0

O drama sérvio, “Você Tem a Noite” é um relato duro e seco sobre habitantes sem esperança, que na verdade não tem nada…

É muito fácil relacionar a realidade brasileira atual com este filme. “Você Tem a Noite” (Ti Imas Noc), fala sobre inúmeras pessoas que ficam desempregadas e perdem completamente o chão. Não há o que fazer, nem para onde ir, muito menos com quem achar um conforto. No filme, Sanja (Ivana Vukovic) trabalha em um navio. Quando o estaleiro vai a falência, ela fica perdida e vaga por uma cidade repleta de barcos parados. A noite é o único momento em que ela tem um pouco de felicidade, mas isso é relativo se tratando de algo tão duro como a vida.

Calmo como o mar, o filme de Ivan Salatic, unido ao trabalho de Ivan Markovic, tem um fotografia fria, quase melancólica. Cercada por homens com atitudes duvidosas, Sanja fica inerte em meio ao caos que toma sua vida. O sofrimento aumenta a medida em que não encontra uma saída para o problema financeiro que atinge outras áreas da vida. Somos inseridos em uma viagem por sua cidade, onde parece não haver mais vida, e portanto também não gera nosso interesse.

Não há conexão entre os diálogos e tudo é avulso. O som do vento e do mar ajudam a trazer um sentimento de poesia, que é bastante usada nas relações feitas entre a juventude e a velhice. A tentativa de sobrevivência de todos a sua volta é potencializada com uma tragédia que vem junto com uma tempestade, afinal não dá para ser mais claro e previsível que isso. A situação de miséria e desconforto são jogadas em grandes doses, mas será que nos importamos o suficiente com os personagens?

Diferente do título, “Você Tem a Noite” mostra que todos, na verdade, não possuem nada além de seus pensamentos. O pôr do sol devia acalentar aquele lugar, mas o que se vê é uma sociedade desanimada e politicamente conturbada. O fracasso de Sanja se conecta com o da cidade. Já o destino de seus amigos que chegam tão rápido quanto se vão é mal difundido e, diferente do mar, extremamente raso.

 

*Filme visto na 43ª Mostra de São Paulo

product-image

Você Tem a Noite

2.5

Tiago Cinéfilo
Estudante de Comunicação e editor deste site. Criador, podcaster e editor do "Eu Não Acredito em Nada", o podcast de terror da Odisseia.

BGS 2019: Chrono Trigger e o choro gamer

Previous article

Mente Perversa (Kopfplatzen): Entrando na mente de um pedófilo

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Filmes