AODISSEIA
Especial

7 filmes com mamães fodonas que você precisa assistir

Uma lista com as mamães mais BADASS dos cinemas

13 de Maio de 2018 - 13:57 - felipehoffmann

Dia das Mães é sempre especial, por lembrarmos da pessoa que nos ensinou a crescer e virar um ser humano digno e respeitoso. Não importa se é de sangue, de carinho, aquela que criou ou mesmo aquele que criou. Por isso separamos uma lista com 7 filmes que traduzem todos os tipo de mães fodonas que você pode imaginar. Olha só:

 

Resultado de imagem para Que Horas ela volta?

Que Horas Ela Volta?

Regina Casé interpreta a pernambucana Val. Uma empregada doméstica que se mudou para São Paulo com a missão de proporcionar melhores condições de vida para sua filha, Jéssica. Val vive na casa dos empregadores e precisa arrumar um espaço para a garota, que liga dizendo que vai para a cidade prestar vestibular.

A diretora Anna Muylaert entrega um filme forte, com um humor refinado, carregado de crítica social. Filme nacional dos melhores dos últimos anos.

 

Resultado de imagem para mother movie

Mãe!

Se existe uma Mãe capaz de fazer literalmente tudo para salvar seu filho, essa é Jennifer Lawrence em Mother! Um filme recheado de metáforas que precisa ser visto com calma, sem julgamentos prévios, por que só assim você consegue entender a mensagem final do longa.

Dirigido por Darren Aronofsky, o filme causou um fla-flu de discussões. Uns amam, outros odeiam. Mas a mensagem está lá e não podia ficar de fora dessa lista.

 

Resultado de imagem para biggest tsunami in history

O Impossível

Baseado na história real de María Belón, o filme nos coloca dentro de uma Tailândia devastada pelo tsunami de 2004, provocado por um abalo sísmico no Oceno Índico. Maria, que curtia as férias com a família, precisa se salvar ao mesmo tempo que não deixa seu filho mais velho morrer.

As situações desesperadoras, que são agravadas pelos fatos verídicos, deixam tudo mais tenso e aumentam o heroísmo dessa mãe.

 

Resultado de imagem para minha mae é uma peça

Minha Mãe é Uma Peça

Paulo Gustavo vive uma mulher de meia idade, divorciada do marido e responsável pela vida dos seus dois filhos jovens, Marcelina e Juliano. O jeito peculiar de Dona Hermínia é engraçado na mesma medida do irritante para os outros. O trunfo de Minha Mãe é Uma Peça está na semelhança com nosso dia a dia, nas situações reais que fazem Dona Hermínia ser mãe de todo mundo.

Uma comédias nacional da melhor qualidade e dona de uma das maiores bilheterias do Brasil, o filme, dirigido por André Pellenz, faturou mais de 21 milhões de dólares e é figura certa nessa lista de mães fodonas. 

 

Resultado de imagem para o quarto de jack

O Quarto de Jack

Se quiser botar o choro em dia fica ligado nesses dois da lista. O primeiro é O Quarto de Jack (2015), dirigido por Lenny Abrahamson. O longa narra a história de Joy e seu filho Jack, que vivem reclusos num cativeiro há alguns anos. Jack nunca viu o mundo lá fora, mas ajuda a mãe a traçar um plano e sair daquele lugar.

Narrado do ponto de vista do garotinho, percebemos como a figura de Joy é importante para a vida de Jack (Jacob Tremblay). O longa rendeu um Oscar, um Globo de Outro de um BAFTA de Melhor Atriz para Brie Larson no papel da mãe, além de ter sido indicado em várias outras categorias em diversas premiações.

Extraordinário

Curiosamente, Jacob Tremblay também está em Extraordinário, vivendo Auggie, um menino com a rara síndrome de Síndrome de Treacher Collins, responsável pela má formação dos ossos da face. Julia Roberts é a mãe Isabel, e simplesmente consegue ser o pilar de Auggie para ter mais confiança em si próprio e superar o bullying diário.

Um filme lindo, com uma mensagem tão doce quanto, que pode te render algumas lágrimas, principalmente se assistir com a mamãe do lado.

Imagem relacionada

Exterminador do Futuro 2

O que dizer de Sarah Connor? De uma estudante comum à  matadora de robôs malignos futuristas. Que história! O enredo recheado de desconfiança pelos personagens, leva Sarah a fugir de um hospício e ir atrás do seu filho Jonh, para evitar sua fatídica morte pelo cyborg T-1000.

Uma linda história de amor e maternidade, recheada de explosões e ficção científica.