A Vida Depois do Tombo
0

Mostrando a intimidade de Karol Conká, “A Vida Depois do Tombo” é um produto feito parar gerar empatia


Eu consigo entender quem não quer de maneira nenhuma assistir a esta série documental, seja porque não gosta de Karol Conká, seja pela preferência de não dar ibope e audiência para a cantora. Quem acompanhou a Mamacita no Big Brother Brasil 21, sabe que foi difícil ver todas as suas atitudes perante Lucas, Juliette e Carla Diaz.

Mais do que isso, quando a cantora surgiu com todo seu deboche, pessoas aqui de fora que já tinham trabalhado com ela, reafirmavam seu mau comportamento. Mas, toda história tem dois lados, e “A Vida Depois do Tombo” está disposto a contar o lado de Karol Conká, mesmo que apele para nossa emoção.

a vida depois do tombo

Foto: Reprodução Globoplay

Sobre o que é A Vida Depois do Tombo?

O documentário mistura um recorte da vida da artista até a fama, e um pouco de veia jornalística com os momentos mais fortes passando em um telão, enquanto Karol aguarda a presença de antigos desafetos. A maioria, aliás, não aceitou participar, o que acabou rendendo ótimos memes na internet. Lumena foi a única que apareceu (em um dos momentos mais fortes do doc), e Lucas enviou um vídeo.

Mesmo assim, essa parte foi bastante desnecessária, algo que se assemelhou a uma matéria do Fantástico ou ao programa do Cabrini. Com 4 episódios de pouco mais de 20 minutos, seria melhor ter se aprofundado na vida e carreira de Konká, de longe a parte mais interessante da docu-série. Acompanhamos suas tretas passadas, o transtorno por qual passou sua família durante o programa, as saídas pelos subsolos e fundos de estabelecimentos, enfim.

Algo que reflete o país com 14 milhões de desempregados, em sua maioria desocupados. Não estou passando pano para Karol Conká, mas a partir do momento em que qualquer participante sai de um reality show, deixá-lo em paz é o mínimo a ser feito.

a vida depois do tombo

Foto: Reprodução Globoplay

A série vale a pena?

Além do humano, é interessante notar o esforço da equipe e ADMs de Conká ao tentar melhorar a imagem da cantora, sem sucesso. Nada de bom que postassem aquela altura iria adiantar, já que o ódio estava instaurado.

Mesmo sendo uma baita jogada de marketing da Globo e da própria Karol em construir uma narrativa de redenção para ela, “A Vida Depois do Tombo” quer que você conheça a artista além dos erros, e que mesmo que não concorde com suas vilanices, entenda que ela não teve uma vida vazia.


Ps: A música do cantor racista Rodolffo continua no TOP 1 do Spotify. Houve cancelamento para ele? Branco né…


A vida Depois do Tombo está disponível no Globoplay!!!

Gostou desse conteúdo? Então nos ajude a manter o site vivo entrando para o Odisseia Club. Seja um apoiador da Odisseia e acompanhe tudo sobre filmes, séries, games, músicas e muito mais.

Tiago Cinéfilo
Estudante de Comunicação e editor deste site. Criador, podcaster e editor do "Eu Não Acredito em Nada", o podcast de terror da Odisseia.

Departure – A investigação | Do que se trata a série do Globoplay

Previous article

Família Upshaw | Conheça a história e os personagens da série da Netflix

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Globoplay