AODISSEIA
Filmes

The Farewell: fofura melancólica

Existe uma mentira boa?


21 de novembro de 2019 - 14:19 - Tiago Soares

Laços de sangue e laços culturais se entrelaçam em The Farewell

 

Fazer dramas agridoces não é necessariamente uma tarefa simples. Existe uma linha tênue que separa a melancolia da piada, a tristeza da alegria, o choro da risada. “The Farewell”, novo filme da diretora Lulu Wang, equilibra os dois pólos e traz uma história que une laços de sangue e de diferentes olhares sobre a cultura oriental e ocidental. No filme, Billi descobre que sua avó Nai Nai (Zhao Shuzhen) está com câncer. A família porventura resolve esconder isso da matriarca e inventa um casamento para reunir toda a família no mesmo lugar, e realizar uma despedida silenciosa.

Achando o fato um absurdo, Billi quer contar tudo a avó, trazendo uma colisão de pensamentos entre o jeito americano de fazer as coisas e a forma chinesa de lidar com a perda. Sensível, Wang traz toques cômicos as várias caras de choro que olham firmemente para uma Nai Nai feliz e disposta a organizar um casamento relâmpago. Com uma belíssima fotografia que une o neon da noite a claridade do dia, a relação de Billi com sua avó é uma das mais bonitas e bem construídas do cinema recente.

 

 

Awkwafina está divina. Carismática e bem mais contida, a atriz se beneficia dos inúmeros closes e planos em que aparece no centro da ação. Sempre expressiva, sua atuação aqui é recheada de nuances que constroem sua relação um pouco abalada com a família. Aliás, as relações entre os personagens evidenciam suas diferenças, sejam elas de cunho social e/ou cultural. Criando empatia e identidade com a protagonista – que depois de muito tempo retorna a sua terra natal – a obra é honesta e não escolhe um lado.

Falado em mandarim em alguns momentos, “The Farewell” busca trazer uma só língua: a familiar. Simples, a produção foi um destaque em Sundance e disputada entre Sony, Netflix, Amazon e outras distribuidoras, ficando a cargo da A24, que já faz uma campanha massiva para o Oscar 2020.