrar em Melhor Filme e Diretor de maneira surpreendente.

Menção Honrosa: Ralph Fiennes

Ele não entrou para os esnobados oficiais, porque O Grande Hotel Budapeste foi indicado em quase todas as categorias previstas e elas eram muitas. Ainda assim, Ralph merecia uma vaguinha em uma das categorias mais disputadas do prêmio.

Invencível

Previous article

Minúsculos – O Filme

Next article

You may also like

2 Comments

  1. Festa no Céu também foi esquecido no Oscar e nessa lista pelo visto.

    1. Eu tive que escolher apenas alguns para a lista. Festa no Céu foi, de fato, esnobado, mas Princesa Kaguya também tinha boas chances. Já LEGO era favorito nas indicações e ainda era citado em outras categorias, por isso considerei que este foi mais esnobado.

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Especial