emmy 2019
0

Confira as surpresas e os esnobados do Emmy 2019, a maior premiação da TV. Fique ligado em quem foi rejeitado pela premiação.

Saíram os indicados ao Emmy 2019, a maior premiação da TV será realizada no dia 22 de setembro no Microsoft Theater em Los Angeles. A 71º edição gera muita comemoração dos indicados, mas também muitas decepções com aqueles que ficaram de fora, sem contar as surpresas inesperadas.

Apesar da individualidade dos comentários após os anunciados, alguns foram unânimes em uníssono, principalmente porque muitas séries e atuações maravilhosas ficaram de fora. Vale ressaltar que mesmo assim, existem coisas positivas, como o fato de mais da metade das comédias indicadas (particularmente superando as categorias de drama), serem estreladas ou criadas por mulheres.

Sem mais delongas, vamos chorar as pitangas e se você acha que a lista poderia ter mais nomes, deixe nos comentários.

SURPRESAS

 

As 32 indicações de Game of Thrones

emmy

A última temporada de um dos maiores fenômenos da TV e a série de drama que mais venceu o Emmy Awards não poderia ficar de fora. Mas as críticas negativas a última temporada, diminuíram as expectativas, e acabou impressionando com suas 32 indicações. Além disso, a série teve nomeações em roteiro e direção (principais alvos das críticas) e as medianas atuações de Kit Harington e Emilia Clarke também entraram no páreo. De bom mesmo só as indicações de Gwendoline Christie (Brienne) e Alfie Allen (Theon) que vinham merecendo há um tempo.

 

A comédia Schitt’s Creek

Mesmo aclamada pela crítica, a série canadense não esperava indicações, principalmente nas categorias principais, além do fato de já estar em seu 5º ano.

 

ESNOBADOS

 

As mulheres de Pose

emmy 2019

Apesar de merecidamente indicada nas categorias de melhor drama e ator para Billy Porter, a melhor série de Ryan Murphy não conseguiu abocanhar nenhuma indicação nas categorias femininas, e olha que a série é protagonizada por 5 mulheres, todas transexuais e a maioria delas negras. Viola Davis por exemplo, continua sendo a única mulher negra indicada nas categorias de atuação e seu discurso sobre oportunidades faz total sentido aqui. Apesar das mudanças, muito ainda precisa ser feito.

 

A Maldição da Residência Hill

Sem dúvida umas das maiores injustiças recentes do Emmy. O terror da Netflix e de Mike Flanagan não levou nenhuma indicação em seu ano de estreia, nem mesmo nas categorias técnicas, onde o elogiado episódio em plano sequência “Two Storms”, poderia ser lembrado em melhor direção. É inegável o preconceito que os votantes tem com séries do gênero, mas American Horror Story figura todas os anos com pelo menos uma indicação, em 2019 por exemplo, a pequena participação de Jessica Lange foi lembrada em Apocalypse.

 

Better Things

A série de Pamela Adlon sofreu devido o escândalo com um dos principais nomes de seus bastidores, Louis C.K. Mesmo assim deu a volta por cima e entregou uma terceira temporada incrível, a altura de uma comédia maternal e mórbida, com todos os episódios dirigidos pela própria Adlon.

 

One Day At a Time

emmy 2019

Cancelada pela Netflix e resgatada pelo Pop TV, a comédia latina poderia muito bem figurar entre as indicadas após um terceiro ano sólido e que abordou questões importantes.

 

The Deuce

A HBO é a recordista no quesito indicações, mas algumas séries parecem não cair nas graças da TV Academy. The Leftovers foi uma delas, ao acabar com inúmeras críticas positivas e não ser reconhecida. A próxima a seguir o mesmo caminho parece ser a excelente série de David Simon e George Pelecanos (“The Wire”), com 2 temporadas divinas e prestes a chegar na derradeira sem nenhuma indicação.

 

The Other Two

Queridinha dos críticos, a comédia de Chris Kelly e Sarah Schneider até foi bastante mencionada em várias listas de previsões, mas foi esquecida no churrasco.

 

Sex Education

Uma das melhores comédias do ano, a série britânica da Netflix tinha tudo para abocanhar as premiações, trazendo nomes de peso como Gillian Anderson e Asa Butterfield, mas infelizmente também foi esquecida no chá da tarde.

 

Homecoming

Sam Esmail (Mr. Robot) parece não ser mais tão queridinho assim e sua nova série ficou de fora do páreo, mesmo trazendo Julia Roberts como protagonista.

 

The Good Fight

Idolatrada por muitos, além dos fãs da série mãe “The Good Wife”, o spin off de Robert e Michelle King tem 3 temporadas excelentes, mas que também não foram lembradas.

Tiago Cinéfilo
Estudante de Comunicação e editor deste site. Criador, podcaster e editor do "Eu Não Acredito em Nada", o podcast de terror da Odisseia.

Aruanas – Uma novela “das onze” muito bem produzida

Previous article

Eu Não Acredito em Nada 013 | DARK

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Especial