0

Elysium é a continuação do diretor Neill Blomkamp para o filme Distrito 9, que estreou em 2013 ao redor do mundo e levou Wagner Moura a um outro patamar de destaque nos filmes de Hollywood. Deixando de ser apenas um rosto conhecido por poucos, para se tornar uma importante peça dentro de um blockbuster americano.

Elysium guarda algumas surpresas e aqui estão 7 curiosidades que você deveria saber sobre o filme:

1. O filme se passa em 2154

No filme, uns vivem em uma Terra poluída e superlotada, enquanto os outros vivem em uma estação espacial idílica chamada Elysium, onde não há doença ou pobreza. Quando Max, um terráqueo operário com um passado criminoso, sofre um acidente de trabalho que lhe dá apenas cinco dias de vida, seu maior objetivo é chegar em Elysium para ser curado.

A disparidade que Blomkamp retrata em Elysium não está tão longe da realidade assim. Muitas cidades ao redor do mundo têm bolsões de riqueza cercados por favelas e, segundo o diretor tudo só vai piorar daqui algumas décadas

Sua visão da Terra é “um retrocesso total, em comparação com o lugar para onde as pessoas pensam que estão indo”, disse ele ao io9. “É apenas uma visão distópica, mas apoiada em fatos que ocorrem atualmente. É pra lá que estamos indo”, completou.

Wagner Moura no filme Elysium

Divulgação: 2011 Columbia TriStar Marketing Group, Inc.

+++ CRÍTICA: O Dilema das Redes é um problema sem solução
+++ Confira a timeline dos eventos reais do filme Os 7 de Chicago

2. Elysium usou os quadrinhos como referência

A maioria de seus filmes em Hollywood começa com um conceito visual apoiado nos storyboards, mas Elysium foi um pouco mais além do que simples traços.

“Foi absolutamente incrível”, disse Damon à Wired. O livro apresentava não apenas ilustrações detalhadas do universo do filme, com suas armas e tecnologia, mas também como Blomkamp queria que Max fosse. “Neill era muito específico. Ele realmente tinha um imagem com o meu rosto pregado na parede”, disse o ator à Variety. Tirar aquele visual musculoso também não foi nada fácil. “Eles literalmente contrataram um personal e eu fui até ele com a imagem do filme que queria. Passava quatro horas por dia na academia, e não tenho mais 26 anos, mas entrei em forma”, disse, sorridente.

3. Matt Damon não foi a primeira escolha do filme

Primeiramente, Neil Blomkamp tentou contratar o Ninja do grupo musical sul-africano Die Antwoord, que recusou porque, de acordo com a Wired , ele “não queria que seu primeiro papel no cinema fosse um personagem com sotaque americano em um filme blockbustar”.

Em seguida, o diretor foi até Eminem, que até se interessou pelo papel, mas apenas se o filme fosse rodado em Detroit, o que acabou não acontecendo.

Então, finalmente em 2010 o diretor escalou Damon, que disse à MTV que não se importava em ser o terceiro na fila para o papel. “Eu acabei de descobrir sobre o Eminem porque li em algum lugar”, disse ele. “É o tipo de coisa como perguntar à sua namorada sobre ex-namorados. Você não quer saber, e isso não afeta o seu relacionamento. Você apenas faz o seu trabalho sem se importar com o passado”.

4. O set em Los Angeles foi o segundo maior depósito de lixo do mundo

Soundstages em Vancouver serviram como cenário para Elysium, mas para criar a visão do diretor de uma Los Angeles distópica no ano de 2154, a equipe filmou por duas semanas em um lixão na Cidade do México, que Damon disse ter sido as duas semanas mais difíceis de sua carreira. Tudo porque a poeira levantada pela produção na verdade não era poeira. Era matéria fecal.

“Tínhamos que, literalmente, comer merda”, disse ele. “Explicaram para gente que, como qualquer lixeira em qualquer lugar do mundo, a poeira é composta em grande parte por material fecal. Então, no final de cada dia, conforme limpávamos essas coisas, estávamos basicamente jogando essas toalhas nojentas cheias de cocô no lixo. “Enquanto isso acontecia, durante uma sequência, o dublê de Damon ficou encharcado de urina de porco.

De acordo com o  LA Times, as condições eram tão tóxicas que a certa altura a produção teve que raspar a camada superior de lodo e substituí-la por lixo, e a equipe teve que passar por uma zona de desinfecção antes de cada refeição.

As filmagens na Cidade do México também exigiram maior segurança. “Eu fiz um reconhecimento muito específico das áreas porque queria que fossem o mais degradadas possível”, disse Blomkamp àEsquire.

“Essa foi a única apreensão de Matt, a segurança na Cidade do México. Ele é muito brincalhão, mas existia um medo real de sequestro, e com ele é diferente do que é comigo ou com você. Ele é reconhecido internacionalmente. As pessoas sabem que ele está no país. Tivemos que contratar uma empresa de segurança particular para as filmagens na região. Nossos seguranças percorriam diferentes rotas para o set de manhã, faziam o reconhecimento, garantiam que havia rotas de entrada e saída em todos os lugares que íamos”.

Divulgação: 2012 Columbia TriStar Marketing Group, Inc.

5. Syd Mead projetou alguns a ideia de Elysium

Blomkamp é um grande fã do designer futurista Syd Mead, cujo trabalho você pode reconhecer de filmes como Blade Runner, Tron e Aliens. Então ele pediu a Mead que ajudasse com o Elysium.

“Eu fiz uma renderização para a National Geographic sobre viagens espaciais e o futuro”, disse Mead a Vulture. “Um deles era sobre uma visão dentro de um tipo de mundo ‘toro’. Eu chamo de perspectiva inversa porque o plano do solo sobe e desaparece de vista, sobe até o teto. Ele viu aquela representação anos atrás e isso o fascinou. Elysium é um dos poucos, ou únicos filmes, com essa perspectiva invertida”. Os dois se encontraram em Vancouver, e Mead assinou contrato para ajudar a projetar as salas de instruções e controle da estação espacial.

6. Weta Workshop criou as armas do filme

De AK-47s futuristas a dróides mortais, todas as armas de Elysium foram totalmente criadas do zero. De acordo com a Wired, eles foram projetados durante um ano inteiro entre a empresa de efeitos especiais Weta, o diretor Blomkamp e o artista conceitual Doug Williams.

Em uma coletiva de imprensa durante a San Diego Comic Con de 2012, Damon disse que “Neil e os caras da Weta Workshop vieram com todas essas coisas, eles fizeram funcionar, fizeram sentido, todas essas armas. Você via esses caras com baterias, armas realmente nojentas que não existem no mundo em que vivemos, mas você compra a ideia totalmente quando as vê. Só de vê-las no set, você diria: ‘Isso parece uma arma terrível que alguém está usando para inventar algum dia'”, completou.

A empresa também construiu o exoesqueleto que o personagem de Damon usa. “Eles fizeram um trabalho muito bom”, disse ele ao Huffington Post. O traje usado no filme exigiu oito meses de pesquisa e desenvolvimento e 75 revisões apenas para finalizar a parte design.

7. O projeto da estação espacial de Elysium é baseado em ideias reais

Especificamente, um projeto chamado Stanford Torus, proposto pela NASA em 1975. Os cientistas imaginaram um anel em forma de donut com mais de um quilômetro de diâmetro que giraria uma vez por minuto para criar gravidade artificial no interior do anel por meio da força centrífuga e manter 10.000 pessoas lá dentro.

E seria construído com materiais da lua.

Mas embora seu design seja cientificamente preciso, Blomkamp admite que a maneira como ele imagina que Elysium teria sido construída não é tão real assim. “Elysium é Bel-Air no Espaço”, disse ele ao io9.

“A sátira sombria de construir uma mansão no espaço não é cientificamente plausível, mas é incrivelmente engraçada”, concluiu o diretor.

Com informações de MentalFloss.com

 

Ver essa foto no Instagram

 

Em alguns casos o tempo faz tão bem né 😂😅 . #atores #atrizes #hollywood #antesdafama

Uma publicação compartilhada por A Odisseia – Cultura Pop (@aodisseia) em

Gostou desse conteúdo? Então nos ajude a manter o site vivo entrando para o Odisseia Club. Seja um apoiador da Odisseia e acompanhe tudo sobre filmes, séries, games, músicas e muito mais.

Mostra de São Paulo 2020 | Confira os filmes e a programação completa do evento

Previous article

Eu Não Acredito Em Nada 027 | A Maldição da Mansão Bly

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Filmes