0

Encontro com Rama é um prato cheio para fãs de ficção científica.

Leia nossa crítica do livro de Arthur C. Clarke.


  • Título: Encontro com Rama
  • Autor: Arthur C. Clarke
  • Ano: 1972
  • Edição: 2020
  • Editora: Editora Aleph
  • Páginas: 288
  • Gênero: Ficção cietífica

O encontro, tão esperado e tão temido, finalmente ocorrera. A humanidade estava prestes a receber seu primeiro visitante das estrelas.

encontro com rama é um livro de Arthur C Clarke

Foto: Reprodução

Sinopse de Encontro com Rama

Após a terrível colisão de um meteorito contra o continente europeu, líderes mundiais e cientistas criaram um sistema de monitoramento para evitar que essas catástrofes voltassem a acontecer.

Quase cinquenta anos depois, a humanidade acompanha, alarmada, a chegada de um novo objeto de proporções inimagináveis que avança na direção de nosso Sol. Uma expedição é enviada para explorar o que se imagina ser um meteoro colossal, mas que se revela uma sofisticada construção, repleta de enigmas que desafiam a mente e os conceitos humanos.

Foto: Reprodução

O que achamos de Encontro com Rama

Encontro com Rama é um livro de ficção científica clássico que explora dois conceitos fundamentais do gênero: explorar teorias científicas e encantar através de um cenário colossal e tecnológico.

[..] eis que aparece um cilindro pequeno e uniforme, aumentando rapidamente a cada segundo. Quando dobrou de tamanho, ninguém mais pôde fingir que Rama era um objeto natural.

Desde o momento em que o estranho objeto é identificado como um cilindro gigante e batizado com o nome de uma divindade indu, até as finais etapas do Encontro com Rama propriamente dito, o livro apresenta surpresas em cada capítulo. Arthur C. Clarke é de uma época em que o gênero da ficção científica já estava mais consolidado, mas que os autores se preocupavam ainda bastante em explorar as questões como a ascensão da tecnologia, corrida espacial e genética, e são alguns dos temas que o livro aborda, mais do que uma trama complicada.


+++ Mindhunter: A história do primeiro caçador de serial killers

Arthur C. Clarke

Através da tecnologia, a humanidade já passa a colonizar alguns planetas e luas do sistema solar, e cada governo tem um acento na União. Além do mais, desenvolveram um sistema para rastreamento de meteoros, podendo se livrar com antecedência dessas ameaças com armas atômicas, bem à lá Armageddon. Encontro com Rama também mostra como a genética melhorou em alguns aspectos, com a nave Endeavour contando com símios geneticamente modificados para executar as tarefas mais simples. Por fim, a própria sociedade está modificada, onde pessoas podem ter mais de uma família em casamentos legalizados com mais de uma pessoa, e famílias em planetas diferentes.

A tripulação da Endeavour, ao pousar em Rama, se depara com um objeto de tão grandes proporções que parece um mundo novo. Dentro de Rama, não há nenhuma luz, e eles vão descobrindo aos poucos a enormidade do que estão lidando. A maior graça do livro está dentro desse cenário. O encontro com Rama vai sendo descrito a cada página com uma narrativa quase poética. Criando um cenário de tirar o fôlego, que não só foi feito para impressionar, mas para que os cientistas tentem desvendar quem ou o quê o criou, e o que essa nave gigantesca está fazendo no nosso sistema solar.


+++ A Parábola do Semeador: Leia a resenha do livro de Octavia E. Butler

Foto: Resenhas Caóticas

Encontro com a Rama vale a pena?

A obra foi escrita em terceira pessoa, e os capítulos se passam não só dentro de Rama, mas também em cenas de reuniões online entre os líderes planetários e cientistas, que tomam decisões a partir das descobertas da Endeavor, assim como a partir dos dados da tripulação tentam entender melhor a função desse objeto aqui. Essas reuniões abrem uma brecha para o autor fazer críticas a um sistema burocrático para tomada de decisões que parece mesmo não ter fim.

Mesmo no século 22, ainda não haviam descoberto um modo de evitar que cientistas idosos e conservadores ocupassem cargos administrativos cruciais.

Um prato cheio para fãs de ciência e do gênero de ficção científica, recomendo a leitura de Encontro com Rama também para quem quer começar a se aventurar no gênero, por ser um livro leve e de leitura muito fácil.

…Mas pelo menos temos a resposta a uma velha pergunta. Não estamos sozinhos. As estrelas nunca mais serão as mesmas para nós.

Aqui é a Liv do Resenhas Caóticas, e se você quer acompanhar mais as minhas leituras, me siga no Instagram @ResenhasCaoticas. Obrigada e até a próxima.
Livia Salzani

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Livros e HQs