AODISSEIA
Músicas

A tocante trilha sonora de Nasce uma Estrela

De um homem completamente perdido à grandes emoções como uma carta de despedida, Lady Gaga e Bradley Cooper escrevem a trilha sonora.

23 de outubro de 2018 - 06:32 - Anny Delfino

A trilha sonora de Nasce uma estrela é um grande projeto feito sob medida para seus respectivos intérpretes. O filme conta a história de dois músicos, logo, a trilha sonora é componente essencial da trama, apesar de não ser um musical. A cantora estreia na tela e o grande ator, na música.

Uma soma perfeita com resultados positivos e assim, nasce uma estrela. As letras foram compostas por ambos, o que intensificou a química entre Lady Gaga e Bradley Cooper, na sólida troca de letras que descrevem os personagens e seus momentos. As músicas são tão importantes que foram legendadas até mesmo na versão dublada do filme. Outro fato interessante é que a trilha foi gravada no próprio set, ajudando na ambientação das interpretações. A obra se parece como uma trilha de montanha russa, em topos e descidas de Jackson e Ally.

Vale ressaltar, que além de corpos interpretando perfeitamente os personagens, a grande voz de Lady Gaga em sobretom, combina perfeitamente com o grave de Bradley Cooper, pois se completam num arranjo perfeito.

A música que dá inicio ao filme chama-se Black Eyes e foi escrita e produzida por Bradley Cooper. Esta canção combina perfeitamente com a apresentação de seu personagem Jackson, um rockstar que vem arruinando sua carreira por problemas com álcool e drogas. A letra basicamente fala sobre a expectativa de pessoas (seus fãs, familiares, amigos) à espera de alguém que está distante demais da vida, assim como nosso querido Jack. Podemos ver claramente como a música minuciosamente o descreve sob sua própria perspectiva de vida.

 

Resultado de imagem para out of time bradley cooper

 

A primeira vez que Ally (personagem de Lady Gaga) surge cantando no filme é em uma interpretação de La Vie en Rose escrita por Louiguy e Edith Piaf. Em sua tradução, A Vida Cor-De-Rosa (em tradução livre) é uma canção romântica que faz jus à sua origem francesa. A música demonstra o potencial artístico de Ally, que impressiona Jackson ao assistir e a memória daquele momento é tão importante para o casal que ganha até espaço na decoração de sua futura casa em um quadro fluorescente com o nome da música. Algo interessante a se notar é o jogo que o filme faz entre a personagem de Stefani, Lady Gaga e a personagem Ally, visto que a cantora é notada por ser caracterizar em suas apresentações.

Outra canção com importante função narrativa é Maybe It’s Time, cantada por Jackson. Curiosamente parece que o personagem sempre a canta para si mesmo, visto que suas apresentações desta música são mais contidas e internalizadas, em um possível reconhecimento de que está doente, precisa de ajudar e quer realmente mudar. Uma música calma acompanhada apenas do violão é o suficiente para falar sobre o renascer de um homem.


”Talvez seja hora de deixar os velhos hábitos morrerem, é preciso muito para mudar um homem”.


Resultado de imagem para nasce uma estrela gif

A música tema do filme é forte e poética e foi extremamente elogiada pela crítica especializada. No filme, é uma canção escrita pela aspirante Ally e produzida e co-composta por Jackson. Juntos conseguem emocionar o telespectador e a qualquer um que escutar Shallow. Um trecho da música que chama atenção é a pergunta de Jackson para Ally,


me diga uma coisa, garota, você está feliz neste mundo moderno?”


O que remente à imagem pop que a protagonista adotará mais tarde no filme. É uma música extremamente bonita que expressa lados opostos de suas vidas. De um lado, reflete como Ally se enxerga e do outro como Jackson realmente é e enfim, ambos procurando um caminho. Shallow foi composta durante as gravações, após a lista de música que entrariam para o filme ter sido finalizada e isso prova mais uma vez que Lady Gaga conseguiu descrever perfeitamente sua química com Bradley Cooper, numa entrega incrível à sua personagem com Jackson.

A obra descreve perfeitamente os sentimentos e momentos já vivenciados sobre a vida de cada personagem. Apesar de possuir um título raso é uma música extremamente profunda. Shallow também é tema do romance e se torna uma marca do casal, tanto que no roteiro do filme quando Jackson a canta pela primeira vez ele sente um prazer perceptível e que há muito tempo não o invadia. É um meio renovação para o astro, uma chama necessária.

Certas escolhas causam declínio entre os protagonistas e ”Why Did You Do That?” retrata isso perfeitamente. Trata-se de uma canção pop com uma letra inapropriada e rasa, mas muito importante para descrever o momento da nova estrela Ally. A canção é pivô de desentendimentos por parte de Jackson num misto de ciúme e preocupação ao ver que apesar de sua amada estar fazendo sucesso, de outro lado está perdendo sua essência.

Ally definitivamente não precisa se tornar outra pessoa para conseguir alcançar o estrelato. A música é claramente uma crítica a atual indústria musical e apesar de ter um ritmo dançante e feliz, não passa nenhuma mensagem de conteúdo, ao contrário das composições feitas por ela anteriormente. É uma canção comprada, feita para girar a máquina de dinheiro sob uma imagem falsa a qual o empresário de Ally financia. Está encaixada em um momento de descida do filme, claramente para impressionar o telespectador com a mudança da personagem e a negação de Jackson.

 

 

E por fim, Jackson queria ter nos dito adeus, mas  partiu, deixando além de lembranças, uma música triste, porém autêntica e que é sem dúvidas uma carta de despedida. A letra de I’ll Never Love Again é inteiramente dedicada à Ally e os versos retratam o imenso amor que o personagem carregava consigo. Deu para sentir o quão ele a amava e que sua promessa de nunca mais  entregar seu amor para outro alguém, verdadeiramente se consumou após seu trágico desfecho.

Ally se torna única na vida de Jackson e podemos identificar esta informação através da  mensagem  forte que é capaz de remexer emoções  no espectador. Recebemos está música com a divina interpretação de Lady Gaga mesclada à cenas de um dos últimos momento do casal, momento este que Jackson finalmente a canta para sua amada. Se não bastasse a grande carga emocional que a cena carrega por si só, no dia da gravação Lady Gaga foi surpreendida com a notícia da morte de sua melhor amiga. Segundo a própria artista, as lágrimas foram verdadeiras e ela nunca esquecerá desse dia, dessa música.

E assim nos despedimos do filme ao som de uma obra plena, poética e louvável.

 

Resultado de imagem para nasce uma estrela gif