AODISSEIA
Podseia

DROPSEIA 009: A Hora e a Vez dos Quadrinhos Nacionais

Nossas dicas de algumas obras cbrasileiras que merecem sua sua atenção!

28 de fevereiro de 2019 - 10:57 - Flávio Pizzol


Assine no iTunes  |  Assine nosso feed  |  Baixe o cast


A eterna disputa entre Marvel e DC, as brincadeiras simples da Turma da Mônica, as adaptações inesperadas de clássicos literários ou as tirinhas que saem quase sempre nos jornais. Coisas comuns do nosso dia-a-dia que fazem parte não só do Dropseia dessa semana ou da cultura pop, como da vida de boa parte dos seres humanos há algum tempo. Coisas que muitas vezes passam despercebidas, mas pare pra pensar por um instante: você conhece alguém que nunca ouviu falar em histórias em quadrinhos? No Batman? Ou, pensando em algo puramente brasileiro, na Turma da Mônica?

Eu duvido muito, porque a nona arte – ou HQ’s para os íntimos – está inserida na sociedade de uma maneira que vai muito além do nerd. E esse poder só aumentou nos últimos anos, acompanhando desde o sucesso das adaptações cinematográficas até o crescimento de eventos, como a CCXP, que dão espaço para os quadrinistas brilharem. O resultado é um mercado fomentado que tem investido cada vez mais em novos formatos, temas e formas de leitura.

 

Imagem de 6 Sapos – Gustavo Borges e Cris Peter

 

E, por mais que o público nerd ame esse processo de descoberta, é perceptível que muita gente ainda tem certo receio, principalmente quando se trata de publicações que fogem do convencional. Juntando essa sensação com a síndrome de vira-lata que parece nascer com todo brasileiro, o que temos é uma quantidade gigantescas de obras maravilhosas completamente desconhecidas. Quadrinhos com sangue verde e amarelo que merecem ser divulgadas de todas as maneiras possíveis.

E aproveitando a celebração do Dia do Quadrinho Nacional no final de janeiro, a nona edição do Dropseia reúne parte do nosso cast fixo (não, o Will não é mais convidado…) para dar algumas dicas de obras nacionais que merecem ser lidas, enquanto conversamos um pouquinho sobre a CCXP, o mercado, autógrafos e artistas super talentosos.


Compre os quadrinhos citados no Dropseia 009:

Chico Bento: Arvorada – Orlandeli

O Sinal – Orlandeli

Jeremias: Pele – Rafael Calça e Jefferson Costa

Recuperação – Gustavo Borges

Bilhetes – Marcelo Marchi, Jean Diaz et al.

Dona Anésia – Will Leite

Pétalas – Gustavo Borges e Cris Peter

Escolhas – Felipe Cagno, Gustavo Borges e Cris Peter

Reparos – Brão Barbosa

OBS: O site do autor disponibiliza outro formatos, como PDF, e ainda inclui um trecho da minha crítica…

A Última Bailarina e Leo – Guilherme de Sousa

Últimos Deuses – Eric Peleias

Eight – Rafael Albuquerque e Mike Johnson

Atômica: A Cidade Mais Fria – Antony Johnston e Sam Hart


Textos relacionados no A Odisseia:

PODSEIA 022 – É Artist’s Alley ou Beco dos Artistas?

Crítica de Jeremias – Pele

Crítica de Escolhas

Crítica de Reparos


Textos Relacionados no Geek Guia:

Entrevista com Paula Zanotelli

Entrevista com Guilherme de Sousa

Crítica de Cebolinha – Recuperação

Crítica de Anésia

Crítica de Pétalas

Crítica de Escolhas

Entrevista com Mauro Vila Real


Quem  participou desse cast:


Flávio Pizzol | @pizzolguto

Willian Weber | @LiloWeber