Deadpool
0

Confira algumas curiosidades iradas sobre Deadpool e se prepare para a Tela Quente dessa semana


Deadpool foi um sucesso absoluto desde o momento em que um trecho do longa foi supostamente vazado. O vídeo viralizou, o marketing deixou todo mundo em êxtase e a chegada aos cinema colocou o filme entre…

Mas isso todo mundo já sabe…

Cola aqui que a gente separou 12 curiosidades que você não sabia sobre esse filmaço que vai passar na Tela Quente dessa semana.


Uma homenagem ao Dopinder

Durante uma palestra no Google, Ryan Reynolds revelou que o taxista Dopinder foi batizado com esse nome em homenagem a “um cara muito legal” que ele conheceu na escola primária.

O Dopinder real morreu ao ser atingido por um raio e, por isso, Reynolds decidiu honrar sua memória no longa.

Versão musculosa do Deadpool

Originalmente, o traje do Deadpool tinha uma camada muscular por baixo, mas ela teve que ser removida. Ryan Reynolds estava tão musculoso que gerou dois problemas: o figurino ficou apertado e o deixou com uma aparência “grande demais”.

Era um visual muito próximo de uma versão mais bombada que já fez sucesso no quadrinhos, mas não funcionava bem nas câmeras.

Deadpool

GIF: ArtStation

A visita ao pequeno Connor McGrath

Por meio da Fumdação Make-A-Wish, Connor McGrath, um fã de 13 anos com doença terminal que morava na cidade canadense de Edmonton, pediu para comparecer ao evento especial de Deadpool (2016) em janeiro (uma das duas exibições especiais realizadas para os fãs em Nova York e Los Angeles).

Ele não fazer a viagem, devido à gravidade de sua doença, mas Ryan Reynolds ouviu a história, viajou para Edmonton e o surpreendeu com uma exibição particular do filme. Segundo Reynolds, o menino foi a primeira pessoa a ver o filme.

Os dois mantiveram contato até a morte de Connor, que infelizmente aconteceu apenas alguns meses depois.

Pagando os roteiristas

Quando a 20th Century Fox se recusou a pagar aos roteiristas do filme – a dupla Rhett Reese e Paul Wernick (Zumbilândia) – pela contribuição no set, Ryan Reynolds não aceitou. Ele fez um pagamento do próprio bolso para garantir eles acompanhassem as filmagens do filme.

Nas palavras de Reese:

Nós estávamos lá todos os dias. Curiosamente, Ryan queria que estivéssemos lá, porque fizemos parte do projeto por seis anos. Era realmente uma equipe criativa central composta por nós, Ryan, e o diretor Tim Miller”

E caso você ainda duvide da importância de Reynolds na criação do texto, fique sabendo que foi dele a ideia de adicionar, de alguma maneira, a canção Angel Of The Morning, de Juice Newton, ao longa. Por um acaso do destino, ela se tornou a canção dos créditos de abertura.

Negasonic Modificada

Em uma entrevista, o mesmo Rhett Reese afirmou que Negasonic Teenage Warhead não estava nos planos deles desde o início. Outros X-Men, como o Míssil, foram considerados, mas eventualmente descartados. No fim das contas, eles usaram a Negasonic porque ‘gostaram mais do nome dela’.

Inclusive, nos quadrinhos, ela é uma mutante com poderes telepáticos. Suas habilidades foram alteradas para o filme, porque os roteiristas pensaram que poderes explosivos combinavam mais com seu nome.

Deadpool

GIF: DigitalSpy

Maquiagem do bem

A maquiagem de corpo inteiro que Ryan Reynolds usava em certas cenas demorava oito horas para ser aplicada. Isso significava acordar de madrugada para que as filmagem em si não atrasasse.

O problema é que, uma vez maquiado, ele não conseguia mais se sentar ou deitar. Ou seja, precisava ficar em pé, esperando, até o fim da diária.

Uma porrada de referências

Em uma entrevista, Ryan Reynolds disse que Deadpool possui mais de cem referências espalhadas pela tela. Isso inclui easter eggs, participações especiais e citações à cultura pop e/ou sucessos diretos em outros filmes da Marvel.

Pode ser uma brincadeira do ator, mas também não é um número tão estranho assim. Principalmente se levaremos em conta a maneira como o longa brinca com tudo e todos na maior parte do tempo.

Abertura insana

Os créditos de abertura eram “mais normais” nas primeiras versões de Deadpool, mas Tim Miller achou os títulos de paródia engraçados o suficiente para colocar no filme.

Como um bônus, já que não havia nomes reais na sequência, os produtores se livraram de obedecer as regras que o sindicato impõe sobre os créditos da equipe e dos atores.

Dirty Harry

Os cinéfilos que reconheceram o nome Deadpool de algum lugar podem comemorar, porque Rob Liefeld, o criador do personagem, já admitiu que tirou a ideia do último filme da franquia Dirty Harry.

O longa de 1988 foi traduzido como Dirty Harry na Lista Negra, mas, em inglês, se chama apenas The Dead Pool.

Deadpool

GIF: WiffleGif

Proibido na China

A China se recusou a conceder um certificado para que Deadpool pudesse ser exibido no país.

Isso geralmente acontece com filmes americanos que apresentam versões deturpadas de personagens e/ou histórias chinesas, porém esse não foi o fator que prejudicou Deadpool. Nesse caso, o longa foi censurado por conta da grande quantidade de violência extrema, palavrões e sexo.

Os censores chineses até consideraram a possibilidade de editar o filme, mas decidiram que os cortes necessários tornariam o todo incompreensível. Logo, decidiram proibir a exibição dele nos cinemas chineses.

Castelo reciclado

O castelo usado como cenário pra escola Xavier em Deadpool é bem conhecido em Hollywood. Além do longa, ele já foi usado anteriormente em produções como Smallville, Descendentes (produção da Disney sobre os filhos de seus vilões clássicos) e Arrow.

Piadas cortadas

Todos os envolvidos no longa garantiram que o estúdio ofereceu liberdade plena para a produção, mas isso não impediu que algumas piadas fossem cortadas.

Uma delas revelava que a máscara do Deadpool era, na verdade, uma máscara de Homem-Aranha virada do avesso. É provável que o momento tenha sido cortado para evitar problemas com os direitos do Amigão da vizinhança, afinal eles eram uma propriedade da Sony.

Outra piada cortada mostrava Wade e os outros clientes do bar apostando dinheiro em como Amy Winehouse morreria. Obviamente, a cena foi cortada porque a cantora realmente morreu após a finalização do roteiro. Um pequeno detalhe que tornaria tudo irrelevante e bastante insensível.


* Com informações retiradas do IMDB.


Deadpool será exibido na Tela Quente do dia 15 de fevereiro.


Gostou desse conteúdo? Então nos ajude a manter o site vivo entrando para o Odisseia Club. Seja um apoiador da Odisseia e acompanhe tudo sobre filmes, séries, games, músicas e muito mais.

Flavio Pizzol
Nascido em uma galáxia muito distante, sou o construtor original dessa nave. Aquele que chegou aqui quando tudo era mato. Além disso, nas horas vagas, publicitário, crítico de cinema, aprendiz de escritor e músico de fundo de quintal. PS: Não sabe trocar a sua imagem do perfil...

Amor² | Tudo o que você precisa saber sobre o filme da Netflix

Previous article

Pit Stop | Conheça a série com Kevin James na Netflix

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Filmes