0

A Teoria de Tudo foi um dos grandes filmes lançados em 2014, rendendo o Oscar de Melhor Ator para Eddie Redmayne, com uma história belíssima e, claro, baseado na vida do astrofísico Stephen Halking.

Após inúmeras exibições em TV aberta e fechada, A Teoria de Tudo também é exibido na Sessão da Tarde, da Globo. 

Mas o longa, apesar da incrível semelhança de seu personagem principal, não pautou totalmente a biografia de Halking e reformulou algumas situações para encaixar em seu próprio filme. Por isso, separamos alguns fatos sobre a verdadeira história de A Teoria de Tudo. 

A história real de A Teoria de Tudo

Foto: Reprodução

Quais as diferenças do filme A Teoria de Tudo e a vida real?

O filme A Teoria de Tudo, lançado em 7 de novembro de 2014, traça todo  o casamento de Stephen e Jane Hawking, que rapidamente se juntaram depois que Stephen, então com 21 anos, foi diagnosticado com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) e teve traçado apenas mais dois anos de vida, em 1962.

Eles lutaram a doença até 2018, quando Hawking, já um cientista e autor de renome mundial, faleceu. No entanto, o casal lutou com o próprio casamento, pois a saúde de Stephen se deteriorou lentamente e Jane foi forçada a cuidar dele e de seus três filhos.

Nesse ponto, é difícil determinar quanto do filme é verdade. A Teoria de Tudo é baseado nas memórias de Jane, chamado Traveling to Infinity: My Life With Stephen, mas essas memórias são uma versão revisada de seu primeiro livro sobre o casamento, chamado Music to Move the Stars, publicado em 1999, que conta uma versão mais negativa de seu casamento.

Stephen Hawking, à época, disse que o filme foi “amplamente verdadeiro”.

Jane e Stephen Hawking se conheceram em uma festa de Ano Novo em Cambridge

Sim.

Jane e Stephen se conhecem em uma festa, como mostrado em A Teorida de Tudo. Ele era um estudante de doutorado e ela uma estudante de literatura. Mas Jane era amiga da irmã de Stephen, fato omitido no filme.

Foto: Reprodução

Stephen foi diagnosticado com ALS após uma queda

Ficção.

Em A Teoria de Tudo, Stephen sofre uma queda perigosa que o leva a ser internado no hospital, testado e diagnosticado com ELA. Na verdade, Hawking sofreu duas quedas feias antes de seu diagnóstico: a primeira em frente ao Trinity Hall na escola e a outra em um trem na Alemanha. A última, arrancaram até seus dentes da frente, que tiveram que ser substituídos. Ele não foi ao médico depois de qualquer uma dessas quedas. Foi só quando ele estava em casa, nas férias de Natal, que seu pai insistiu que fosse ao médico por conta de sua fala arrastada e trêmula.


+++ Brooklyn: Um Amor Sem Fronteiras: Conheça o filme que catapultou Saoirse Ronan

Foto: Reprodução

Conforme a doença progredia, Jane teve que traduzir as palavras de Stephen para as pessoas

Sim.

Em uma cena do filme, Jane tem que traduzir quase tudo o que Stephen está dizendo para outra pessoa, porque a voz de Stephen está muito arrastada.

De acordo com Eddie Redmayne, os produtores decidiram adicionar essa cena ao filme depois que Redmayne se encontrou com o próprio Halking.

“Ele me disse: ‘Minha voz estava muito arrastada’. E isso era importante para ele. Eu disse que não sabia até onde poderíamos ir, e ele sugeriu o uso de tradutores. Então eu levei isso de volta para James, o diretor, e para os roteiristas, e é daí que essas cenas vieram”.

Redmayne disse à revista TIME que “Nunca chegamos ao limite de onde ele estava realmente falando. Os produtores estavam preocupados em ter legendas e tudo mais. Nos anos 80, sua família e alunos podiam entendê-lo, mas os outros teriam que passar duas ou três semanas com ele aprendendo até conseguir interpretá-lo. ”

Stephen e Jane Halking na vida real, em 1974. Foto: Reprodução

Jane e Stephen permaneceram em Cambridge durante o casamento

Ficção

Embora o filme faça parecer que Jane e Stephen permanecem no mesmo lugar durante todo o casamento, os dois passaram um ano na Califórnia quando Stephen assumiu um cargo de professor na Cal-Tech, em 1975.

Lá, os alunos ajudaram Jane com os cuidados ao seu marido em troca de um lugar grátis para ficar em sua casa. Eles continuaram a solicitar ajuda aos alunos quando voltaram para a Inglaterra. Como no filme, Stephen recusou por muito tempo a assistência de outras pessoas.


+++ How I Met Your Mother: Por que a Mãe morreu na série?

Jane foi acusada de ter um caso com um homem chamado Jonathan Hellyer Jones enquanto era casada com Stephen

Sim.

Em A Teoria de Tudo, a família de Stephen acusa Jane de ter tido um de seus filhos com um amigo da família, Jonathan Hellyer Jones, que ensina piano para crianças e ajuda a cuidar de Stephen.

Isso também é dito nos livros. Jane se lembra de ter sido confrontada: “Eu encontrei seu olhar duro, consternado por ela ter tirado conclusões precipitadas tão prontamente, e até as mais desagradáveis ​. Toda a disciplina com que Jonathan e eu nos forçamos a tentar sublimar nossos próprios desejos e manter um relacionamento discreto estava sendo pisoteada. A simples verdade era que não havia nenhuma maneira de Timothy ter tido outro pai além de Stephen”.

Jane afirma ao longo do livro que seu relacionamento com Jonathan foi totalmente platônico, embora eles se sentissem atraídos um pelo outro, e diz que ela e a religião de Jonathan os impediam de cometer adultério.

Stephen, no entanto, escreve em suas memórias, A Brief History, que ficou frustrado com a proximidade de Jane com Jonathan, que havia assumido muitas de suas funções de marido. Ele diz que foi por isso que foi morar com sua enfermeira, Elaine. (Mais sobre ela depois.)

Eddie Redmayne recebendo seu Oscar por A Teoria de Tudo. Foto: Reprodução

Stephen Hawking não foi afetado pela fama e fortuna

Ficção – de acordo com Jane Hawking

As brigas do casal em A Teoria de Tudo giram principalmente em torno da deterioração da condição física de Stephen, seu interesse romântico pelos outros e a luta para criar os filhos juntos. Na realidade, Jane, pelo menos em parte, culpa a fama de Stephen pelo rompimento dos dois.

Jane escreveu em suas memórias que o casamento começou a realmente desmoronar depois que Hawking publicou A Brief History of Time em 1988 e se tornou uma celebridade, como mostrado em A Teoria de Tudo.

Ela dizia que ele se comportou como “um imperador todo-poderoso”.

Foto: Reprodução

Stephen e Jane discordaram sobre a existência de Deus, mas respeitaram as crenças um do outro

Ficção – de acordo com Jane

No filme A Teoria de Tudo, Jane e Stephen discordam sobre a existência de Deus, mas parecem entender que eles se desafiam intelectualmente no debate sobre religião. Eles se equilibram, e em uma cena comovente, Stephen até admite que pode haver um criador, para o deleite de Jane. No entanto, Jane escreve em suas memórias que o ateísmo de Stephen se intensificou com o passar dos anos. À medida que envelheciam, ela sentiu que ele começou a desprezar suas crenças católicas.

Eddie Redmayne, Leading e Stephen Hawking no BAFTA British Academy Film Awards, em 2015. Foto: Reprodução

Stephen terminou o casamento com Jane depois de se apaixonar por sua então enfermeira Elaine Mason

Sim.

Stephen trocou Jane por Elaine em 1990 e se casou com ela em 1995, conforme vimos em A Teoria de Tudo. Jane, então, acabou se casando com Jonathan em 1997.

O que A Teoria de Tudo não aborda é que Hawking e Mason se divorciaram em 2006 após acusações dos filhos e funcionários de Stephen de que ela havia abusado violentamente de Stephen. O físico rejeitara essas acusações contra Eliane e descreveu o casamento deles como “apaixonado e tempestuoso” para o Daily Mail.


 

Passageiro Acidental | Conheça o filme com Toni Collette na Netflix

Previous article

Falcão e o Soldado Invernal: 10 versões mais importantes do Capitão América nos quadrinhos

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Especial