A Favorita: Filme de 2018 com Olivia Colman e Emma Stone é novo destaque na Netflix

A Favorita: Filme de 2018 com Olivia Colman e Emma Stone é novo destaque na Netflix 3
Foto: Divulgação

A Favorita é um filme lançado em 2018 dirigido por Yorgos Lanthimos, cuja trama se passa no início do século XVIII na Grã-Bretanha.

O enredo explora a disputa entre as primas Sarah Churchill e Abigail Masham para se tornarem a favorita da corte da Rainha Anne. O filme recebeu ampla aclamação crítica por suas atuações, especialmente das três protagonistas, e pela direção de Lanthimos.

Ao longo da temporada de premiações, A Favorita acumulou várias indicações e vitórias, incluindo dez indicações ao Oscar, se destacando como um dos filmes mais notáveis do ano e agora chega ao catálogo da Netflix fazendo o mesmo sucesso de outrora. Veja mais detalhes.

A Favorita é o filme de 2019 que estreia na Netflix já fazendo sucesso
Foto: Divulgação

Qual a história de A Favorita?

O filme se passa em 1705, durante a guerra entre a Grã-Bretanha e a França. A Rainha Anne, em frágil estado de saúde, exibe pouco interesse em governar, preferindo atividades como brincar com seus 17 coelhos, que simbolizam os filhos que perdeu em abortos ou na infância.

Sarah Churchill, confidente, conselheira e amante secreta, efetivamente governa o país através de sua influência sobre a Rainha. No entanto, seus esforços para controlar Anne são desafiados por Robert Harley, líder da oposição.

A prima empobrecida de Sarah, Abigail Hill, chega em busca de emprego. Devido ao pai ter a apostado em um jogo de cartas, sua reputação está manchada, e ela é forçada a trabalhar como empregada na cozinha do palácio. Ao perceber a gota da Rainha, Abigail busca ervas para ela.

Sarah a castiga, mas depois a nomeia Dama de Honra ao perceber que as ervas ajudaram a Rainha. Abigail testemunha uma noite de intimidade entre Sarah e a Rainha e se torna amiga de Anne, iniciando um relacionamento sexual.

Ao descobrir a relação de Abigail com Anne, Sarah tenta removê-la sem sucesso. Abigail, desesperada para recuperar sua posição social, aceita a oferta de Harley para espionar Sarah e a Rainha. Ela droga Sarah e a coloca em um bordel. Anne, pensando que Sarah a abandonou, favorece Abigail e permite que ela se case, restaurando seu status nobre. Abigail ajuda Harley a influenciar as decisões da Rainha sobre a guerra.

Quando Sarah retorna, Abigail oferece uma trégua, mas é rejeitada. Sarah dá um ultimato a Anne, ameaçando revelar correspondências que detalham o relacionamento sexual delas. Apesar de Sarah queimar as cartas, Anne a exila com base em falsas acusações de desvio de dinheiro apresentadas por Abigail. Com Sarah fora de cena, Abigail passa a ignorar Anne e a buscar prazeres sociais.

À medida que Anne fica mais doente, Abigail abusa de um dos coelhos da Rainha. Em um momento de fúria, Anne ordena que Abigail a massageie, puxando seus cabelos. A narrativa explora a ascensão de Abigail, que inicialmente busca estabilidade, mas acaba sucumbindo ao poder e perdendo sua conexão com Anne. O filme destaca o jogo político e emocional entre as personagens em um contexto histórico turbulento.


Confira também: Vidas Passadas – Crítica | Tem gente que chega pra ficar, tem gente que vai pra nunca mais

A Favorita: Filme de 2018 com Olivia Colman e Emma Stone é novo destaque na Netflix 4
Foto: Divulgação

Elenco de A Favorita

O filme conta com grandes nomes do cinema, incluindo:

  • Olivia Colman como Rainha Anne
  • Emma Stone como Abigail Hill (mais tarde Abigail Masham, Baronesa Masham)
  • Rachel Weisz como Lady Sarah Churchill, Duquesa de Marlborough
  • Nicholas Hoult como Robert Harley, 1º Conde de Oxford e Conde Mortimer
  • Joe Alwyn como Samuel Masham, 1º Barão Masham
  • James Smith como Sidney Godolphin, 1º Conde de Godolphin
  • Mark Gatiss como John Churchill, 1º Duque de Marlborough
  • Jenny Rainsford como Mae
  • Jennifer White como Mrs Meg
  • Lilly-Rose Stevens como Sally
A Favorita: Filme de 2018 com Olivia Colman e Emma Stone é novo destaque na Netflix 5
Foto: Divulgação

Filmagens em locais clássicos

A filmagem estava prevista para começar na primavera de 2016, mas foi adiada por um ano, durante o qual Lanthimos dirigiu “The Killing of a Sacred Deer“. A fotografia principal começou em março de 2017 em Hatfield House, em Hertfordshire.

Lanthimos explicou sua escolha de locação, afirmando: “Desde o início, eu tinha essa imagem desses personagens solitários em um espaço enorme”. Cenas que mostram Anne no “Parlamento” foram filmadas na Convocation House e Divinity School da Biblioteca Bodleian, em Oxford. Após 45 dias de filmagem, a produção foi concluída em maio.

O aspecto mais desafiador da filmagem para o diretor de fotografia Robbie Ryan foi capturar movimentos de câmera fluidos sem o uso de um Steadicam:

“Exploramos muitas maneiras de tentar ter um movimento fluido de câmera que não fosse um movimento de Steadicam. Ele me mostrou um filme chamado Angst no início […] Ele queria tentar incorporar isso na maneira como filmamos A Favorita, mas seria muito difícil fazer isso. Por causa dos figurinos e apenas da fisicalidade, isso não seria possível.

Então, tentamos encontrar maneiras de ser o mais fluido possível com a câmera. Isso foi empolgante porque encontramos algumas plataformas interessantes — exploramos diferentes rigs de gimbal e coisas do tipo.”

Lanthimos incentivou Ryan a usar lentes olho de peixe e grande angular para a maioria das tomadas, o que Ryan acreditava contribuir significativamente para a narrativa:

“A lente grande angular é dupla. Ao mostrar toda a sala e também isolar o personagem em um espaço pequeno […] você tem a sensação de não haver escape. Eu acho que uma das críticas do filme acreditava que era como um parque que se transforma em um campo de batalha que se transforma em uma prisão. Acho que essa é uma explicação muito boa do que o filme tenta transmitir com esses personagens. Eu acho que as lentes grande angular são bastante fundamentais para isso, também.”


Confira também: The Kitchen: Criado por Daniel Kaluuya, conheça o filme distópico que é sucesso na Netflix

Veja o trailer

Total
0
Shares
Previous Post
vidas passadas

Vidas Passadas – Crítica | Tem gente que chega pra ficar, tem gente que vai pra nunca mais

Next Post
O Amor Não Espera: Conheça o novo reality show japonês que coloca o amor acima de tudo 8

O Amor Não Espera: Conheça o novo reality show japonês que coloca o amor acima de tudo

Related Posts