análise de dados marketing digital
0

Tudo que você precisa saber sobre a importância da análise de dados para otimizar suas estratégias de marketing


O mundo está cada vez mais conectado.

E não importa se a culpa é do contínuo processo de globalização que nos acompanha desde a virada do século ou da influência pontual exercida pela quarentena, porque isso é um fato inegável.

Qualquer pessoa pode perceber isso, mas, por via das dúvidas, inúmeras pesquisas fizeram questão de comprovar que a conexão digital ocupa sim uma posição central no mundo. Uma delas – a TIC Domicílios 2019 – revelou que 134 milhões de pessoas acessam a internet regularmente no Brasil. 

Por mais que seja triste pensar que uma grande parcela da população sequer faça parte desses dados, é impossível ignorar que, entre leitura de notícias, compras online e redes de comunicação, 70% dos brasileiros estão inseridos de forma definitiva no mundo digital.

Um dado que nos permite afirmar que, atualmente, nada é mais importante para uma empresa do que investir em marketing digital. Afinal de contas, esse é o ponto de encontro de todas as tribos, raças e religiões

O problema é que esse universo está imerso em um oceano azul cheio de dispositivos, canais e dados que precisam ser desbravados. Informações cuja análise pode ser o avião que vai fazer sua empresa decolar nesse cenário onde milhões de marcas brigam por um segundo de atenção.

análise de dados marketing digital

Foto: Fauxels no Pexels



Mas qual é a verdadeira importância da análise de dados?

A análise de dados permite que a sua empresa tenha acesso a diversos fatores decisivos para a otimização do marketing digital. Entre as principais estão: conhecer seu público nos mínimos detalhes; prever tendências; e esmiuçar as características do seu engajamento. 

Esses são apenas alguns exemplos de coeficientes que nos permitem minimizar erros, melhorar a performance, antecipar crises e, principalmente, traçar soluções mais seguras. Ou seja, otimizar as estratégias de marketing para alcançar seus objetivos gastando “o necessário, somente o necessário”. 

Isso se torna possível porque você substitui palpites impulsionados pela intuição por números reais. Dados que, após serem coletados e trabalhados, vão oferecer assertividade para suas escolhas estratégicas, permitindo que você foque apenas nos pontos que realmente importam. 

Quer um exemplo simples?

Se o e-commerce da sua empresa é acessado pelo celular na maioria das vezes, investir em melhorias no setor mobile pode aumentar – e muito – as suas vendas.


Quais são as melhores ferramentas?

Já estabelecemos alguns fatores que só podem ser descobertos através de uma boa análise de dados, mas isso nos leva a outra pergunta importante: qual é a melhor ferramenta para fazer essa parte do trabalho?

A resposta certa vai depender dos seus objetivos. Afinal, são eles que definem quais KPIs (Indicadores-Chave de Performance) merecem mais atenção e, automaticamente, qual ferramenta possui mais relevância.

análise de dados marketing digital

Foto: William Iven / Unsplash

Como o mundo digital é composto por milhares de métricas diferentes, você precisa decidir quais merecem ser elevadas ao posto de indicador-chave e ficar ligado nas opções disponibilizam os dados referentes a esses indicadores. 

Algumas das ferramentas mais conhecidas e acessíveis são:

  • Formulários: uma série de documentos enviados aos clientes com objetivo de coletar informações “direto da fonte”. Entre os exemplos mais clássicos estão as super conhecidas pesquisas de satisfação
  • Google Analytics: ferramenta gratuita que apresenta dados de acessoe e interações através de gráficos e tabelas
  • UpMiner: um software reúne informações estratégicas na web através das palavras-chave escolhidas.

Quais dados são mais relevantes?

Poderíamos falar de número de leads, perfil do consumidor ou dispositivo de acessos, mas a verdade é que, mais uma vez, tudo depende do seu objetivo.

Qualquer análise de dados é como uma via de mão dupla. Não adianta traçar estratégias ou objetivos sem prestar atenção nessa variável, mas também não vale a pena mergulhar nos dados sem ter pelo menos um objetivo que funcione como guia. 

Em outras palavras: saiba onde quer chegar para fazer uma boa análise de dados, e depois os use na criação de estratégias que permitam alcançar o objetivo traçado.

É um trabalho contínuo que percorre o antes, o durante e o depois de cada ação digital. Portanto, você precisa manter os indicadores-chave em mente, coletar dados diariamente e organizá-los de forma coerente antes de todas as reuniões estratégicas.

É fácil? Nem sempre. Mas o importante é que a análise de dados pode ser o segredo para otimizar as estratégias da sua empresa e se destacar no mundo digital.


Foto de capa: Foto de Myriam Jessier retirada do site Unsplash.


Gostou desse texto sobre análise de dados? Então nos ajude a manter o site vivo entrando para o Odisseia Club. Seja um apoiador da Odisseia e acompanhe tudo sobre filmes, séries, games, músicas e muito mais.

Flavio Pizzol
Nascido em uma galáxia muito distante, sou o construtor original dessa nave. Aquele que chegou aqui quando tudo era mato. Além disso, nas horas vagas, publicitário, crítico de cinema, aprendiz de escritor e músico de fundo de quintal. PS: Não sabe trocar a sua imagem do perfil...

Moxie: Quando as Garotas Vão à Luta | Tudo sobre o filme da Netflix

Previous article

O Falsificador Mórmon | Quem é Mark Hoffman na série documental da Netflix?

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Criatividade