0

“Limiar” é sem dúvida uma das maiores buscas por nada da história do cinema mundial


Um cineasta armênio procura locações para o seu próximo projeto, que busca retratar as raízes ancestrais de seu país. Em uma mistura de ficção com imagens quase documentais, o realizador encontra pessoas ao longo da viagem. As complexas realidades geopolíticas que impactam a região também chamam a atenção do diretor, em uma narrativa que caminha entre o mundano e o transcendental.

“Limiar” é uma daquelas produções que não sabe se é uma ficção ou um documentário. Ás vezes isso pode funcionar – como é o caso de “Honeyland” – mas aqui, o conceito se perde na imensidão branca e na introdução ao som do belíssimo “Ave Maria”.

+++ CRÍTICA Al-Shafaq: Quando o Céu se Divide | Confusão religiosa
+++ Os 31 filmes gratuitos da Mostra de São Paulo 2020

limiar

A câmera afastada, observadora, e o som abafado, até se destacam em algumas cenas de interação. Mas o restante dos poucos 64 minutos de “Limiar,” são extremamente maçantes e cansativos.

Por vezes, os diretores Rouzbeh Akhbari e Felix Kalmenson utilizam de uma possível e interessante metalinguagem, para logo depois se perderem em pensamentos vagos.

44ª Mostra de São Paulo – Limiar

Essa busca por criatividade contra o bloqueio, pode tornar “Limiar” uma produção preocupada em discutir quanto o artista está disposto a sacrificar por sua arte, mas é uma tormento pela imensidão da neve.


Filme visto na 44ª Mostra de São Paulo. Saiba mais sobre o evento AQUI.

Gostou desse conteúdo? Então nos ajude a manter o site vivo entrando para o Odisseia Club. Seja um apoiador da Odisseia e acompanhe tudo sobre filmes, séries, games, músicas e muito mais.

product-image

Limiar (Threshold)

1

Tiago Cinéfilo
Estudante de Comunicação e editor deste site. Criador, podcaster e editor do "Eu Não Acredito em Nada", o podcast de terror da Odisseia.

Menéndez: El Día Del Señor | Tudo sobre o filme de terror da Netflix

Previous article

O Charlatão | Apenas um melodrama clichê

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Festivais