0

Biohackers tem potencial para substituir Dark como a grande próxima série alemã da Netflix?

A nova série alemã da Netflix, Biohackers faz algumas perguntas interessantes sobre ética, pesquisas acadêmicas e biologias, por exemplo. Mas até que ponto alguém pode intervir na natureza? Apesar das imagens espetaculares, Biohackers pisa em um terreno que poderia ser muito melhor explorado.

“Vamos falar sobre o futuro”, diz a série “Biohackers”. A biologia sintética pode nos transformar de criaturas a criadores e esse não é apenas o futuro da medicina, mas da humanidade como um todo.

A série alemã, dirigida por Christian Ditter trata exatamente desses assuntos. Os seis episódios da produção deveriam ter estreado em abril, mas em decorrência do Coronavírus, os planos iniciais foram frustrados. Não porque a série estivesse inacabada, mas houve um atraso pensado pois havia uma preocupação de que no meio da pandemia, os medos e as teorias dos telespectadores pudessem ser ainda mais alimentados. 

Depois que a tempestade diminuiu na Europa, Biohackers agora estreia na Netflix.

Confira o trailer da série alemã da Netflix, Biohackers:

+++ 5 filmes para entender melhor a série e o final de Dark
+++ Conheça o filme alemão Uma Amizade Inesperada

Profissionais médicos trataram pessoalmente cada episódio em Biohackers

Só porque “Biohackers” parece um nome futurista, não quer dizer que tenha sido criado com uma ideia simples, é o que explica o showrunner da série, Christian Ditter ao portal alemão Tagesspiegel.

Segundo ele, a produção da série teve um cuidado extremo em conversar com médicos sobre cada assunto abordado, e com os temores do uso da biologia sintética. “Pessoalmente, ouvi o termo apenas uma vez, e no momento não consegui me relacionar com ele e achei que não tinha nada a ver“, disse Ditter. Ele então começou a pesquisar sobre o assunto e aos poucos foi mergulhando de cabeça no que de fato se referia Biohackers e como isso afetaria a população.

É fascinante saber que hoje em dia, coisas que antes só podiam ser feitas em laboratórios de extrema segurança, cinco andares de baixo da terra, agora podem ser feitas na mesa da cozinha, com ingredientes comprados no Ebay.

biohackers é a nova série alemã da netflix

Thriller e história para maiores é a tônica da série

A abordagem da série questiona o fato de que quem realmente controla a pesquisa médica, sabem de todos os riscos à população e tem capacidade moral de absorver tudo? Os produtores da série buscam adicionar um enredo de suspense, com uma história bem completa em torno dessas questões tão importantes.

Em Biohackers, Mia, uma jovem estudante do primeiro ano de faculdade, vai para a renomada universidade de Freiburg para estudar medicina. A universidade foi sua primeira escolha – não apenas por causa de sua boa reputação, mas acima de tudo, por causa de motivação pessoal, um segredo sombrio de família e uma conta recheada de dinheiro para financiar a carreira de Tanja Lorenz, que foca exatamente na tecnologia de biohacking.

Inspiração em Jurassic Park

As pesquisas na série alemã Biohackers ocorrem além de todos os padrões éticos e morais. Todas as brigas com os colegas, amigos, e tudo o que é dito se baseiam no aqui e agora.

Todas essas ideias, segundo Christian Ditter, têm uma inspiração bem clara em Jurassic Park. “Olhe cinco minutos para o futuro, mas tenha as tecnologias existentes agora e pense o que poderia ser feito com ela em seis meses?“, disse o diretor.

Para ele, o filme tem exatamente essas características, dando vida novamente aos dinossauros, mas também pensando no futuro com as tecnologias que possuem no presente. Dramatizar isso, num contexto mais moderno, foi a tônica para criar a série Biohackers.

Espetacular e irreal

A abordagem da série pode assustar logo de cara, como por vezes fez Black Mirror, em sua primeira temporada. Mas nem tudo ali é de fato verdadeiro.

Biohackers é visualmente projetado, do primeiro ao último minuto, para transitar de uma cena de laboratório para outra. Desde o DNA que é decodificado e alterado em segundos por calouros da universidade, até um rato que senta na mesa da cozinha e compartilha o iogurte orgânico com leite de aveia da família,

Biohackers tem abordagens interessantes mas até que ponto devemos ir a fundo nessas ideias e mudar o organismo humano para erradicar doenças? Será que os cientistas são super-heróis ou impostores? Intervir na natureza da forma que bem lhe convir é moralmente justificável? São pontos que a série alemã acaba levantando e nos fazendo raciocinar a respeito.

Mesmo fugindo um pouco da realidade, o que, de fato, é a proposta da série.


 

Ver essa foto no Instagram

 

Aves de Rapina passando na sua timeline para alegrar a quinta-feira 🦅 . #birdsofprey #avesderapina #dc #warner #film #filme #heroes

Uma publicação compartilhada por A Odisseia – Cultura Pop (@aodisseia) em

Gostou desse conteúdo?

Telecine Play | 15 diretores para conhecer e maratonar

Previous article

Biohackers | Série alemã terá 2ª temporada na Netflix?

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Séries