0

Dua Lipa volta quebrando tudo com Future Nostalgia


O que dizer desse álbum novo de Dua Lipa que foi liberado antes da data planejada e já considero pacas? É isso amigos, estamos falando de Future Nostalgia

Future Nolstagia Dua Lipa

Quando lançou o seu primeiro disco em 2017, Dua Lipa mostrou que não era apenas mais uma cantora pop quando nos apresentou músicas como IDGAF, Bad Together e New Rules considerada referência musical quando se trata do empoderamento feminino. Anos depois, Future Nostalgia, que teve seu lançamento antecipado em uma semana da data programada, Dua Lipa nos faz passear pelos embalos dos anos 70 e 80 misturados a elementos futuristas que dão todo o charme do disco. A cantora justificou a decisão de antecipar o lançamento do disco dizendo que queria dar um pouco de alegria aos fãs em tempos de pandemia e isolamento social.


LEIA MAIS
+++ Pablo Vittar (111) é a pura metalinguagem
+++ Você já assistiu Milagre na Cela 7?
+++ Veja o trailer de Valéria, nova série da Netflix

Desde que lançou o single Don’t Start Now era fácil perceber como seria a dinâmica de seu álbum Future Nostalgia. Bem dançante e que nos joga para dentro de uma discoteca dos anos 80, Dua Lipa trouxe em seu disco um pop-funk mais sofisticado e deixando em evidência a sua inspiração em Kylie Minogue e Madonna. A segunda faixa do álbum é Cool, que tem a letra em parceria com cantora Tove Lo e produção de Stuart Price, nos remete a uma vibe mais puxada para The Killers, mas essa sensação logo passa quando escutamos a voz mais grave de Dua Lipa acompanhada de sintetizadores mais leves e limpos. 

No ritmo dançante de clubes dos anos 80 e 90, Dua Lipa se mostrou ainda mais adepta do pop retrô e com vários elementos que nos fazem querer correr para a pista de dança. A faixa Physical é a prova disso, pois é dançante e ainda nos faz viajar para os tempos de Flashdance (1983), quando Jennifer Beals dançava ao som de Maniac de Michael Sembello. Já pode colocar a polaina e mexer a raba, porque essa música é tudo. 

Seguindo uma linha ainda mais agitada, Levitating também tem a produção de Stuart Price traz uma mistura de arranjos pausados, palmas, vocais de apoio (gravados pela própria Dua) e pode facilmente ser considerada a favorita do álbum por muitos. Pretty Please é a faixa seguinte e, de cara, nós já percebemos a contribuição de Julia Michaels na composição (sim, ela também é a co-criadora de Make me Feel de Janelle Monaé, Hands To Myself de Selena Gomez, Sorry de Justin Bieber) e claramente pode ser usada para mandar um “Oi, sumidx” pra aquela @.

Com uma mistura de referências como Madonna e Lady Gaga, Hallucinate é dançante em um nível, que a coreografia já vem toda pronta desde os primeiros segundos de música é só dar o play e sair dançando. Em Love Again, Dua Lipa segue tentando não dar moral para o amor, fugindo dos embustes, evitando se apaixonar e…acaba falhando. Se você está afim de chorar enquanto dança, a faixa Break My Heart além de utilizar um sample de Need You Tonight, da banda australiana INXS, é a canção que recebe o título de mais a dramática. 

Sobre a faixa Good in Bed nem precisa dizer do que se trata, não é mesmo? Aqui temos Lipa mais pra frentex e muito bem resolvida quando diz: “É ruim. Nós nos deixamos loucos. Isso pode ser meio triste, mas eu acho que é isso que nos torna bons na cama”, o famoso “é ruim, mas é bom”. Chegamos na última faixa do disco e podemos considerar Boy Will Be Boys a mais lenta, sendo a canção que fecha com chave de ouro por conta do belíssimo arranjo orquestrado, coral, uma letra que é irônica, direta e dá o seu recado “Garotos serão, garotos serão garotos. Mas as garotas serão mulheres”.  

Dua Lipa já mandou o recado, agora é dar o play em Future Nostalgia e dançar como se não houvesse amanhã.


Acompanhe nossa categoria de músicas para não perder nenhum lançamento do mundo sonoro!

Siga A Odisseia no Twitter, Facebook e Instagram

Nada Ortodoxa mostra que a religião é uma verdadeira prisão a céu aberto

Previous article

Teatro na Quarentena? TEMOS!

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Músicas